Thursday, 22 de August de 2019

CONCURSOS


Estado

Governador anuncia nomeações de mais de mil aprovados em concursos da Cidadania e Justiça e Polícia Civil

17 Mar 2017

Ramiro Bavier / Governo do Tocantins
 
O governador Marcelo Miranda reuniu a imprensa na manhã desta quinta-feira, 16, no Palácio Araguaia, em Palmas, para anunciar a nomeação de 1.062 aprovados em concursos na área da Segurança Pública: 820 do Quadro de Pessoal Efetivo de Defesa Social e Segurança Penitenciária; e 242 da Polícia Civil. A publicação em Diário Oficial dos atos de nomeação deve ocorrer a partir de abril.
 
Da Cidadania e Justiça serão chamados 24 analistas e 796 técnicos em Defesa Social. Da Polícia Civil serão 50 delegados, 13 médicos legistas, 35 peritos, 14 papiloscopistas, 60 escrivães, 44 agentes e 26 necrotomistas. Marcelo Miranda também anunciou o recebimento, pelo Estado, de armas e munições doadas pelo Ministério da Justiça, por meio da Força Nacional.
 
Os anúncios seguem na contramão de uma crise econômica que tem penalizado outros estados no País e coroam um longo processo de entendimentos entre governo e candidatos.
 
Os dois concursos foram lançados ainda em 2014 pelo governo passado e sofreram duras críticas por não apresentarem planejamento orçamentário. Foram retomados pelo atual governo, em 2015, quando Marcelo Miranda assumiu o Estado em meio a um cenário de completa crise financeira, como mesmo reconheceu sua equipe econômica à época.
 
"É uma satisfação fazermos esses anúncios. Sabemos das dificuldades que o País enfrenta, de estados que, infelizmente, ainda não conseguiram superar suas dificuldades, e, mesmo assim, o Tocantins consegue anunciar o chamamento desses novos servidores. Tudo isso é resultado de um rigoroso planejamento, de muito diálogo com essas categorias", disse o governador.
 
Pelas contas do governo, o impacto na folha de pagamento com a entrada desses novos servidores será algo em torno de R$ 52 milhões (R$ 21 milhões com o provimento dos policiais civis e de R$ 31 milhões com os da Cidadania e Justiça), incluindo a aplicação da data-base de maio a setembro.
 
Essas nomeações reforçam, diretamente, a Segurança pública no Tocantins. A notícia é considerada muito positiva pelos integrantes da equipe de Marcelo Miranda e chega num momento em que a sociedade apresenta altas demandas no setor de segurança.
 
Na opinião da secretária de Estado da Cidadania e Justiça, Gleidy Braga, o anúncio das nomeações representa mais que um reforço no quadro do sistema penitenciário do Tocantins. "Isso nos dá a certeza de que nossas políticas adquirem mais qualidade, passarão a ter melhor continuidade, porque é um quadro próprio da Secretaria", disse, ressaltando que o ato do governador "deixa a gente feliz, porque foi um  trabalho árduo e coletivo".
 
Superação
 
De acordo com Cesar Simoni, secretário de Estado da Segurança Pública, o anúncio superou, inclusive, as expectativas feitas pela pasta. "Hoje [quinta, 16] o governador nos brinda com esse quantitativo. Agora vamos continuar trabalhando para que, num breve espaço de tempo, resguardada a economia financeira do Estado, o restante dos aprovados da Polícia Civil seja também chamado".
 
Presente ao evento, o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (Sinpol/TO), Ubiratan Rebello, avaliou de forma positiva a ação do governo. "Na realidade o governador vem firmando os compromissos que tem feito com a categoria. Nesse primeiro momento, a convocação parcial dos aprovados no concurso, e que vão fazer o aporte nas cidades que mais demandam de Segurança Pública. Isso vem a favorecer muito a segurança no Estado do Tocantins", concluiu.
 
Acompanharam o governador durante o anúncio a vice-governadora do Tocantins, Claudia Lelis, secretários de Estado, a líder do governo na Assembleia Legislativa, deputada estadual Valderez Castelo Branco; e representantes das categorias, entre outras autoridades.

COMPARTILHE:


Confira também:

Inscrições reabertas
TCU oferece 120 vagas
Formação de Sargento
Exército oferece 1.250 vagas

Saúde

Sarampo: Começa hoje vacinação preventiva

Crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas

Assembleia

Deputados requerem ao Governo obras de recuperação asfáltica

Na mesma sessão, foram aprovados em primeira fase de votação projetos como os que concedem título de cidadania tocantinense ao senador Eduardo Gomes e ao presidente do Sindicato Rural de Araguaína, Roberto Paulino da Silva.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira