Monday, 27 de May de 2019

ECONOMIA


Endividamento

Nível de endividamento da capital se manteve estável em Outubro

13 Nov 2018    16:12    alterado em 13/11 às 16:30

O endividamento dos palmenses é medido mensalmente por meio da pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em parceria com a Fecomércio Tocantins. Em outubro, 69% disseram estar endividados na capital, queda de apenas 0,2% quando comparado a setembro, se mantendo estável. Esse porcentual representa que mais de 56 mil pessoas se consideram endividados em Palmas, mas desse número, uma pequena parcela de 13,1% está com dívidas em atraso e somente 0,4% não terão condições de pagar.

Segundo o presidente da Fecomércio, Itelvino Pisoni, esse porcentual de famílias em atraso condiz com o cenário atual. “Ainda que seja baixo, o porcentual de pessoas que tem dívidas atrasadas deve ser levado em consideração. Mas sabemos que o momento de nossa economia anda delicado, principalmente, pelas diversas mudanças políticas ocorridas nos últimos meses. O Tocantins é um estado onde grande parte dos empregos ainda advém do funcionalismo público. Isso pode ter afetado o orçamento familiar”, explicou.

A PEIC (Pesquisa de endividamento e inadimplência do consumidor) demonstra que 57,5% dos entrevistados consideram-se pouco endividados, mas segundo a assessora econômica da Fecomércio, Fabiane Cappellesso, essa percepção deve ser mudada. “Os consumidores se consideram pouco endividados, porém quando avaliamos o percentual da renda familiar gasto com dívidas podemos perceber que ele ultrapassa a média de 32%. O consumidor deve se atentar para essa percepção e não ultrapassar seus limites para não se tornar inadimplente”, alerta.

Ainda na mesma pesquisa, 74,1% dos consumidores disseram que comprometem sua renda familiar com dívidas entre 11 a 50%, sendo a média em torno de 32,9%. Já sobre o tempo dessa dívida, 43,8% responderam que possuem dívidas com prazos maiores que um ano, computando uma média de 7,9 meses. O cartão de crédito continua em primeiro lugar do tipo de dívida mais comum.


COMPARTILHE:


Confira também:


Senado

Avança relatório de Kátia Abreu que facilita regularização de dívidas de crédito rural

Famílias com financiamento no Banco da Terra e na Cédula da Terra poderão ter contratos individualizados

Política

Atos em apoio ao governo ocorrem em diversas cidades do país

Na rede social Twitter, o presidente postou cenas de atos que ocorrem em outras cidades do país.



Campo

Agricultura e Fundação divulgam projetos de pesquisa selecionados para cadeia produtiva do mel no Tocantins

Foram aprovados cinco projetos de pesquisa para concessão de materiais e equipamentos de insumos para projetos de pesquisa com apicultura e meliponiculutura no Tocantins.


AL

Deputado propõe que o governo do Estado monte Casa de Apoio em Barretos

A proposta foi apresentada na sessão matutina desta quarta-feira, 22


IPVA

Inadimplência do IPVA chega a 36% da frota no Tocantins

Inadimplência gera déficit de mais de R$ 48,9 milhões aos cofres públicos do Estado e dos municípios


Pavimentação

Wanderlei Barbosa pede a ministro que priorize pavimentação da BR-010, eixo de integração da Amazônia


Paulo Ziulkoski, é homenageado pela ATM durante evento técni

Paulo Ziulkoski é homenageado pela ATM durante evento técnico em Palmas


Prof. Júnior Geo apresenta Projetos que visam garantir o bem-estar e a dignidade dos idosos


Sisu

Estudantes podem consultar vagas do Sisu


CPI do PreviPalmas

Max Fleury é ouvido na CPI do PreviPalmas


Fenelon Barbosa

Primeiro prefeito acredita que Palmas será uma das maiores e melhores cidades do Brasil



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira