Wednesday, 26 de June de 2019

CONCURSOS


Estado

Comissão de delegados buscam OAB para apoio em finalização de concurso que se arrasta desde 2014

02 Feb 2018    19:39
Comissão de delegados buscam OAB para apoio em finalização de concurso que se arrasta desde 2014

Estiveram hoje (02/02/2018) reunidos na sede da OAB Tocantins, os aprovados para Delegados da Polícia Civil e representantes da comissão dos aprovados, Enio Walcácer e Joadelson Albuquerque, juntamente com o presidente da Comissão de Políticas Criminais e Segurança Pública, Dr. Marcelo Rezende e o membro da comissão Dr. Herber Fidelis. A comissão buscou demonstrar à OAB, que fiscaliza a realização e conclusão do concurso, o déficit de profissionais delegados no Estado e a quantidade de delegacias desprovidas de Autoridades Policiais.

Segundo a comissão de aprovados, hoje o Tocantins conta com 220 delegacias de polícias que funcionam em horário comercial, acrescidas de 15 delegacias que funcionam em regime de plantão, sendo que, para que todas funcionassem com a presidência de um Delegado de polícia, conforme determina a legislação processual penal, seriam necessários 280 delegados atuando no Tocantins. Ainda segundo a comissão, hoje o Tocantins existem 172 delegados na ativa, um déficit de 108 profissionais. O concurso para Delegados de Polícia Civil iniciou-se ainda em 2014, sendo que a Academia para preparação dos aprovados foi realizada em 2016, ainda hoje restando 41 delegados aprovados pendentes de serem nomeados. Os dados demonstram a precarização da atividade de inteligência policial e investigação no Tocantins, o que dificulta o trabalho de combate à criminalidade e de garantia dos direitos aos acusados.

Foi citado ainda a OAB, que graças à necessidade de Delegados, fora feito, à época do lançamento do edital a dispensa de licitação, sob argumento desta citada urgência. Segundo o candidato Joadelson Albuquerque “o que causa estranheza é exatamente o concurso ter sido feito sob a desculpa da urgência e arrastar-se por estes longos 4 anos.”

Os candidatos solicitaram à OAB auxílio para que fosse cobrado do Governo a nomeação das Autoridades Policiais, em uma Audiência Pública, demonstrando a situação caótica da Segurança Pública no Tocantins.

Segundo o presidente da Comissão de Segurança, Dr. Marcelo Rezende, a situação da Segurança Pública será levada para debate dentro da Ordem dos Advogados para que sejam verificadas as providências que podem ser tomadas para resolução da questão. Rezende relembrou que foi graças ao apoio da Ordem que conseguiu-se, ainda em 2016, o levantamento de recursos para que fosse realizado a Academia de Polícia, onde foram treinados e preparados os delegados que, ainda hoje, esperam a sua nomeação. “O relatório apresentado pelos candidatos será levado ao Grupo de Gestão da Crise da Segurança Pública – GMF, junto ao Tribunal de Justiça do Tocantins, para que possam ser discutidas soluções a este problema”, garantiu Rezende.

Segundo o candidato Enio Walcácer, “é incabível que o Estado tenha investido mais de 4 milhões na realização de uma Academia de Polícia, preparando os candidatos, e que ainda hoje, quase dois anos após o treinamento, não tenha nomeado estes candidatos para que exerçam a sua função, no mínimo é um recurso que não foi bem empregado, porquanto não foi ainda aproveitado pelo governo para a resolução ou mesmo mitigação dos problemas de segurança, que só vem crescendo no Tocantins”.

COMPARTILHE:


Confira também:


Hospital de Amor

Baile em prol do Hospital de Amor do TO acontece na próxima sexta

Com o apoio da esposa do presidente da Assembleia, Virgínia Andrade, o evento conta também com a participação de voluntários de outros órgãos públicos.

Sustentabilidade

Maior estacionamento solar do Brasil está localizado em Palmas

São mais de 1.000 metros quadrados utilizados nesse projeto, onde foram necessários instalar 500 painéis solares de 350 watts, cada



Reunião

Governador Carlesse recebe presidente da Investco e solicita ampliação de investimentos da empresa no Estado

Governador Mauro Carlesse também manifestou a intenção de formalizar uma parceria com a empresa para apoio a um novo programa social que está sendo planejado, nos moldes dos Pioneiros Mirins


Aftosa

Primeira etapa da campanha registrou índice vacinal de 99,13% do rebanho tocantinense

Com um rebanho total de 8.356.175 bovídeos, o Tocantins registra índice vacinal acima de 99% na primeira etapa da campanha contra aftosa que também marcou o início da retirada da vacina contra a doença.


TJTO

Ex-prefeito de Taguatinga é condenado por não repassar a banco dinheiro de empréstimos feitos por servidores

Em sua decisão, o magistrado destacou que a conduta do ex-gestor, em se omitir do dever legal e contratual, quebrou um contrato e violou flagrantemente normas legais


Campo

Secretário da Agricultura apresenta potencial agropecuário para árabes


Interior

Arraiá de Miracema conta com a participação de quadrilhas do município e da Capital


Tonolucro

Empresa completa marca de 1 milhão de entregas e consolida cultura de delivery na capital


AL

Sessão solene nesta terça-feira homenageia nordestinos residentes em Palmas


Votação

Presidente da Assembleia garante limpar a pauta de votação antes do recesso


Justiça

Violência contra a mulher: Defensoria está pronta para meter a colher sim



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira