Monday, 10 de December de 2018

CONCURSOS


CRA-TO

Justiça suspende provas de cargo oferecido em concurso do IFTO

08 Apr 2014

O trabalho de fiscalização do Conselho Regional de Administração do Tocantins (CRA-TO) contribuiu para que a Justiça Federal determinasse a suspensão das provas do Concurso de Técnicos Administrativos do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (IFTO) para o cargo de Tecnólogo – Área de gestão de Negócios. A decisão do juiz substituto Diogo Souza Santa Cecília, foi de sexta-feira, 4, após ação civil pública do Ministério Público Federal.

Além da suspensão, a justiça determinou o afastamento da restrição apresentada no edital de que apenas candidatos graduados nos cursos superiores de Tecnologia em Gestão de Qualidade, Gestão Pública ou Processos Gerenciais poderiam concorrer a vaga oferecida. A decisão garante ainda que os bacharéis em administração também possam participar do certame, para a vaga em específico.

A decisão solicita ainda a reabertura do prazo de inscrição para o cargo em questão, para que os candidatos bacharéis em administração possam concorrer o certame, em uma nova data designada pela IFTO. Ficou determinado ainda, multa de R$ 100 mil por descumprimento.

Segundo o responsável pela área de fiscalização do CRA-TO, Maurício Gonzaga Peres, o Conselho comunicou o IFTO, em um primeiro momento, sobre a obrigação de registro no CRA-TO para concorrer à vaga. A alteração do edital foi feita, mas foi inserida a restrição para apenas tecnólogos disputarem à vaga para o curso de Gestão e Negócios.

Uma denúncia foi feita ao CRA-TO, no dia 1º de abril, e no dia 2 de abril foi enviado um ofício ao reitor da IFTO, Francisco Nairton do Nascimento, explicando que a restrição apresentada no edital fere o Art. 3º da Lei 4.769, que diz que é privativo dos bacharéis em Administração atuar em qualquer área da Administração e o Tecnólogo é que tem sua atuação restrita à sua área específica de graduação conforme regulamenta o Art. 3º da Resolução Normativa do Conselho Federal de Administração Nº 374 DE 12/11/2009.

“Orientei os denunciantes que, junto ao MP, entrassem com um mandado de segurança em virtude da proximidade do concurso [06/04]”, explica Maurício, dizendo que o CRA-TO, tomou todas as atitudes para garantir os direitos dos administradores. As provas do certame foram aplicadas no domingo (6), mas no site da instituição foi divulgada a suspensão dos exames para o  cargo de Tecnólogo – Área de gestão de Negócios.


NOTA DE ESCLARECIMENTO
CONCURSO PÚBLICO TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO

O Instituto Federal do Tocantins – IFTO vem por meio desta esclarecer que a Liminar deferida no dia 5 de abril pela Justiça Federal tem caráter provisório, em virtude da proximidade do certame para a vaga de Tecnólogo – Área Gestão de Negócios.

Nesse sentido, a Advocacia Geral da União – AGU protocolou pedido de suspensão de tutela antecipada, concedida na decisão proferida em primeira instância, o qual se encontra concluso para decisão no Tribunal Regional Federal – TRF 1ª Região.

Até o momento o pedido não foi julgado, sendo assim a Comissão do Concurso Público para Técnicos Administrativos em Educação não pode dirimir sobre as providências futuras, no que diz respeito a essa vaga.

Vale ressaltar que o certame realizado no último domingo, 6 de abril, para as demais 45 vagas continua em andamento e sem nenhuma suspensão judicial.

Palmas, 08 de abril de 2014.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

9

PARABÉNS!
PARABÉNS!

8

BOM
BOM

8

AMEI!
AMEI!

12

KKKK
KKKK

13

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

5

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

6

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Rio dos Bois

Vice-governador Wanderlei Barbosa participa de solenidade de entrega de obras no interior do Tocantins

Durante a cerimônia, foi inaugurado no Setor Ayrton Senna, uma Feira Coberta, urbanização e área de lazer, quadra de futebol e vôlei de areia, bueiro duplo na Fazenda Britânia, mata-burros e entrega de veículos.

Educação

MEC libera R$ 5,7 milhões para instituições federais vinculadas no estado do Tocantins

Com o repasse desta semana, o MEC mantém em 100% a liberação de recursos financeiros das despesas liquidadas de obras, equipamentos, serviços e outras despesas de funcionamento.


Reconhecimento

Projetos de promotores que ajudaram a transformar a realidade social são premiados pelo MPE

O Procurador-Geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, destacou que os projetos premiados não demandaram recursos adicionais da instituição


Tocantins

Atendimentos em saúde nas próprias unidades penais geram vantagens para os municípios e para o Sispen

O diretor de Políticas e Projetos de Educação para o Sistema Prisional, Oseias Costa Rego, considera que esse tipo de parceria com os municípios é de suma importância.


Imbróglio

Acionistas da Agência de Fomento ajuízam ação e impedimento do presidente e de diretor da Agência


Serviço

Semana Estadual de Direitos Humanos será realizada de Norte a Sul do Tocantins


Solidariedade

Campanha de Natal da Seduc promove solidariedade e integração dos servidores


AEM-TO

Metrologia Estadual verifica radares na região norte do Tocantins


Anulação de Exonerações

MPE ajuíza ação para anular exonerações de delegados regionais e de servidoras da delegacia de combate à corrupção


Tocantins

Repasse adicional de 1% do FPM entra nos cofres das prefeituras nesta sexta-feira, 07; ATM estima R$ 60 milhões distribuídos aos Municípios



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira