Monday, 06 de July de 2020

CONCURSOS


Natal-RN

Uruguai vence a Itália por 1 x 0 na Arena das Dunas e se classifica para as oitavas

24 Jun 2014

Em mais uma disputa entre sul-americanos e europeus, deu América novamente, diante de 39.706 pessoas na Arena das Dunas, em Natal. O Uruguai venceu a Itália por 1 x 0 com gol de Diego Godín após cobrança de escanteio.

O Uruguai terminou em segundo lugar do grupo D, com seis pontos, e enfrenta o primeiro lugar do grupo C, a ser definido nas partidas de 17h. O jogo será no Maracanã, em 28 de junho. Com o empate da Costa Rica com a Inglaterra por 0 x 0, os costarriquenhos ficaram com a liderança no Grupo D, com sete pontos.

Primeiro tempo

O canto “Soy Celeste” foi o mais escutado na Arena das Dunas. Em maioria, uruguaios mostraram bastante energia para empurrar o time. A Celeste começou assim: Muslera; Cáceres, Giménez, Godín e Álvaro Pereira; González, Arévalo, Rodríguez e Lodeiro; Suárez e Cavani. Prandelli mandou a campo a Itália com a seguinte formação: Buffon, Barzagli, Bonucci e Chiellini; Darmian, Verratti, Pirlo, Marchisio e De Sciglio; Immobile e Balotelli.

Dois campeões mundiais, uma só vaga. Como não podia ser diferente, o jogo já começou com marcação intensa, movimentado, com poucos espaços e nervoso. Após sofrer falta, Suárez mesmo cobrou e lançou na área aos 7 minutos, mas Buffon afastou o perigo.Também em chance de bola parada, só que do lado oposto e de longe, Pirlo bateu direto e Muslera espalmou.

Em disputa de bola com Álvaro Pereira, Balotelli subiu de forma perigosa, cometeu falta e tomou o primeiro cartão amarelo do jogo aos 22 minutos, e o segundo dele na competição. Suárez cobrou na área e o experiente goleiro italiano afastou.

Immobile perdeu uma das melhores chances italianas aos 29, ao receber cruzamento de De Sciglio na área, mas ele mandou longe do gol. A resposta veio em belo lance uruguaio: Suárez e Lodeiro tabelaram, o atacante do Liverpool tocou na saída de Buffon, mas ele defendeu. Lodeiro ainda tentou mais um chute na sobra, e novamente o goleiro italiano se destacou.

A Itália teve mais posse de bola na primeira etapa (58%) e foi para o intervalo com o empate que lhe daria a classificação.

Segundo tempo

As duas equipes começaram a segunda etapa com mudanças: Máxi Pereira entrou no lugar de Lodeiro pelo Uruguai, e Parolo substituiu Balotelli na Itália. E mais um cartão amarelo logo no começo, para o uruguaio González. Aos cinco minutos, Cavani caiu após disputa de bola com Bonucci na área, pediu pênalti, mas o juiz mandou seguir o jogo. O primeiro lance de perigo veio somente aos 13 minutos: Rodríguez tabelou com Suárez em mais um bonito lance protagonizado pelos uruguaios, mas o chute final de Rodríguez foi para fora.

Logo depois, o clima esquentou na partida: Marchisio foi expulso por cometer falta dura em Arévalo Ríos, aos 14 minutos. Com um a mais, o Uruguai foi pra cima e mudou mais uma vez: colocou o atacante Stuani e tirou Álvaro Pereira. Em nova ofensiva uruguaia, Luis Suárez dominou e chutou para o gol de dentro da área, mas Buffon fez grande defesa.

A Itália fez mais duas substituições: Immobile deixou o jogo para a entrada de Cassano e, pouco tempo depois, Thiago Motta entrou no lugar de Verratti. No Uruguai, Ramírez entrou para a saída de Rodríguez. Com um a menos e com a vantagem do empate, a Itália ficou mais recuada. De Scilgio levou cartão amarelo aos 32 minutos. Em novo momento de tensão no jogo, durante ataque uruguaio, o juiz marcou falta de Suárez em Chiellini, e zagueiro italiano reclamou de uma mordida. Pouco depois saiu o gol do Uruguai, aos 35 minutos: Ramírez cobrou escanteio, o zagueiro Godín subiu bem e mandou de ombro para o fundo da rede de Buffon.

Os minutos finais foram de pressão italiana atrás do empate. O goleiro Muslera ainda levou cartão amarelo. Foram cinco minutos de acréscimo e até Buffon foi para a área, mas não deu para a equipe europeia, que volta mais cedo para casa. Festa da Celeste. (Portal da Copa)

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins registra 195 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 12.475 casos no total, destes, 7.712 pacientes estão recuperados, 4.543 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 220 pacientes foram a óbito.

Sanidade

Novo caso de mormo no Tocantins é confirmado em São Salvador

A constatação veio após a realização do exame complementar confirmatório western blotting


Taquaruçu

Circo de Família e o amor como resposta

O espetáculo “Circo de Família” será apresentado ao vivo a partir das 10h do dia 05 de julho. Os ingressos podem já podem ser adquiridos a partir do valor de R$ 5,00 na bilheteria online.


Prevenção

Campanha Nacional de vacinação contra Influenza é prorrogada até dia 24 de julho

Com o objetivo de alcançar a meta estabelecida a vacina já foi distribuída para os 139 municípios


Regulação

ATR implementa atendimento presencial por agendamento


Justiça

Produtividade na Justiça Federal no Tocantins ultrapassa a marca de 26 mil processos julgados durante período de trabalho remoto


Tocantins

Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono completa oito anos de criação


Infraestrutura

Entrega de máquinas fecha ações do Governo do Tocantins em infraestrutura rodoviária no primeiro semestre de 2020


Economia

Intenção de consumo das famílias de Palmas cai novamente em junho


Eleição CREA-TO

Engenheiro Jefferson segue na liderança para Presidente do CRE-TO



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira