Saturday, 19 de September de 2020

ECONOMIA


Blindados

Licitação de veículos para Casa Militar visa economicidade e aumentar a segurança

11 May 2019
Aldemar Ribeiro Licitação de veículos para Casa Militar visa economicidade e aumentar a segurança

A Casa Militar do Tocantins está realizando processo licitatório para contratação de empresa especializada na prestação de serviços de locação de veículos convencionais e com proteção balística (blindados) para atender as demandas operacionais do órgão. O contrato em vigência vencerá em junho deste ano, não podendo ser renovado, visto que já foi alcançado o limite total de prorrogação de 60 meses, conforme prevê a Lei nº 8.666/93.

De acordo com o secretário-chefe da Casa Militar, coronel PM Silva Neto, a frota de veículos terá a finalidade essencial de servir as autoridades que estão sob a responsabilidade do órgão, que são o governador e o vice-governador. Nesta lista, também estão inclusas autoridades designadas pelo chefe do Poder Executivo, como ministros de Estado e até o presidente da República, quando em visita ao Tocantins.

“Desta forma, existe a real necessidade de investimentos em logística de transportes aliada à segurança para o desenvolvimento das atividades de proteção das autoridades pelas quais a Casa Militar é responsável pela sua segurança”, explica o coronel PM Silva Neto.

Em relação à locação da frota, o coronel Silva Neto justifica a questão afirmando que há vantagens na realização deste tipo de contrato em razão da facilidade em realizar manutenção da frota locada, que conta sempre com veículos novos e seminovos, além das questões de seguro dos veículos, que fica por conta da empresa contratada, reduzindo assim os custos.

De acordo com os dados dos processos, o valor estimado para contratação dos 23 veículos poderá chegar a R$ 2,2 milhões por ano. “O uso de veículos especiais é um padrão em vários estados brasileiros e até mesmo no Tocantins, já que o Poder Judiciário também dispõe desse tipo de carro”, destaca o coronel Silva Neto.

Conforme o secretário-chefe da Casa Militar, os valores utilizados no pagamento da locação dos veículos faz parte dos recursos destinados ao órgão, que foram definidos na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) para o ano de 2019.

Veículos
Atualmente, o contrato que a Casa Militar possui contempla a locação de 23 veículos, incluindo a viatura policial que faz a ronda durante todo o dia e a noite na Praça dos Girassóis. Porém, nenhum desses veículos é blindado.

Com a nova licitação, o processo prevê a locação de 18 veículos convencionais e cinco blindados. Segundo explicou o coronel Silva Neto, os veículos serão alugados conforme a demanda e só será pago aqueles que forem utilizados pelo Governo. “Isso quer dizer que a quantidade de veículos é estimada, podendo ser utilizada ou não em sua totalidade, a depender dos créditos orçamentários disponíveis”, esclareceu.

Casa Militar
A Casa Militar é um órgão da administração direta do Poder Executivo estadual e tem como finalidade zelar pela segurança do governador do Estado, do vice-governador, e seus respectivos familiares; de autoridades designadas pelo Chefe do Poder Executivo estadual; do Palácio Araguaia e residências oficiais; além de realizar o assessoramento pessoal em assuntos militares; coordenar as atividades de inteligência estadual e de segurança das comunicações; e prevenir e articular o gerenciamento de crises e iminente ameaça à estabilidade institucional.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Tocantins registra 885 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 190.325 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 62.498 casos confirmados. Destes, 44.830 pacientes estão recuperados, 16.818 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 850 pacientes foram a óbito.

Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia

No total, foram disponibilizados o montante de R$ 2 bilhões para empresas a taxas de juros de 2,5% ao ano, bem abaixo ao praticado no mercado, e com prazo de carência até oito meses.


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense

Além do corregedor-geral da Justiça, votaram os desembargadores Marco Villas Boas, Moura Filho, Jacqueline Adorno, Ângela Prudente, Eurípedes Lamounier, Maysa Vendramini, Etelvina Maria Sampaio Felipe e, por último, o presidente Helvécio Maia Neto.


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios

Serviços serão executados em Cristalândia, Lizarda e Paranã


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias


Eleições 2020

Prefeita Cinthia Ribeiro fecha convenção com apoio de seis partidos


Emprego

Sine Tocantins orienta trabalhadores para uma boa entrevista de emprego. Nesta quarta, 16, são 403 vagas no Estado


Covid-19

Boletim coronavírus (Covid-19): taxa de internações hospitalares sofre redução na Capital


Economia

Procon Municipal de Palmas divulga pesquisa de preços dos itens da cesta básica


Agricultura

Governo do Tocantins e Ministério da Agricultura retomam convênio e fortalece assistência a agricultores familiares



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira