Friday, 23 de August de 2019

CONCURSOS


Câmara de Palmas

Câmara de Palmas aprova resolução para a realização de concurso público

06 Oct 2017

Foram aprovadas na tarde desta quarta-feira, 04, em sessões extraordinárias não remuneradas, alterações que dispõem sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Subsídios dos Servidores da Câmara de Palmas. A medida já inclui os 43 novos cargos que serão oferecidos no concurso público a Casa de Leis.

Entre as alterações, está a criação do cargo de nível médio de Técnico Legislativo e o estabelecimento da carga horária de 25 horas semanais para o cargo de Jornalista, com remuneração acima do piso estadual.

De acordo com o presidente da Casa, José do Lago Folha Filho (PSD) já foi iniciado o diálogo com instituições de renome nacional na realização de concursos públicos. "Nós fizemos contato com Cespe/Unb, Cebraspe, Fundação Carlos Chagas, Cesgranrio, Fundação Getúlio Vargas, Copese (UFT) entre outras. Esperamos que em 10 dias possamos receber as propostas das que tiverem interesse de participar do certame e em no máximo 15 dias possamos assinar o contrato com a instituição que fará o concurso da Câmara. Esperamos abrir as inscrições neste ano e se possível realizar a prova também", informou.

Folha ressaltou que a participação de instituições que possuem experiência na realização de concursos públicos agrega credibilidade ao processo.  "A Câmara de Palmas irá realizar um concurso transparente, para diversas áreas de atuação, o certame é uma das prioridades, além da modernização que estamos implantando em todo o processo legislativo", reforçou.

O vereador Milton Néris (PP) destacou a importância da iniciativa da Casa. "Ao fazer o concurso e dar a ele transparência, tenham a convicção de que vão passar os melhores, os que merecem", afirmou.

Projetos voltados a acessibilidade

Entre as matérias aprovadas está a que assegura a matrícula ao educando com deficiência e aos filhos de pessoas com deficiência em creche ou escola da rede municipal de ensino que seja próxima de sua residência, de autoria do vereador Júnior Geo (Pros).

O projeto de lei de autoria do vereador Rogério Freitas (PMDB) que dá o direito a pessoas com deficiência visual receberem os boletos para pagamento de impostos, taxas e contribuições do município confeccionados em braile também foi aprovado pelos parlamentares durante as sessões. 

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Sarampo: Começa vacinação preventiva

Crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas

Assembleia

Deputados requerem ao Governo obras de recuperação asfáltica

Na mesma sessão, foram aprovados em primeira fase de votação projetos como os que concedem título de cidadania tocantinense ao senador Eduardo Gomes e ao presidente do Sindicato Rural de Araguaína, Roberto Paulino da Silva.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira