Sunday, 16 de December de 2018

ECONOMIA


Economia

Governador visita mutirão do Programa de Recuperação Fiscal que já contabiliza R$ 21 milhões em negociações

08 Mar 2018    17:18
Lia Mara Governador visita mutirão do Programa de Recuperação Fiscal que já contabiliza R$ 21 milhões em negociações Marcelo Miranda, acompanhado presidente do Tribunal de Justiça, Eurípedes Lamounier e da juíza Silvana Parfieniuk, visita o mutirão do Programa de Recuperação Fiscal

O governador Marcelo Miranda reservou o final da tarde desta quarta-feira, 7, para uma visita ao mutirão do Programa de Recuperação Fiscal (Refis), edição 2018, no Espaço Cultural, em Palmas, onde o atendimento é realizado das 8 às 18 horas, até domingo, 11. Também estão sendo realizados atendimentos nas agências da Secretaria da Fazenda (Sefaz) em todo o Estado até esta quinta-feira, 8. A iniciativa é fruto de parceria entre o Governo do Tocantins, por meio Sefaz, Tribunal de Justiça e Ministério Público do Tocantins.

De acordo com dados da Secretaria da Fazenda, até a tarde desta quarta-feira já haviam sido contabilizados mais de R$ 21 milhões em negociações. A previsão de receita do Governo do Tocantins com a realização do Refis é de arrecadar R$ 50 milhões de pagamentos à vista e R$ 150 milhões parcelados.

Para o governador, o Refis constitui uma oportunidade para o contribuinte saudar suas dívidas com a fazenda pública. “Esse é um momento importante para o contribuinte, em que estamos oportunizando a quitação de débitos de maneira facilitada. O que percebemos foi a satisfação das pessoas diante dessa oportunidade”.

O presidente do Tribunal de Justiça, Eurípedes Lamounier, também fez uma avaliação positiva do mutirão. “O Mutirão de Recuperação Fiscal tem como foco principal o contribuinte, dando a oportunidade de ele quitar seus eventuais débitos. Para o Judiciário é a certeza do dever cumprido de uma forma democrática e diplomática, porque faz a prestação jurisdicional sem operar qualquer constrangimento no contribuinte, que é a meta do Conselho Nacional de Justiça”.

Silvana Parfieniuk, juíza responsável pela Central de Execuções Fiscais, destacou a importância da parceria entre a Sefaz e o Judiciário para realização do Mutirão do Programa de Recuperação Fiscal. “Essa parceria visa facilitar a vida do contribuinte. Ele comparece, consegue resolver todas as suas pendências, de forma facilitada, e pode pedir, inclusive a extinção da execução, que seria mais burocrático sem a realização do Refis”, explicou.

Refis

A iniciativa prevê a redução de multas e juros, inclusive de caráter moratório, de até 90% de desconto nos pagamentos à vista e beneficia pessoas físicas e jurídicas que possuam débitos com a Fazenda Pública. Em caso de parcelamento, o desconto poderá ser de até 85%, podendo ser dividido em até 120 parcelas mensais iguais e sucessivas, com exceção da primeira parcela, que terá valor diferenciado conforme cálculos da Secretária de Estado da Fazenda.

Entram na negociação de débitos com a Fazenda Pública: Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), Imposto sobre Transmissão Causa Mortis ou Doação (ITCD) e créditos não tributários.

Não há um valor mínimo a ser parcelado, no entanto, para a Pessoa Jurídica, a parcela não pode ser inferior a R$ 400, já para a Pessoa Física, o menor valor da prestação é de R$ 200. Quando ao parcelamento, há a necessidade de pagar 15% de entrada do total devedor. O Refis abrange os débitos cujo fato gerador ou atos infracionais sejam de até 30 de junho de 2017.

Dívida

Segundo a Sefaz, atualmente, o Estado tem inscrito em dívida ativa cerca de R$ 3 bilhões. Com o Refis, o governo do Estado está tentando recuperar o maior valor possível dos créditos inscritos, por meio de protesto e execução extrajudicial e judicial.

O Refis também é uma forma de arrecadar esses valores para os cofres públicos do Estado. Não é apenas o Executivo que ganha com a proposta da Recuperação de Créditos, como também os municípios do Estado, já que parte dos valores arrecadados com o IPVA e ICMS são destinadas às prefeituras.

Os interessados em aderir ao Refis devem procurar as unidades de atendimento da Sefaz em Palmas ou no interior do Estado. A lista com os endereços e telefones dos locais está disponível no site da Sefaz (sefaz.to.gov.br). Para mais informações ou esclarecimento de dúvidas, o contribuinte pode entrar em contato pelo telefone 0800 63 1144.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

61

PARABÉNS!
PARABÉNS!

62

BOM
BOM

59

AMEI!
AMEI!

58

KKKK
KKKK

78

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

49

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

50

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Marcelo Miranda Refis Mutirão

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Novo Governo

Bolsonaro diz que pena de morte não será debatida em seu governo

autores de crimes hediondos”. “Em destaque no jornal O Globo de hoje informou que, em meu governo, o assunto pena de morte será motivo de debate.

Investigado

João de Deus sacou R$ 35 milhões de contas e aplicações, confirma MP

Na sexta-feira (14), o Tribunal de Justiça de Goiás acatou o pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e determinou a prisão do médium goiano.


Trabalho

Sindicalizados aprovam orçamento de R$ 2,5 milhões para o SISEPE-TO

Pinheiro frisou que o SISEPE-TO ampliará a divulgação das suas ações, o diálogo com os servidores público e logo conquistará mais sindicalizados.


Tocantins

Em menos de 24 horas, Polícia Civil prende suspeitos de explosão de caixa eletrônico no interior

Entre os indivíduos presos em flagrante está Cristiano Batista da Silva e Jamerson Gama Ribeiro, que são investigados por um roubo cometido na cidade de Novo Acordo


Tocantins

Ministério Público denuncia 19 pessoas por participação em fraude no concurso da PM


Tocantins

MPE e UFT celebram protocolo de intenções para elaboração de estudos técnicos em atuações de interesse social


Pró-Moradia

Vice-governador Wanderlei Barbosa inaugura Condomínio Maria Olívia Carlesse em Palmas


Segurança

Secretário entrega armamentos e anuncia chegada de scanners corporais em casa penais


Serviços Bancários

Sistema de Defesa do Consumidor oficia Banco Central sobre falha na prestação dos serviços bancários no Tocantins


Imbróglio

TCE impede retorno do estacionamento rotativo em Palmas



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira