Monday, 18 de November de 2019

ECONOMIA


Pecshow 2019

Primeira Pecshow 2019 tem resultado positivo e marca registro no calendário agropecuário do Estado

31 Oct 2019    23:51    alterado em 31/10 às 23:51
Amanda Oliveira Primeira Pecshow 2019 tem resultado positivo e marca registro no calendário agropecuário do Estado

O resultado da primeira Feira de Exposição de Touros e Cavalos de Alto Padrão e Geneticamente Melhorados (Pecshow 209) realizada de 25 a 27 de outubro superou as expectativas iniciais, nas comercializações e na participação de expositores, sendo inserida no calendário de evento agropecuário do Tocantins. A expectativa é que aconteça, todos os anos, na segunda quinzena de outubro. A feira ocorreu e ocorrerá, nos próximos anos, no Centro  Agrotecnológico de Palmas, saída para Porto Nacional.

A feira é uma realização do governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura e parceiros.

Para o médico veterinário da Diretoria de Política para Agronegócio e Pecuária da Seagro, Thyago Tulio, o evento proporcionou a difusão de conhecimento e de novas tecnologias ao homem do campo.  “A Secretaria da Agricultura encerrou a Pecshow 2019 com boas expectativas para realizar as próximas feiras que virão, pois acreditamos neste segmento agropecuário, na intenção de difundir as tecnologias genéticas na pecuária de corte, leite e equinos”, almejou.

O médico veterinário, disse ainda que, a comercialização bovina alcançou 30% de vendas, sendo elas diretas (realizadas diretamente no evento) e indiretas (realizadas pós-evento). Quanto aos cavalos a percentagem de vendas alcançou 17%, o que demonstrou uma nova alternativa de comercialização para os expositores de equinos.

Segundo o gerente da Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ), Luiz Fernando Salim, é um evento que, incialmente, já marcou para nós pecuarista, inserido no calendário agropecuário do Estado. “Tenho certeza que vai emplacar, pois o Tocantins é genuinamente voltado ao setor agropecuário e, esse espaço será ideal para apresentarmos aos pecuaristas o potencial genético do rebanho bovino e equino que o Estado oferece”, ressaltou.

Feira
A Pecshow expôs animais de alto potencial genético e com grande valor comercial, sendo eles das espécies equina e bovina. Ao todo foram ofertados 99 animais bovinos, entre eles Senepol, Tabapuã e Nelore; e 12 equinos da raça Mangalarga Marchador.

Produtores
Glauber Kliemann um dos expositores da feira, explicou ao participar da primeira Pecshow voltada, exclusivamente, para vendas de touros e cavalos de alto padrão. “A abertura de mais esta vitrine é importante para mostrarmos nossos animais. Como foi a primeira feira, superou a expectativa de negociações e apresentação dos animais aos produtores que primam por animais altamente reprodutivos”, citou.

Para o produtor de cavalo Manga larga marchador, Marcelo Honorato, do município de Barrolândia, a feira de início mostrou que promete crescer nos próximos anos. “Tudo tem seu começo e, tivemos a oportunidade de mostrar nossos produtos, conseguimos muitos contatos com produtores, o que posteriormente poderá gerar bons negócios, em 2020 esperamos que será ainda melhor,” enfatizou.

A feira é uma realização do governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura e os parceiros Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Serviço de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Ferpam, New Holland, Polli, Astre, Syngenta, OuroFino, Tortuga, SIM, ACCMMTO e PRÓ-Genética.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Receita paga hoje as restituições do 6º lote do Imposto de Renda

O lote contempla também restituições dos exercícios de 2008 a 2018

Economia

Com Selic em queda, poupança pode passar a render menos que a inflação

Outro fator é a redução de recursos para o financiamento habitacional. Atualmente, 65% dos recursos de poupança são destinados aos financiamentos habitacionais.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira