Tuesday, 07 de July de 2020

ECONOMIA


Pesquisa Fecomércio

81% dos empresários palmenses acreditam que as condições do comércio local pioraram no último mês

08 May 2015

Depois de entrar na zona negativa em âmbito nacional ainda em março, a confiança do empresário palmense continua em queda. Quem aponta isso é o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) de abril. Nesse mês ela caiu para 89 pontos, contra 90,8 pontos de março último, acusando uma queda de 1,8% pontos. Comparando com o mesmo período do ano passado, quando abril de 2014 acusou 120,7 pontos, a queda é de 31,7 pontos.
 
No cenário da atual economia brasileira o quadro é desolador: 92,5% responderam que está pior, somando os que disseram ter piorado muito (69,1%) e os que falaram que piorou pouco (23,4%). No lado dos otimistas, apenas 7,5% resistem, distribuídos entre os que disseram que melhorou muito (1,8%) e os que afirmaram que melhorou um pouco (5,7%).
 
Sobre a condição do setor do comércio, 81% foram unânimes em afirmar uma piora, somados entre os que afirmaram que ela piorou muito (48,2%) e os que disseram que essa piora foi pequena (32,8%). Quanto aos empresários que estão otimistas com relação a esse quadro, esse número somou 19% dos entrevistados, somando os que revelaram que houve uma pouca melhora (14,7%) e os que apontaram que melhorou muito (4,3%).
 
No que diz respeito à expectativa sobre a economia brasileira o cenário é um pouco mais animador. Mais da metade dos entrevistados 56,6% afirmaram que houve melhoras, distribuídos entre os que disseram ter tido pouca melhora (32,2%) e os que disseram muita melhora (24,4%). Na outra ponta, 43,4% afirmaram haver tido uma piora, referentes aos que disseram que piorou pouco (25,8%) e aos que afirmaram ter piorado muito (17,5%).
 
Sobre a expectativa para o comércio, a pesquisa revelou que o empresário palmense continua otimista apesar da contrária conjuntura nacional. A maioria continua confiante, somando 70%. Número este resultante dos que afirmaram que vai melhorar muito (33%) e dos que disseram que vai melhorar pouco (37%). Quanto aos menos otimistas, estes somaram 30%, dentre os que acreditam que vai piorar pouco (14,1%) e os que afirmaram que vai piorar muito (15,9%).
 
Por fim, quanto à expectativa de contratação de funcionários, o quadro continua desanimador. Dos entrevistados, 59,3% afirmaram a necessidade de redução de seus quadros, entre os que disseram querer reduzir pouco (47,5%) e os que querem reduzir muito (11,8%). Os que defendem a necessidade de aumentar esse quadro somaram 40,7%, entre os que querem aumentar um pouco (30,3%) e os que desejam aumentar muito (10,4%).
 
Essa pesquisa é uma realização da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em parceria com a Fecomércio Tocantins e objetiva ser um indicador antecedente de vendas do comércio na Capital. A ICEC foi realizada nos últimos 10 dias do mês de março último. Esse recorte levou em conta o índice geral, ou seja, os números das empresas que possuem até 50 funcionários e as com mais de 50 empregados e, no total, 120 empresas foram consultadas, todas sediadas em Palmas. (Informações da ascom/Fecomércio)

COMPARTILHE:


Confira também:


Inscrições Sisu

Começam hoje inscrições para o Sisu

Pela 1ª vez, serão ofertadas vagas na modalidade a distância

Fraudes Bancárias

Polícia Federal desarticula grupo criminoso especializado em fraudes bancárias no Tocantins

Os envolvidos poderão responder pelos crimes de estelionato majorado, cuja pena pode ultrapassar cinco anos de reclusão.



Saúde

Cuidado com as dores gastroabdominais

Elas podem estar sinalizando para enfermidades como a apendicite, a diverticulite e a colecistite. Especialista alerta para a evolução rápida e risco de morte das três inflamações do abdômen


Sanidade

Novo caso de mormo no Tocantins é confirmado em São Salvador

A constatação veio após a realização do exame complementar confirmatório western blotting


Taquaruçu

Circo de Família e o amor como resposta

O espetáculo “Circo de Família” será apresentado ao vivo a partir das 10h do dia 05 de julho. Os ingressos podem já podem ser adquiridos a partir do valor de R$ 5,00 na bilheteria online.


Prevenção

Campanha Nacional de vacinação contra Influenza é prorrogada até dia 24 de julho


Regulação

ATR implementa atendimento presencial por agendamento


Justiça

Produtividade na Justiça Federal no Tocantins ultrapassa a marca de 26 mil processos julgados durante período de trabalho remoto


Tocantins

Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono completa oito anos de criação


Infraestrutura

Entrega de máquinas fecha ações do Governo do Tocantins em infraestrutura rodoviária no primeiro semestre de 2020


Economia

Intenção de consumo das famílias de Palmas cai novamente em junho



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira