Wednesday, 20 de February de 2019

ECONOMIA


Economia

A greve dos caminhoneiros passou, mas quem vai pagar a conta são empresas e consumidores

03 Jul 2018    12:44    alterado em 03/07 às 12:45
http://sindivestuario.org.br A greve dos caminhoneiros passou, mas quem vai pagar a conta são empresas e consumidores ​Em um momento posterior, esse aumento para os empresários será repassado aos consumidores

Durante dez dias, a greve dos caminhoneiros afetou todas as esferas públicas e econômicas brasileiras. Com o fim da paralisação, ficou acertado que a CIDE (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) e o PIS/Cofins incidentes sobre o diesel serão reduzidos e que o governo subsidiará o restante para que o desconto real chegue ao valor de R$ 0,46 centavos por litro até o fim do ano.

 

Acontece que o governo não irá arcar com o prejuízo. Ele será imposto, em um primeiro momento, ao empresariado na forma da reoneração da folha de pagamento.

 

Segundo a advogada tributária, Etienne Acácio, o empresário sentirá na pele este peso. “Com o aumento da carga tributária sobre a folha de pagamento, contratar funcionários e mantê-los ficará ainda mais caro”, disse.

 

Ainda segundo Etienne, a tendência é que o empresário repasse o aumento de impostos para os consumidores.

 

“São vários os setores impactados, isso vai afetar tanto o empresário como a população, porque se você tem um aumento de custo em razão de um aumento de tributo dentro da empresa, você tem que repassar essa despesa adiante, e isso significa que os serviços e as mercadorias vão ficar mais caras para o consumidor”, explicou a advogada.

 

Desoneração

 

Criada pelo Governo Federal em 2011, a desoneração da folha de pagamento alterou a forma como as empresas eram tributadas para fins da Previdência Social.

 

Antes as contribuições previdenciárias eram financiadas pelos empregados e empregadores. O valor era equivalente a 20% da folha de pagamento das empresas.

 

Com a desoneração da folha, uma alíquota entre 1% e 2% (até 2014), e depois e 2% e 4,5%, passou a incidir sobre o faturamento da empresa, dependendo do setor da economia.

 

Reoneração

 

Com a reoneração, passa a valer as regras anteriores a 2011, quando a contribuição era de 20% sobre a folha. Dos 56 setores da economia que eram beneficiados pela desoneração na folha de pagamento, somente 17 conseguiram manter o benefício.

 

Para a advogada, as manobras governamentais não trazem equilíbrio para a economia. “Embora pareça que os caminhoneiros foram beneficiados, a conta logo chegará para eles também, porque tudo ao redor aumentará de preço, sejam serviços ou mercadorias”, pontuou.

(ASCOM/SINGULAR)


COMPARTILHE:


Confira também:


Reforma

Previdência terá alíquotas progressivas de contribuição

De acordo com proposta, quem ganha mais contribuirá mais

Opções no Tocantins

Programe-se: 5 opções para curtir o carnaval no Tocantins

Em Araguatins, o carnaval será realizado por uma empresa privada entre os dias 1º e 5 de março. A agitação dos cinco dias ficará por conta de bandas locais e do cenário nacional. A estrutura contará com camarotes e vendas de abadás.


Atuação

Prof. Júnior Geo solicita medidas para a população em virtude da interdição da ponte de Porto Nacional

Durante a conversa, o parlamentar destacou que esteve em audiência pública na última sexta-feira, 15, realizada pela Ordem dos Advogados do Brasil


Palmas

Joseph Madeira toma posse na Acipa e assume compromisso com o fortalecimento da entidade

Ainda na solenidade, o presidente da Acipa, Joseph Madeira, recebeu das mãos do representante do deputado estadual Eduardo Siqueira Campos a propositura do título de cidadão tocantinense.


AL

Deputado Jair Farias destaca projetos de industrialização e geração de empregos como prioridades para desenvolver o Estado


Campo

Paulo Carneiro recebe em seu gabinete o presidente da APROSOJA Tocantins


Região Central

Presidente da Adetuc e prefeito de Porto Nacional discutem projetos para a temporada de praia 2019


Região Central

Município de Guaraí recebe entretenimento com foco na preservação do meio ambiente


Contratos Temporários

Prefeitura de Palmas abre edital para contratação de 34 servidores temporários


Ponte de Porto

Defensoria e OAB vão integrar comissão que trata sobre interdição da ponte de Porto Nacional



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira