Wednesday, 17 de July de 2019

CONCURSOS


Indícios de fraude

Movimento quer anulação do concurso da Polícia Civil

05 Jun 2014

A convite de candidatos ao concurso da Polícia Civil do Tocantins, o vereador professor Júnior Geo (PROS) está apoiando o grupo que está se movimentado para anular o certame.

Na manhã desta quinta-feira, 5, os manifestantes se reuniram em frente ao Fórum, com faixa e cartazes para pressionar a Justiça a anular o concurso. Segundo informações do candidato, Alex Bruno Dutra Mota existe uma série de indícios de fraudes, como a falta de provas para os candidatos ao cargo de delegado dentre outras. “Nosso objetivo é pressionar o judiciário a incluir todos os cargos na anulação do concurso”, afirma.

Já a candidata a uma vaga de escrivã, Iracy Baroso da Silva Morais disse que a inscrição dela estava em outro CPF e após 10 dias de tentativa para corrigir o erro, a empresa liberou para ela fazer a prova, apresentado seu RG. “Eu ainda fui questionada se o CPF não era do meu pai, namorado e outros. Essa empresa passa credibilidade? È claro que existe indícios de fraudes”, acusa Iracy.

Como professor de cursinhos preparatórios, o vereador Júnior Geo disse que não pode se furtar em apoiar o grupo, formado por 80% de seus alunos e protestou contra a empresa Aroeira, escolhida para realizar o concurso. “O que nós queremos é lisura e seriedade no processo”, cobrou Geo.

Depois da manifestação em frente ao Fórum de Palmas, os candidatos foram para a Assembleia Legislativa, onde conversaram com o deputado Sargento Aragão.

COMPARTILHE:


Confira também:


Alphaville

MPTO atua e empresas são obrigadas a adequar sistema de iluminação de condomínio de Palmas

A sentença que estipula a adequação no sistema de iluminação do condomínio foi proferida pelo juiz Pedro Nelson de Miranda Coutinho, da 3ª Vara Cível de Palmas.

IML

Em apenas 5h, peritos do IML do Tocantins identificam cadáver carbonizado pela arcada dentária

Procedimento realizado na capital identificou corpo de vítima de incêndio na região Sudeste do Tocantins a partir do confronto entre arcada dentária e prontuário odontológico.


TJTO

Juíza determina que o Estado e o município de Palmeirópolis forneçam, em 10 dias, remédio contra hanseníase a paciente

O descumprimento da sentença acarretará em multa diária de R$ 1mil (individualizada em R$ 500,00 para cada uma das partes requeridas - Estado e o Município) e limitada a R$ 30mil


Formação

Unitins traz Viviane Mosé para evento de qualificação de professores

Professora há mais de 30 anos, a palestrante é reconhecida nacionalmente pela atuação na área educacional


Luto

Morre a Auditora Fiscal Elizabeth Leda, aos 73 anos


Norte do TO

Polícia Civil prende mais um suspeito de participar de homicídio de adolescente em Araguaína


Cidades criativas

Quatro cidades do Brasil concorrem a títulos na Unesco


Grupo Record

Portal R7 ganha novas cores em ação dia e noite da Benegrip


Tocantins

Grupos de Ajuda Mútua dão apoio a dependentes químicos e familiares durante e após recuperação


Reforma

Damaso vota por regra de transição diferenciada para professores e policiais



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira