Saturday, 23 de March de 2019

CONCURSOS


Defensoria

Candidata aprovada dentro do numero de vagas garante o direito de ser convocada em Concurso

11 Mar 2014

A Câmara de Vereadores de Paranã tem 30 dias para dar posse a candidata L.S.C.
aprovada em primeiro lugar no Concurso Público realizada pela referida Casa de Lei, a decisão é do juiz Márcio Soares da Cunha, da Vara Cível da Comarca, em resposta ao Mandado de Segurança com Pedido de Liminar da Defensoria Pública do Tocantins.

A candidata aprovada dentro do número de vagas ofertadas no I Concurso Público para o provimento dos cargos efetivos do Poder Legislativo procurou a Defensoria Pública em Paranã, onde apresentou documentação comprovando a aprovação e a homologação do Certame em 28 de dezembro de 2012, porém passado mais de um ano, ainda não havia sido convocada para tomar posse, e noticiou a contratação de pessoal para exercerem os referidos casos cargos, burlando os princípios dos Diretos Constitucional, Administrativo e outros diversos preceitos legais, deixando de aplicar a legislação vigente.

A defensora pública Cerise Bezerra Lino Tocantins, em exercício na comarca de Paranã, visando garantir direito líquido e certo da assistida, tendo em vista que a mesma foi aprovada em Concurso Público dentro do contingente de vagas oferecidas em Edital, aliado ao fato de existirem funcionários contratados de forma irregular, impetrou Mandado de Segurança com Pedido de Liminar que foi deferida imediatamente pelo Magistrado da Comarca de Paranã/TO.

“Essa situação atual, além de ir contra o princípio do concurso público para acesso a cargos públicos, ainda ofende frontalmente a Legalidade e Moralidade administrativa, princípios de direito constitucional, insculpidos no art. 37, caput da Constituição da República. Nem há que se cogitar aqui eventuais argumentações de que não têm orçamento para empossar os concursados, posto que se trataria de sofisma inaceitável, diante dos fatos”, e a defensora pública completa “Se o Presidente da Câmara tem orçamento para pagar as pessoas que estão ocupando cargos comissionados, haverá de ter para dar posse aos concursados, sob pena de desvio de finalidade”.

COMPARTILHE:


Confira também:


Relações Internacionais

Trump sinaliza que vai facilitar visto para brasileiros, diz Bolsonaro

Presidente comentou viagem aos EUA em transmissão ao vivo na internet

Operação Ísis

Polícia Civil deflagra Operação Ísis que investiga funcionários do Naturatins em municípios da região Norte

Segundo o delegado responsável pela operação, Thiago Bustorff, as diligências estão ocorrendo nos municípios de Araguatinas, Augustinópolis, Axixá, Buriti do Tocantins e Palmas.


Operação Aemulatus

Polícia Civil realiza Operação Aemulatus e prende integrante de organização criminosa suspeita de tentativa de homicídio

Ainda de acordo com o delegado, a operação ainda está em curso, sendo que a suposta autora foi presa e encaminhada para a unidade prisional feminina de Palmas.


Sustentabilidade

Bandeirantes comemora ações e resultados no Dia Mundial da Água

Como a sustentabilidade está no DNA da empresa, ela investe fortemente em projetos socioambientais, como o Projeto Coletivo, cujo objetivo é construir junto às comunidades carentes do país


Palmas

Força Tática do 1° BPM realiza prisão de autores de vários roubos na Região central da Capital


Ensaio Fotográfico

Vamos falar de Síndrome de Down


São Paulo

XI Congresso Internacional Six Sigma Brasil acontecerá em momento decisivo de recuperação do país


Transplantes de Córneas

Estado realizou 128 transplantes de córnea por intermédio e captação do Banco de Olhos


Crime

Corte estético de cauda e orelha de animais é crime ambiental


Lançamento

Campanha da Fraternidade 2019 é lançada na Câmara Municipal



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira