Saturday, 15 de August de 2020

ECONOMIA


Panorama

Empresário industrial tocantinense mostra falta de confiança em pesquisa da FIETO

22 Apr 2020
Empresário industrial tocantinense mostra falta de confiança em pesquisa da FIETO

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Tocantins saiu de 63,2 pontos, em março, para 41,3 pontos em abril deste ano. É o que mostra a pesquisa elaborada pela Federação das Indústrias do Estado do Tocantins com apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI) publicada nesta quarta-feira, 22/04, no site www.fieto.com.br link Estudos e Pesquisas. Este patamar é igual ao registrado em janeiro de 2016, quando o país passava por uma recessão iniciada ainda em 2015.

 

Além de representar uma queda de mais de 20 pontos em relação ao mês anterior, o valor apurado em abril leva o indicador a níveis que demonstram falta de confiança do empresário industrial, o que acontece a partir de valores abaixo de 50 pontos de acordo com a metodologia da pesquisa. Consequentemente, os indicadores componentes do ICEI de Condições Atuais e de Expectativas também mostraram queda de 17,1 e 24,4 pontos, respectivamente.

 

“A queda da confiança do empresariado já era esperada como consequência da desaceleração da economia mundial provocada pela crise com a pandemia do coronavírus. A torcida é para que consigamos superar essa situação o mais breve possível e a economia volte ao ritmo de crescimento”, afirma o presidente da FIETO, Roberto Pires.

O pessimismo é ainda maior quando se analisa o resultado nacional em que o ICEI atingiu 34,5 pontos. A pesquisa no Tocantins é feita por meio de resposta das empresas online ou via telefone e contou com uma amostra de 81 indústrias, sendo 56 de pequeno porte e 25 de médio e grande porte. O período de coleta foi de 1 a 14 de abril de 2020.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins registra 914 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 35.403 casos no total, destes, 21.896 pacientes estão recuperados, 13.007 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 500 pacientes foram a óbito.

Notificação

BRK é notificada pela segunda vez na mesma semana por desabastecimento de água

Os consumidores ficaram 36 horas sem o fornecimento de água entre os dias 6 e 8 de agosto. A oscilação na pressão da água, também foi relatada pelos usuários.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira