Monday, 10 de December de 2018

CONCURSOS


Entenda o que é o VAR, sistema que orienta árbitros por vídeo

17 Jun 2018    14:37
ABr Entenda o que é o VAR, sistema que orienta árbitros por vídeo Novidade no futebol, o VAR já é utilizado desde a década de 1980 na NFL

Na Copa da Rússia, a Federação Internacional de Futebol (Fifa) implantou um sistema eletrônico de apoio à arbitragem conhecido pela sigla em inglês VAR (Video Assistant Referee). O VAR tem por objetivo ajudar o árbitro central, no campo de jogo, a tomar decisão em lances considerados duvidosos.

O sistema é formado por uma equipe de juízes e ex-juízes de futebol. Eles ficam em uma central de vídeo fora do estádio acompanhando por vários monitores de TV toda partida. A equipe conta também com o auxílio de técnicos em vídeos que escolhem os melhores ângulos do lance duvidoso para o replay da jogada. Em uma das margens do gramado, o juiz principal poderá rever o lance em um monitor de TV e tomar a sua decisão.

De acordo com a Fifa, o VAR poderá ser utilizado somente em lances decisivos do jogo que não ficaram claros para o árbitro e seus assistentes às margens do campo. Por exemplo, para definir se num lance de gol houve alguma irregularidade; para ter convicção na marcação de uma penalidade máxima; e na identificação de um atleta que tenha cometido uma falta grave.

Segundo a entidade, cabe ao árbitro central solicitar a revisão de um lance. Nesse caso, ele coloca uma das mãos sobre o ouvido para indicar que está consultando o VAR. Se ele entender que precisa revisar a jogada que ocasionou a dúvida, ele faz um gesto com as duas mãos desenhando um retângulo. Ele pode definir o lance apenas com as informações dos auxiliares de vídeo ou consultando o monitor à margem do gramado formar a sua convicção do lance.

O ex-árbitro brasileiro Wilson Seneme,  membro do Comitê de Arbitragem da Fifa, esteve na concentração do Brasil, em Sochi, onde fez palestra para os jogadores da seleção brasileira sobre o árbitro de vídeo
O ex-árbitro brasileiro Wilson Seneme, membro do Comitê de Arbitragem da Fifa, esteve na concentração do Brasil, em Sochi, onde fez palestra para os jogadores da seleção brasileira sobre o árbitro de vídeo - Direitos reservados/Lucas Figueiredo - CBF

Na primeira partida da Copa do Mundo, entre a Rússia e Arábia Saudita, vencida pela equipe russa por 5 x 0, nessa quinta-feira (14), o juiz central do jogo, o argentino Néstor Pitana, em nenhum momento o VAR precisou ser utilizado. Na quarta-feira (13), o ex-árbitro brasileiro Wilson Seneme, membro do Comitê de Arbitragem da Fifa, esteve na concentração do Brasil, em Sochi, onde fez palestra para os jogadores da seleção brasileira sobre o árbitro de vídeo.


Futebol Americano

Novidade no futebol, o VAR já é utilizado desde a década de 1980 na NFL, a liga de futebol americano dos Estados Unidos. Lá, todas as jogadas de pontuação, duvidosas ou não, são revisadas no vídeo. Além disso, os árbitros podem tirar a dúvida em outros lances, como aqueles em que a posse de bola muda de time ou para saberem se a bola tocou ou não o chão antes que um jogador a agarrasse.

O árbitro de vídeo também é acionado quando um dos técnicos desafia uma marcação de campo. Quando acontece a revisão, o árbitro vai para uma pequena cabine na lateral do campo e assiste a jogada. Nesse momento, nenhum jogador se aproxima dele. A torcida também assiste no telão ao replay da jogada. Não são raras as mudanças na marcação de campo. - Agencia Brasil

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

60

PARABÉNS!
PARABÉNS!

60

BOM
BOM

41

AMEI!
AMEI!

54

KKKK
KKKK

69

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

40

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

48

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Copa do Mundo Brasil Rússia Neymar Futebol

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:

Salários de até R$ 4
Petrobras S.A. oferece 208 vagas

Rio dos Bois

Vice-governador Wanderlei Barbosa participa de solenidade de entrega de obras no interior do Tocantins

Durante a cerimônia, foi inaugurado no Setor Ayrton Senna, uma Feira Coberta, urbanização e área de lazer, quadra de futebol e vôlei de areia, bueiro duplo na Fazenda Britânia, mata-burros e entrega de veículos.

Educação

MEC libera R$ 5,7 milhões para instituições federais vinculadas no estado do Tocantins

Com o repasse desta semana, o MEC mantém em 100% a liberação de recursos financeiros das despesas liquidadas de obras, equipamentos, serviços e outras despesas de funcionamento.


Reconhecimento

Projetos de promotores que ajudaram a transformar a realidade social são premiados pelo MPE

O Procurador-Geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, destacou que os projetos premiados não demandaram recursos adicionais da instituição


Tocantins

Atendimentos em saúde nas próprias unidades penais geram vantagens para os municípios e para o Sispen

O diretor de Políticas e Projetos de Educação para o Sistema Prisional, Oseias Costa Rego, considera que esse tipo de parceria com os municípios é de suma importância.


Imbróglio

Acionistas da Agência de Fomento ajuízam ação e impedimento do presidente e de diretor da Agência


Serviço

Semana Estadual de Direitos Humanos será realizada de Norte a Sul do Tocantins


Solidariedade

Campanha de Natal da Seduc promove solidariedade e integração dos servidores


AEM-TO

Metrologia Estadual verifica radares na região norte do Tocantins


Anulação de Exonerações

MPE ajuíza ação para anular exonerações de delegados regionais e de servidoras da delegacia de combate à corrupção


Tocantins

Repasse adicional de 1% do FPM entra nos cofres das prefeituras nesta sexta-feira, 07; ATM estima R$ 60 milhões distribuídos aos Municípios



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira