Tuesday, 15 de October de 2019

CONCURSOS


Visita

Emocionado, Neymar chora ao lembrar lesão e comenta derrota histórica da Seleção

11 Jul 2014

Neymar voltou à Granja Comary nesta quinta-feira (09.07) após a lesão sofrida na partida contra a Colômbia, pelas quartas de final da Copa do Mundo da FIFA 2014. Reencontrou os companheiros após a trágica eliminação diante da Alemanha, cumprimentou a todos, e conversou com a imprensa pela primeira vez desde o lance que o tirou do Mundial.

O camisa 10 da Seleção Brasileira se emocionou ao lembrar da joelhada de Zuñiga e chorou diante dos jornalistas, mas também foi firme ao defender seus companheiros. O atacante admitiu que os 7 x 1 aplicados pelos alemães envergonharam não só a torcida, mas também ao grupo. No entanto, ele disse que a equipe não merecia sair da Copa desta forma.

Sobre uma possível participação na final, o jogador revelou que foi apenas especulação. Neymar disse que não teria condições de entrar no campo caso o Brasil se classificasse. Ele também comentou sobre a experiência de assistir à partida pela TV e o futuro da Seleção.

Confira o que disse o craque brasileiro.

 

Reencontro

Estou muito feliz por reencontrar meus companheiros. A gente começou juntos e vamos terminar juntos. O que importa é que estamos fechados, unidos e vamos terminar honestamente, honrando a camisa que a gente ama e sempre sonhou em vestir.

 

A derrota para a Alemanha

Depois dessa derrota a gente se sente humilhado, envergonhado, porque não queríamos isso. Mas não é por causa de uma derrota praticamente histórica que temos que baixar a cabeça. Faz parte do futebol, o esporte é assim. Você está ali no campo para ganhar ou perder. Vai doer por muito tempo, mas vai passar e dias melhores virão. Vamos fazer de tudo para devolver a alegria.

 

Apagão da Seleção

É uma coisa inacreditável, inexplicável. Não existe o “se eu estivesse em campo”. É muito fácil falar depois da partida. Sei como é conviver com um apagão dentro de campo. Você não consegue se organizar, acertar um passe, não consegue fazer nada. Ninguém queria perder, todo mundo queria o título e trabalharam para isso. Infelizmente aconteceu com a gente, mas somos fortes o suficiente para aguentar tudo isso.

 

Neymar como torcedor

Acompanhar pela TV é muito ruim. Eu não gosto de torcer. Por isso procuro não assistir a jogos. Mas como eram meus companheiros, eu tinha que assistir e virar mais um torcedor.

 

Imagem

Tivemos a oportunidade, fizemos de tudo para marcar nosso nome na história de uma forma positiva e falhamos, erramos, deixamos a desejar. Sabemos que não fizemos uma campanha boa, não demonstramos nosso melhor futebol. Não foi um futebol de Seleção Brasileira, superior, que encanta a todos. Faço parte de uma seleção que vai ficar marcada por uma goleada, infelizmente. Acho um pouco de injustiça, como aconteceu com o Barbosa em 1950. Mas não podemos ficar chorando todos os dias, de cara feia. Já sofremos, já choramos, agora é voltar a sorrir.

 

Seleção Brasileira

A Seleção vai ser sempre a Seleção. Sempre o país que encanta a todos com seu futebol, independentemente do que aconteceu ou se estiver perdendo. Tem que ser respeitada.

 

Terceiro lugar

Vamos encarar o jogo de sábado (12.07) como se fosse uma final e terminar a Copa sorrindo, com uma vitória. Não vai confortar tanto, assimilar a dor, mas é importante.

 

Semana da lesão

Se eu fosse imaginar uma semana ruim, não imaginaria essa. Está sendo pior. Mas por causa de mensagens de pessoas que me enviaram incentivo, da minha família, dos meus amigos e meus companheiros, espero que tudo passe muito rápido. Mas vai ficar tudo de aprendizado.

 

Elogios ao grupo

Fomos fracassados sim, perdemos, mas faz parte do futebol. Não queríamos perder dessa forma, mas pelo menos eles correram, buscaram até o final. Estavam perdendo de 7 x 0 e correram até o fim. Sinto orgulho de cada um, admiro esses caras.

 

Torcida na final

Desejo sorte às duas equipes, mas espero que vençam meus companheiros Messi e Mascherano. Para o futebol, pela história que o Messi tem, de ter conquistado muita coisa, quase tudo, acho que ele merece. Estou torcendo porque é um amigo. Não estou torcendo para a Argentina, e sim para os dois. Eu sou Messi Futebol Clube.

 

Falta de Zuñiga

Foi um lance que eu não concordo, não aceito. Todo mundo que entende de futebol sabe que não é uma entrada normal. Quando você quer fazer uma falta para parar o jogo, principalmente quando o cara está de costas, você chuta o tornozelo, segura, empurra. Da forma como a bola estava chegando, não é situação de jogo. Muitos falam que sou “cai cai”, não ligo pra isso. Mas quando eu estou de frente, eu tenho a visão periférica e consigo me defender. De costas eu não consigo. A única coisa que pode me defender é a regra. Foi um lance que eu não tive como me defender. Se fosse 2 cm para dentro, eu poderia estar numa cadeira de rodas.

 

Recuperação para a final

Não teria chance de jogar. O Runco tinha falado que eu estava fora, por isso fui para casa, ficar perto da família. Seria pior ficar. Eu não ia ter força para incentivar meus companheiros. Queria estar junto com eles, mas só de vê-los treinando hoje já me deu uma saudade, imagina se eu tivesse ficado a semana inteira.

 

Mudanças na Seleção

Nós brasileiros temos uma mania um pouco errada de quando se perde, tem que mudar. Futebol não é assim. A gente aprende na derrota também. Quando se perde, tem que corrigir, e se corrige treinando e trabalhando. (Portal da Copa)

COMPARTILHE:


Confira também:


Refis Palmas

Defensoria Pública inicia atendimentos jurídicos no Mutirão de Negociações Fiscais

A participação da Instituição na atividade se deve à parceria estabelecida com o Tribunal de Justiça do Tocantins e com a gestão municipal de Palmas

Refis 2019

Parte dos R$ 60 milhões que Município espera receber custeará melhorias na malha viária do Sul de Palmas

O município de Palmas tem a receber R$ 600 milhões. Segundo o Tribunal de Justiça (TJ), parceiro no mutirão, há atualmente 23 mil processos judiciais relativos a débitos fiscais no Município de Palmas em andamento no Judiciário.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira