Monday, 15 de October de 2018

CONCURSOS


Feminicídio

Palestra sobre ações de combate ao feminicídio é realizada no Colégio São José em comemoração ao dia do voluntário

28 Aug 2018    16:41
Divulgação Palestra sobre ações de combate ao feminicídio é realizada no Colégio São José em comemoração ao dia do voluntário

Com o objetivo de comemorar o Dia Nacional do Voluntário, estudantes que participaram de projetos custeados pela embaixada dos Estados Unidos da América (EUA), conhecidos como Aluminis, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), realizaram nesta terça-feira, 28 de agosto, no Colégio Estadual São José, ações voltadas para o combate ao feminicídio. Além dos estudantes da escola, alunos de outras unidades estaduais participaram da programação.

Júlio César Rocha, gerente de Programas e Projetos da Seduc, explicou que os voluntários são aquelas pessoas que ajudam na construção de uma sociedade melhor. “Esta temática foi apresentada pelos estudantes que participaram do projeto Jovem Embaixador. Eles trouxeram a sugestão e fizemos dela uma iniciativa. Atualmente, o voluntariado faz parte de um módulo do curso voltado aos representantes dos grêmios estudantis, além de ações pontuais que serão desenvolvidas nas escolas”, explicou.

José Antônio da Gama, diretor do Colégio São José, reforçou que o protagonismo juvenil e o empoderamento são temas trabalhados na unidade por meio de ações pedagógicas. “O voluntariado é uma proposta que estamos aderindo na escola para trabalhar com os alunos. Parcerias com instituições públicas e privadas são fundamentais para o desenvolvimento destas ações”, disse.

A coordenadora acadêmica da Universidade do Norte do Paraná (Unopar), Aurleides de Souza Freitas, que participou do evento, evidenciou que a instituição oferta mais 20 cursos de ensino superior, e que o objetivo é trabalhar com os acadêmicos, ações de voluntariado, de acordo com as áreas de estudo.

Palestra

Com pós-doutoramento em Estudo sobre Mulheres – Gênero, Sociedade e Cultura, a professora GleysIally Ramos, da Universidade Federal do Tocantins (UFT), palestrou sobre a mulher na sociedade. A docente abordou a violência contra as mulheres, à importância da conscientização dos homens, o machismo, a culpabilização à vítima e o papel da educação como ferramenta transformadora.

GleysIally lembrou que a solidariedade é fundamental para a erradicação da violência contra a mulher. “Não é preciso acontecer conosco para termos empatia, nos colocarmos no lugar da colega. Nós mulheres precisamos nos unir, e os homens são fundamentais neste processo de desconstrução de conceitos”, salientou.

 

“No Tocantins, o primeiro semestre de 2018 já ultrapassou os índices de ocorrências registradas de violência contra a mulher em 2017”, destacou a docente que abordou alguns casos de feminicídio ocorridos no Estado.

Os acadêmicos da UFT, Paola de Oliveira e Vasni Queiroz relataram a problematização do feminicídio durante uma peça teatral. O Jovem embaixador de 2017, Guilherme Gandara, que participou da organização do evento destacou que o objetivo dos Alumins é incentivar a ajuda ao próximo independente da forma em que ocorra. “Buscamos debater assuntos importantes com a sociedade e incentivar os estudantes ao voluntariado. Este ano, com foco no empoderamento feminino, dando espaço para as mulheres falarem sobre dados da violência no Brasil e conscientizar a todos”.

Loiane Ribeiro, estudante da 3ª série do CEM Castro Alves, participou da apresentação da música Tô na Luta, da cantora KarolConka. A aluna evidenciou o trecho da música que cita: “Eu tô na luta, sou mulher posso ser o que eu quiser”.

A estudante Adeliane de Oliveira disse que a palestra foi muito instrutiva. “A palestrante trouxe dados que nem todos conhecem, e é importante ficarmos atentos à violência contra a mulher e principalmente ações que indicam o feminicídio”, concluiu.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

13

PARABÉNS!
PARABÉNS!

12

BOM
BOM

13

AMEI!
AMEI!

11

KKKK
KKKK

13

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

10

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

8

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

feminicídio palestra tocantins

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Eleições 2018

Jair Bolsonaro anuncia plano de privatização e prega união do país

Viagens ao Nordeste, única região do país onde não liderou a votação do primeiro turno, ainda não estão fechadas.

Ocorrência

Polícia Civil autua dois suspeitos por tráfico de drogas

Em razão dos fatos, Wemerson foi autuado em flagrante delito pela prática dos crimes de desobediência, tráfico e associação para o tráfico.



Eleições 2018

Haddad busca o centro e prega estabilidade democrática no 2º turno

Haddad precisa reverter uma diferença de 16,7 pontos percentuais em relação ao adversário, Jair Bolsonaro (PSL), que obteve 46,02% dos votos válidos no primeiro turno.


Ponto de vista

Criança e professor - uma construção para o futuro

Nas redes sociais são várias as manifestações para celebrar a data especial para crianças com contribuições diversas e histórias hilárias.


Eleições 2018

Twitter teve 2,7 milhões de postagens sobre divergências políticas

Números da Dapp mostram ainda que, no mês que antecedeu o debate eleitoral, a cada dia uma média de 35,9 mil tweets fazia menção a agressões e casos de violência associados ao contexto político das eleições


Eleições 2018

Alto Comissariado da ONU condena violência durante eleições no Brasil


Palmas

Anderson Camacho lança o livro "Um Dia de Cada Vez"


Campanha

Bolsonaro defende união e anuncia nomes para eventual ministério


Palmas

Concerto Divas homenageia em Palmas grandes celebridades da música nacional e internacional


Interior

Polícia Civil conclui inquérito e indicia autor de homicídio em Porto Nacional


Serviço

Seagro participa da posse do novo presidente da Embrapa em Brasília



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira