Thursday, 18 de July de 2019

CONCURSOS


Impasse

Aprovados no concurso do MPE não aceitam corte no orçamento do órgão

22 Feb 2015

Os aprovados no concurso público para o cargo de promotor de Justiça substituto do Ministério Público do Tocantins (MPE-TO) querem a aprovação integral do orçamento sem cortes enviado pelo órgão ao governo do Estado. O orçamento enviado pelo procurador geral de Justiça, Clenan Renaut de Melo Pereira, ao Executivo é de R$ 188 milhões, mas governo teria efetuado um corte de 25%, reduzindo o orçamento para R$ 140 milhões. 

Os candidatos alegam que o corte "viola a independência e a autonomia orçamentária e financeira do MP garantida pela Constituição Federal. Segundo eles, o orçamento está dentro do limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que estabelece que até 2% do orçamento do Estado deve ser destinado ao MPE.

Para que as nomeações ocorram, o governo estadual e a Assembleia Legislativa devem aprovar o orçamento do Ministério Público sem cortes.

Quadro fortalecido
Os 115 candidatos aprovados criaram uma página no facebook, com o objetivo de sensibilizar a população à "aderir a luta" e destacam que o órgão traz muitos benefícios à população, como maior fiscalização na prestação de serviços públicos, dos agentes políticos, combate à corrupção, à improbidade administrativa, entre outros.

Eles afirmam que a atuação do MPE pode ser ainda mais fortalecida com o quadro de promotores completo, pois há 39 cargos vagos para serem preenchidos. Atualmente há apenas 106 promotores em exercício, enquanto a Lei Orgânica prevê 145 cargos.  (Cleber Toledo)

COMPARTILHE:


Confira também:


Alphaville

MPTO atua e empresas são obrigadas a adequar sistema de iluminação de condomínio de Palmas

A sentença que estipula a adequação no sistema de iluminação do condomínio foi proferida pelo juiz Pedro Nelson de Miranda Coutinho, da 3ª Vara Cível de Palmas.

IML

Em apenas 5h, peritos do IML do Tocantins identificam cadáver carbonizado pela arcada dentária

Procedimento realizado na capital identificou corpo de vítima de incêndio na região Sudeste do Tocantins a partir do confronto entre arcada dentária e prontuário odontológico.


TJTO

Juíza determina que o Estado e o município de Palmeirópolis forneçam, em 10 dias, remédio contra hanseníase a paciente

O descumprimento da sentença acarretará em multa diária de R$ 1mil (individualizada em R$ 500,00 para cada uma das partes requeridas - Estado e o Município) e limitada a R$ 30mil


Formação

Unitins traz Viviane Mosé para evento de qualificação de professores

Professora há mais de 30 anos, a palestrante é reconhecida nacionalmente pela atuação na área educacional


Luto

Morre a Auditora Fiscal Elizabeth Leda, aos 73 anos


Norte do TO

Polícia Civil prende mais um suspeito de participar de homicídio de adolescente em Araguaína


Cidades criativas

Quatro cidades do Brasil concorrem a títulos na Unesco


Grupo Record

Portal R7 ganha novas cores em ação dia e noite da Benegrip


Tocantins

Grupos de Ajuda Mútua dão apoio a dependentes químicos e familiares durante e após recuperação


Reforma

Damaso vota por regra de transição diferenciada para professores e policiais



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira