Palmas, 23/01/2018

Economia

Oi

Oi investe R$ 18,1 milh√Ķes no Tocantins de janeiro a setembro de 2017

  • Companhia segue ampliando investimentos na moderniza√ß√£o da infraestrutura e expans√£o da capacidade de rede com foco na melhoria da experi√™ncia dos clientes

Oi investe R$ 18,1 milh√Ķes no Tocantins de janeiro a setembro de 2017



Tocantins, 16 de novembro de 2017 - A Oi investiu R$ 18,1 milh√Ķes no Tocantins, de janeiro a setembro desse ano. No Brasil, o total de investimentos atingiu R$ 3,8 bilh√Ķes, com crescimento de 11,6% no mesmo per√≠odo. A companhia implantou no estado tr√™s novos sites de telefonia m√≥vel e ampliou e modernizou mais 13 sites. Mais de 2,5 mil portas de banda larga foram instaladas para o atendimento aos clientes que querem usufruir do servi√ßo de internet da companhia. A operadora est√° priorizando a moderniza√ß√£o da infraestrutura e expans√£o da capacidade da rede, a realiza√ß√£o de a√ß√Ķes preventivas com aumento de produtividade e a digitaliza√ß√£o para oferecer uma melhor experi√™ncia aos clientes. A Oi oferece cobertura 4G nas cidades de Palmas e Aragua√≠na.
 
Os investimentos em rede, aliados à melhoria da qualidade do atendimento e na oferta de serviços que são desenvolvidos de acordo com as preferências dos consumidores resultaram num aumento de 2,3% na receita líquida de serviços do terceiro trimestre de 2017 em comparação com o segundo trimestre do ano. A receita líquida do segmento Residencial aumentou 4,2% comparada ao segundo trimestre de 2017, explicado principalmente pela expansão das receitas de banda larga e TV paga, impulsionadas pelo crescimento da base das ofertas do Oi Total e Oi Total Play.
 
"Estamos vivendo um ponto de inflex√£o importante porque estamos vendo uma recupera√ß√£o da economia no terceiro trimestre. Na Oi conseguimos aumentar as vendas do Oi Total,  produto convergente que garante receita mais alta; tivemos crescimento das recargas do pr√©, que tem correla√ß√£o com a melhora da curva de desemprego; e, conseguimos, inclusive, registrar crescimento de 0,6% no n√ļmero de clientes no B2B. Esse n√ļmero n√£o era positivo desde 2014. E estamos falando de clientes corporativos: pequenas e m√©dias empresas, grandes clientes e governo", afirma Marco Schroeder, CEO da Oi.
 
A companhia tamb√©m vem registrando melhorias na experi√™ncia dos clientes com a redu√ß√£o cont√≠nua dos indicadores de reclama√ß√£o dos clientes. Na Anatel, as reclama√ß√Ķes ca√≠ram 13,9% no terceiro trimestre em rela√ß√£o ao mesmo per√≠odo do ano passado e, no JEC, a queda foi de 33,7% no mesmo per√≠odo.


Confira também


Coment√°rios

comments powered by Disqus