Thursday, 22 de August de 2019

ECONOMIA


Folha de S. Paulo

Levantamento mostra que o Tocantins tem o segundo maior rombo financeiro do país

20 Feb 2015

O Tocantins foi destaque nacional esta semana com relação ao levantamento publicado pelo jornal Folha de São Paulo, o qual indica que o Estado teve o segundo maior rombo financeiro do Brasil em 2014, com um déficit de R$ 522 milhões, ou 2,3% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual. O levantamento considera os déficits financeiros com relação às receitas e despesas, sem os juros.
 
Proporcionalmente, com relação ao PIB, apenas o Acre teve dívida maior que a do Tocantins entre as 27 unidades da Federação. A Folha ressalta na reportagem que as contas no vermelho dos Estados, como é o caso do Tocantins, forçam os novos governadores a tomar medidas duras de ajustes. As despesas de pessoal, custeio administrativo, programas sociais e investimentos foram maiores que a receita.
 
O governador Marcelo Miranda recebeu o Estado com a folha de dezembro, no valor de mais de R$ 260 milhões, em aberto. Com isso, pagará 14 folhas ao todo este ano; encontrou ainda, saldo negativo de R$ 3 milhões na conta, como ressaltou o secretário da Fazenda, Paulo Afonso Teixeira. A estratégia da gestão é reduzir os custos com a máquina e aumentar a arrecadação, segundo informou o titular da Fazenda, que já trabalha para intensificar ações que venham a aumentar a receita tributária do Estado.
 
Levantamento oficial do Governo mostra que as dívidas totais herdadas pela atual gestão chegam a R$ 4,3 bilhões, sendo mais de R$ 1 bilhão em aberto de despesas de custeio e investimento, e R$ 2,4 bilhões de operações de crédito internas e externas. Na Saúde, a dívida deixada passa de meio milhão de reais, dentre obras inacabadas de hospitais e falta de pagamento de vários serviços.
 
Na área da Educação, o rombo deixado passa de R$ 200 milhões, enquanto na Infraestrutura, a dívida atinge R$ 248 milhões.
 
Plano de reorganização
 O governador apresentou o Plano de Reorganização do Tocantins, que traz uma série de medidas administrativas e judiciais adotadas pela atual gestão para restabelecer a capacidade organizacional do Estado. O governo reduziu a estrutura de 34 para 18 secretarias e mais 1.423 cargos comissionados. Os resultados já vieram em janeiro, quando a folha foi R$ 38 milhões a menos que a deixada sem pagar pela gestão anterior.
 
Diante da situação financeira delicada, o Governo reconheceu a nulidade e suspendeu os efeitos financeiros dos atos realizados nos últimos 180 dias da gestão passada e que foram aprovadas sem previsão orçamentária.

COMPARTILHE:


Confira também:


Justiça

União pode bloquear repasses voluntários a estados, decide STF

A possibilidade do bloqueio está prevista no artigo 11 da Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 101/2000), cuja validade é julgada nesta quarta-feira pelo plenário do Supremo.

Operação Medusa

Polícia Civil prende 15º suspeito da Operação Medusa

Deflagrada no último dia 15, a Operação Medusa visa combater ataques criminosos ocorridos em 2018 a mando de facção criminosa de renome nacional.


Saúde

Pacientes do Tocantins correm o risco de ficar sem diálise

Instituto de Doenças Renais não recebe repasses desde abril. 140 pacientes serão prejudicados pela ausência de recursos para oferecer o tratamento adequado


Fotografia

Dia da Fotografia com a TIM: dicas para tirar boas fotos e ofertas em smartphones

Quando o assunto é fotografia, o foco é o mais importante na hora de fazer os cliques. O elemento a ser destacado deve estar claro e bem posicionado.


Festival Gastronômico

Prefeitura lança programação artística do 13º Festival Gastronômico de Taquaruçu


AL

Audiência pública homenageia UMA e Siqueira Campos


Agricultura

Seminário de Apicultura supera expectativa em números de participantes


Futebol

Capital empata com Palmas na abertura do Estadual de Futebol Sub19


Taquaruçu

Governo inaugura Núcleo de Identificação de Taquaruçu e entrega viaturas e armamentos para a Polícia Civil


Sanidade Animal

Adapec reúne mais de 70 médicos veterinários autônomos para debater sanidade animal



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira