Tuesday, 19 de February de 2019

CONCURSOS


Tocantins

Luana Ribeiro pede convocação imediata dos aprovados na Civil para o Curso de Formação

15 May 2015

A Assembleia Legislativa do Tocantins aprovou, na terça-feira (12), requerimento da deputada estadual Luana Ribeiro (PR), em que solicita ao governador Marcelo Miranda (PMDB) a convocação imediata dos aprovados no concurso público da Polícia Civil. O resultado final da última fase do certame foi divulgado ainda em dezembro de 2014. Desde então os candidatos aguardam a convocação para o Curso de Formação.

No requerimento, a deputada ressalta que já se passaram quase cinco meses do atual governo e a Lei Orçamentária já foi aprovada, mas ainda não há data definida para que os candidatos sejam convocados para o Curso de Formação. Por outro lado, destaca Luana Ribeiro, aumentaram as queixas da crescente violência no Tocantins."Um dos motivos para o aumento da criminalidade seria o déficit de efetivo na segurança pública. O andamento do concurso é importante para que seja sanado esse problema", ressalta.

O edital do concurso foi lançado em fevereiro de 2014. De lá pra cá os candidatos já passaram pelas etapas de provas objetivas, exames médicos, teste de aptidão física e exame psicológico.

O certame disponibilizou 397 vagas, sendo 97 para delegado, 38 para agente, 162 para escrivão, 20 para agente de necrotomia, 10 para papiloscopista, 10 para médico legista e 60 para perito criminal. Foram disponibilizadas ainda 118 vagas para cadastro de reserva, totalizando 515.

A Fundação Aroeira foi a banca organizadora. Na época, o Governo do Estado dispensou licitação no processo de contratação da empresa justificando a urgência da realização do concurso público, devido ao déficit de pessoal na Polícia Civil. (AF Notícias)

COMPARTILHE:


Confira também:


Operação Fantoche

PF prende presidente da CNI, Robson Andrade

Investigação mira convênios de unidades do Sistema S

Exonerações Suspensas

Justiça atende DPE e MPE e suspende ato do governo que exonerou profissionais da saúde

Efeitos do ato declaratório nº 01/2019 estão suspensos. Defensoria Pública e MPE expuseram na ação civil pública que o Ato ainda gera graves consequências na desassistência da saúde pública.



Contratos Temporários

Prefeitura de Palmas abre edital para contratação de 34 servidores temporários

O processo seletivo simplificado será composto por três etapas de caráter eliminatório e classificatório, sendo análise curricular, comprovação de experiência profissional, avaliação de títulos e entrevista.


Ponte de Porto

Defensoria e OAB vão integrar comissão que trata sobre interdição da ponte de Porto Nacional

Audiência, realizada na sexta-feira, 15, debateu os principais impactos gerados com a interdição


Ocorrência

Polícia Civil apreende 30 kg de maconha e prende traficante no Sul do Estado

As investigações da Polícia Civil constataram que Hailton trazia, do Estado de Goiás, grandes quantidades de entorpecentes para Gurupi e região, e que, nessa madrugada, outra remessa chegaria ao Tocantins.


Meio Ambiente

Municípios têm apenas 30 dias para protocolar processo do ICMS Ecológico no Naturatins


Diálogo

Secretários apresentam plano de reestruturação à instituições dos diferentes poderes do Estado


Itelvino Pisoni

Sistema Fecomércio Tocantins realiza visita a Prefeita Cinthia Ribeiro


Tocantins

Dispara número de casos prováveis de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti


HGP

Defensoria emite recomendação para Sesau por desassistência na oferta de cirurgias cardiológicas em Palmas


Adapec

Produtor rural pode emitir Guia de Trânsito Animal de qualquer localidade



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira