Thursday, 22 de August de 2019

CONCURSOS


Docentes da Unitins pesquisam incidência de doenças diarreicas em crianças no Tocantins

08 Aug 2018    15:42
Cristian Reurison/Ascom Unitins Docentes da Unitins pesquisam incidência de doenças diarreicas em crianças no Tocantins Professor Volmar Morais Fontoura, um dos autores da pesquisa

A diarreia está entre os casos mais comuns de moléstias de veiculação hídrica no Brasil. Segundo o Datasus, é uma das doenças que mais causam morbimortalidade na infância, principalmente na faixa etária de 0 a 4 anos. Na região Norte do país as doenças diarreicas ocupam o 8º lugar nas mortalidades infantis. 

 

Considerando esses dados, professores da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), do curso de Enfermagem/Câmpus de Augustinópolis, realizaram a pesquisa intitulada “Fatores socioambientais e doenças diarreicas em crianças de zero a quatro anos no Estado do Tocantins, Brasil”. Fazem parte da pesquisa: Volmar Morais Fontoura, Hanari Santos de Almeida Tavares, Maria Onice Lopes Bezerra, Adriano Figuerêdo Neves e Jesuane Cavalcante Melo de Morais.

 

A pesquisa foi o primeiro estudo realizado no estado do Tocantins utilizando as ferramentas de análise espacial com dados sobre incidência de internações por diarreia em crianças menores de 4 anos. Por meio das técnicas de geoprocessamento, foi possível identificar um padrão espacial da distribuição das internações por diarreia em crianças menores de 4 anos, conforme o município no estado do Tocantins, no período entre 2008 a 2013.

A pesquisa constatou um aumento no número de internações por diarreia em menores de 4 anos de idade no estado, assim como um aglomerado na microrregião de Araguaína, com uma taxa anual de 9.38/1.000 habitantes, sendo que a taxa média anual do Estado de 4.10/1.000 habitantes. A figura abaixo mostra a densidade de internação por região.

O professor Volmar Morais, um dos pesquisadores, ressalta o quanto esses dados podem ser úteis nas medidas de prevenção por fatores sociais e regionais. “Através do uso de ferramentas de geoprocessamento foi possível levar em questão os fatores ambientais, sociais e ecológicos. Assim pode-se antecipar riscos individuais e coletivos de episódios de natureza e de doenças endêmicas”, explica. (Thalia Batista/Ascom Unitins).


COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Sarampo: Começa hoje vacinação preventiva

Crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas

Assembleia

Deputados requerem ao Governo obras de recuperação asfáltica

Na mesma sessão, foram aprovados em primeira fase de votação projetos como os que concedem título de cidadania tocantinense ao senador Eduardo Gomes e ao presidente do Sindicato Rural de Araguaína, Roberto Paulino da Silva.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira