Monday, 23 de November de 2020

ECONOMIA


Economia

Ayres quer que municípios isentem empresas de IPTU e ISS durante pandemia de Coronavírus

05 May 2020
Ayres quer que municípios isentem empresas de IPTU e ISS durante pandemia de Coronavírus

O deputado estadual Ricardo Ayres (PSB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira, 05, para solicitar que as Prefeituras Municipais do Estado do Tocantins façam a concessão de isenção da cobrança do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) e do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) para as empresas do Estado, durante a pandeia de Coronavírus. O pedido, feito via requerimento, em regime de urgência, será destinado aos gestores municipais das 139 cidades e ao Governo do Estado.

 

O parlamentar justificou que as prefeituras podem custear a isenção com os recursos que irão receber do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, que aguarda votação na Câmara Federal e irá destinar R$ 125 bilhões em recursos da União para que Estados e municípios façam o enfrentamento ao Coronavírus. “Somente para os municípios tocantinenses serão R$ 226 milhões e outros R$ 353 milhões para o Governo do Estado” explicou Ricardo Ayres.

 

O deputado ressaltou que entende e defende que parte deste recurso deve ser usado prioritariamente na Saúde. O próprio projeto federal (PLP 39/2020) reserva parte deste recurso para uso específico na saúde pública. Mas, segundo Ayres é justo usar também este recurso para dar um auxílio para a economia e assim resguardar os empregos de várias pessoas. “Com essa isenção as empresas terão um auxílio a mais para superar esse momento turbulento para a saúde e a economia. Não estamos olhando apenas para os empresários, mais também buscando a manutenção do emprego de vários pais e mães, arrimos de família, que precisam dos salários para colocar comida na sua mesa”, pontou.

 

ICMS

Ricardo Ayres também requereu que seja concedido a isenção da cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) para as micro e pequenas empresas durante a pandemia. “As micro e pequenas empresas não tem caixa para passar por esse momento e são, na sua maioria, as primeiras a fechar ou demitir funcionários. Solicitamos essa isenção ou que, no mínimo, seja prorrogado o prazo para o pagamento deste imposto para que elas possam continuar funcionando”, concluiu.

 

Confira o quanto irá receber em recursos da União cada município pelo Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus (PL 39/2020):

Abreulândia  R$ 370.508,68; Aguiarnópolis  R$ 967.287,68; Aliança do Tocantins  R$ 774.347,33; Almas  R$ 1.013.547,39; Alvorada  R$ 1.208.499,03; Ananás  R$ 1.371.844,65; Angico  R$ 493.197,48;  Aparecida do Rio Negro  R$ 688.867,43;  Aragominas  R$ 827.215,57; Araguacema  R$ 1.018.000,97;  Araguaçu  R$ 1.223.583,72; Araguaína  R$ 25.926.987,63;  Araguanã  R$ 823.049,33; Araguatins  R$ 5.137.557,51;  Arapoema  R$ 954.357,95;  Arraias  R$ 1.518.094,30;  Augustinópolis  R$ 2.645.136,01; Aurora do Tocantins  R$ 539.744,51;  Axixá do Tocantins  R$ 1.401.583,04; Babaçulândia  R$ 1.532.029,68;  Bandeirantes do Tocantins  R$ 510.437,12; Barra do Ouro  R$ 659.560,04; Barrolândia  R$ 809.113,95;  Bernardo Sayão  R$ 640.596,43; Bom Jesus do Tocantins  R$ 703.090,14; Brasilândia do Tocantins  R$ 316.203,80;  Brejinho de Nazaré  R$ 789.719,35; Buriti do Tocantins  R$ 1.630.295,65; Cachoeirinha  R$ 326.834,91; Campos Lindos  R$ 1.453.301,97; Cariri do Tocantins  R$ 629.534,33; Carmolândia  R$ 370.652,34; Carrasco Bonito  R$ 588.302,84; Caseara  R$ 771.330,40; Centenário  R$ 417.343,04; Chapada da Natividade  R$ 478.831,11; Chapada de Areia  R$ 201.991,16; Colinas do Tocantins  R$ 5.089.142,85; Colméia  R$ 1.178.760,64; Combinado  R$ 697.056,26; Conceição do Tocantins  R$ 589.739,48; Couto Magalhães  R$ 802.792,75; Cristalândia  R$ 1.047.164,70; Crixás do Tocantins  R$ 247.388,89; Darcinópolis  R$ 875.917,57; Dianópolis  R$ 3.180.570,62; Divinópolis do Tocantins  R$ 991.279,52; Dois Irmãos do Tocantins  R$ 1.034.091,30; Dueré  R$ 673.208,09; Esperantina  R$ 1.579.726,03; Fátima  R$ 550.950,28; Figueirópolis  R$ 756.102,04; Filadélfia  R$ 1.272.285,71; Formoso do Araguaia  R$ 2.649.158,60; Goianorte  R$ 735.989,13; Goiatins  R$ 1.870.357,69; Guaraí  R$ 3.724.194,05; Gurupi  R$ 12.448.028,47; Ipueiras  R$ 289.482,35; Itacajá  R$ 1.067.852,27; Itaguatins  R$ 842.443,93; Itapiratins  R$ 542.617,79; Itaporã do Tocantins  R$ 348.671,80; Jaú do Tocantins  R$ 552.961,57; Juarina  R$ 315.054,49; Lagoa da Confusão  R$ 1.918.916,02; Lagoa do Tocantins  R$ 620.052,52; Lajeado  R$ 450.242,03; Lavandeira  R$ 276.265,29; Lizarda  R$ 537.302,23; Luzinópolis  R$ 446.506,77; Marianópolis do Tocantins  R$ 743.459,64; Mateiros  R$ 385.593,37; Maurilândia do Tocantins  R$ 492.191,83; Miracema do Tocantins  R$ 2.621.575,17; Miranorte  R$ 1.929.978,12; Monte do Carmo  R$ 1.141.695,41; Monte Santo do Tocantins  R$ 327.409,57; Muricilândia  R$ 510.149,79; Natividade  R$ 1.328.027,23; Nazaré  R$ 560.001,10; Nova Olinda  R$ 1.697.961,25; Nova Rosalândia  R$ 612.007,35; Novo Acordo  R$ 623.787,78; Novo Alegre  R$ 335.023,74; Novo Jardim  R$ 391.052,59; Oliveira de Fátima  R$ 159.754,03; Palmas  R$ 42.973.691,08; Palmeirante  R$ 865.717,45; Palmeiras do Tocantins  R$ 956.512,90; Palmeirópolis  R$ 1.100.320,27; Paraíso do Tocantins  R$ 7.363.051,86; Paranã  R$ 1.501.141,98; Pau D'Arco  R$ 696.625,27; Pedro Afonso  R$ 1.950.665,70; Peixe  R$ 1.687.904,79; Pequizeiro  R$ 786.846,08; Pindorama do Tocantins  R$ 638.872,47; Piraquê  R$ 435.013,68; Pium  R$ 1.099.601,95; Ponte Alta do Bom Jesus  R$ 660.278,36; Ponte Alta do Tocantins  R$ 1.154.912,47; Porto Alegre do Tocantins  R$ 450.960,35; Porto Nacional  R$ 7.615.612,65; Praia Norte  R$ 1.211.372,30; Presidente Kennedy  R$ 529.257,06; Pugmil  R$ 386.168,02; Recursolândia  R$ 616.748,26; Riachinho  R$ 667.317,88; Rio da Conceição  R$ 306.003,68; Rio dos Bois  R$ 407.142,92; Rio Sono  R$ 930.653,44; Sampaio  R$ 676.799,68; Sandolândia  R$ 484.864,98; Santa Fé do Araguaia  R$ 1.079.201,70; Santa Maria do Tocantins  R$ 493.341,14; Santa Rita do Tocantins  R$ 339.764,65; Santa Rosa do Tocantins  R$ 693.752,00; Santa Tereza do Tocantins  R$ 411.740,16; Santa Terezinha do Tocantins  R$ 363.325,49; São Bento do Tocantins  R$ 764.865,53; São Félix do Tocantins  R$ 227.706,96; São Miguel do Tocantins  R$ 1.743.933,63; São Salvador do Tocantins  R$ 442.771,52; São Sebastião do Tocantins  R$ 690.304,07; São Valério  R$ 568.908,25; Silvanópolis  R$ 776.214,96; Sítio Novo do Tocantins  R$ 1.297.139,53; Sucupira  R$ 282.442,83; Tabocão  R$ 371.945,31; Taguatinga  R$ 2.396.741,48; Taipas do Tocantins  R$ 308.589,62; Talismã  R$ 401.252,71; Tocantínia  R$ 1.083.942,60; Tocantinópolis  R$ 3.285.588,78; Tupirama  R$ 271.668,05; Tupiratins  R$ 383.725,74; Wanderlândia  R$ 1.678.422,99 e Xambioá  R$ 1.657.879,08 - SUBTOTAL  R$ 225.963.746,47

COMPARTILHE:


Confira também:




Segurança

Polícia Civil do Tocantins deflagra segunda fase da operação Rosetta contra membros de organização criminosa

Estão sendo cumpridos 22 mandados de prisão preventiva e 32 mandados de busca e apreensão em cidades do Tocantins, Rio Grande do Sul e São Paulo.


Visita

Governador em exercício recebe primeira militar do Tocantins a ser selecionada para Missão de Paz da ONU

Militar desde 2005, a capitã Louise destacou a importância do apoio que recebeu da PM


Saúde

Tocantins contabilizou 100 novos casos confirmados da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 250.785 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 79.612 casos confirmados. Destes, 72.208 pacientes estão recuperados 6.256 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 1.148 pacientes foram a óbito.


Neste domingo

Tocantins contabilizou 98 novos casos confirmados da Covid-19, sendo 31 das últimas 24h


Eleições 2020

Diplomação dos eleitos no Tocantins será realizada por videoconferência


Coletivo N.S.L.O.

Acordes e talentos dos quatro cantos do Brasil dialogam com público em live musical


Tocantins

Fórum Estadual de Mudanças Climáticas reúne titulares por videoconferência em sua 12ª Reunião Ordinária


Assembleia

Eduardo do Dertins assume interinamente a Presidência da Aleto


Aleto

Elenil questiona portaria que torna obrigatória vistoria para 1º emplacamento de carro zero km no Tocantins



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira