Tuesday, 02 de June de 2020

CONCURSOS


AL

MPE recomenda redução do número de comissionados da Assembleia Legislativa e a realização de concurso público

20 Oct 2016

Flávio Herculano


O Ministério Público Estadual (MPE) expediu recomendação ao presidente da Assembleia Legislativa (AL), deputado Osires Damaso, orientando que sejam revistas as resoluções legislativas que criaram os cargos em comissão da Casa de Leis sem definir suas atribuições. Também é recomendado que seja realizado concurso público para provimento de cargos efetivos, haja vista que o último certame do Legislativo ocorreu há mais de 10 anos, em 2005.

O entendimento é de que o fato de existirem mais servidores em comissão (1.589) do que efetivos (257), numa desproporção de 85%, burla o princípio constitucional do concurso público como regra para o ingresso no serviço público. Também é apontado que, em razão de os cargos comissionados da AL não terem atribuição definida, não se pode afirmar que os mesmos são destinados apenas a funções de chefia, direção e assessoramento, limitação que é imposta pela Constituição Federal.

Como agravante, é apontado o fato de que os servidores comissionados são dispensados de registrar frequência, o que inclui assessores parlamentares, diretores de área, secretário-geral, chefes de gabinetes, assessores de comunicação e outros servidores vinculados aos gabinetes dos deputados.

Dos 1.807 cargos em comissão da Assembleia Legislativa, 1.589 são classificados como "assessor parlamentar" e estão à disposição dos gabinetes dos deputados estaduais. Ou seja, cada parlamentar pode dispor de até 65 assessores. Em comparação com a esfera federal, a recomendação aponta que cada deputado federal possui, no máximo, 25 assessores parlamentares.

Sobre o excesso de cargos comissionados, a recomendação, assinada pelo Promotor de Justiça Edson Azambuja, lembra o caso da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº 4.125, referente ao excesso de cargos comissionados no Estado do Tocantins, que fui julgada procedente e impôs a exoneração de 28.177 servidores ocupantes de cargos em comissão. 

Na época, a Ministra Carmem Lúcia apontou que a obrigatoriedade do concurso público visa garantir a efetivação dos princípios da igualdade, da impessoalidade e da moralidade administrativa e que os cargos comissionados só podem ser criados conforme as exceções previstas constitucionalmente. 

Orientações

A recomendação aponta algumas medidas a serem tomadas pela Assembleia Legislativa: que sejam feitas adequações nas resoluções legislativas nº 286/2011 e nº 319/2015, de modo a delimitar o quantitativo de cargos de provimento em comissão, justificar a necessidade de sua existência e definir suas atribuições.

Também orienta que a redução do número de comissionados estabeleça o equilíbrio entre o quantitativo destes e o quantitativo de servidores efetivos. 

Ainda de acordo com a recomendação, deve ser efetivado o concurso público de modo a prover todos os cargos que não possuam atribuição de chefia, direção e assessoramento.

Ponto eletrônico

Ainda é recomendado que se implante o sistema de registro de frequência eletrônica dos servidores da Assembleia Legislativa, sejam estes efetivos, comissionados, cedidos ou estagiários, assegurando o regular cumprimento da carga horária legal e possibilitando as ações de fiscalização e controle de assiduidade e pontualidade.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Campanha de vacinação contra Influenza foi prorrogada até o dia 30 de junho

Meta tocantinense é vacina 375.628 pessoas que fazem parte dos grupos prioritários

Pandemia

Tocantins confirma 175 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 4.345 casos no total, destes, 1.431 pacientes estão recuperados, 2.838 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 76 pacientes foram a óbito.



Violência Sexual

Cidadania e Justiça alerta para a preocupante redução das denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes

Diminuição no número de denúncias preocupa órgãos de defesa das crianças e dos adolescentes no cenário atual de pandemia do novo Coronavírus, quando as crianças estão convivendo mais com seus possíveis violadores


Pandemia

Unidades da Segurança Pública realizam higienização preventiva para o combate da Covid-19

O secretário da Segurança Pública, Cristiano Barbosa Sampaio, assegurou que as medidas de higienização continuarão sendo realizadas enquanto houver risco de contaminação pela Covid-19.


Coronavírus

Lacen recebe doações da Embrapa Pesca e Aquicultura para aumentar diagnósticos da Covid-19

Várias entidades públicas e privadas entram na luta contra a Covid-19, no Tocantins, a Embrapa empresta equipamento para ampliar diagnósticos.


Pela Web

Sebrae e Prefeitura de Palmas realizam Audiência Pública do Plano Municipal de Turismo


100% Digital

Agroecologia e Desenvolvimento sustentável são abordados na Agrotins 2020 100% Digital


SES

Secretaria de Estado da Saúde emite nota técnica sobre testes rápidos da Covid-19 em farmácias


Segurança

Secretaria da Segurança Pública entrega nova sede administrativa e operacional do Ciopaer


Pandemia

Tocantins abre credenciamento para empresas que ofereçam serviços de leitos de UTI


Campo

Realização da Agrotins 2020 100% Digital é marco na comunicação do Tocantins



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira