Saturday, 22 de September de 2018

Saturday, 22 de September de 2018

ECONOMIA


Embrapa

Projeto da Embrapa mostra viabilidade da pecuária de corte no Norte do país

16 Aug 2018    18:08

“Quando você começa a aplicar tecnologia na pecuária, o resultado vem. Tanto que o produtor que eu atendo, que é a unidade demonstrativa, trabalhava só com agricultura. Eu consegui provar pra ele que a pecuária é tão rentável quanto a agricultura; hoje, uma parte da fazenda nós destinamos pra pecuária”. Essa fala é de Valdimilson Rodrigues de Sousa, agrônomo que participa do projeto ABC Corte, que trabalha com transferência de tecnologia em pecuária de corte no Tocantins e no Sul do Pará.

Ele é agrônomo e conduz Unidades de Referência de Tecnológica (URTs) em dois municípios do Sul tocantinense: Figueirópolis e Dueré. Essas unidades são áreas dentro de propriedades rurais atendidas pelo projeto em que os técnicos responsáveis aplicam na prática o que aprendem nos módulos de capacitação. Isso com acompanhamento da Embrapa, instituição que lidera o ABC Corte. A capacitação, considerada a parte teórica do projeto, é continuada; sucessivos módulos são ofertados periodicamente e abordam temas complementares. Dessa maneira, a metodologia mescla teoria e prática.

A propriedade que Valdimilson cita fica em Figueirópolis. Segundo ele, o produtor começou a trabalhar com pecuária em uma área menor e hoje já são 140 hectares rotacionados e um confinamento. Sobre a capacitação do ABC Corte, o técnico aprova: “eu estou gostando muito porque está me confirmando muitas coisas que tinha dúvida. Geralmente, eu crio as dúvidas no campo e aqui é o local de eu tirar minhas dúvidas, ver se realmente estou no rumo certo”. Ele é da Solo Consultoria Agropecuária e foi contratado para o projeto via Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), um dos parceiros do ABC Corte. Outra instituição importante para o andamento do projeto é o Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins (Ruraltins), órgão oficial de assistência técnica e extensão rural.

Enquanto alguns produtores já obtêm resultados efetivos da aplicação de tecnologias, outros encontram-se no início. Um deles é Enoch Borges de Oliveira Filho, que tem propriedade em Miracema do Tocantins, região Central do estado. “Estou começando o projeto, ainda não tenho resultados da minha fazenda. Esses encontros técnicos são muito bons, em pelo menos duas vertentes: atualização e encorajamento para também aplicar o que está funcionando para outros. A apresentação de resultados já observados evita cometer erros desnecessários e ir direto no que funciona”, entende.

Nível das discussões – O terceiro módulo de capacitação continuada começou quarta-feira, 15 de agosto, em Palmas e vai até esta sexta-feira, 17. O líder do ABC Corte é o zootecnista Pedro Alcântara, que trabalha com transferência de tecnologia na Embrapa em Palmas. Ele se mostra satisfeito com o andamento do projeto: “a evolução é nítida. No nível das discussões em relação ao nosso primeiro encontro (inclusive, escutei isso das pessoas: a evolução do nível das discussões) e os resultados também”, relata. Sobre a participação, além dos técnicos, também dos produtores, Pedro diz que, “com relação aos produtores, é o primeiro módulo que a gente abre pra participação deles. A gente vê que é uma demanda deles esse conjunto de tecnologias pra intensificação e eles gostaram muito de participar”.

Quem aprovou a capacitação foi Rodrigo Paniago, consultor na Boviplan Consultoria Agropecuária, de Piracicaba-SP. Ele falou aos participantes do ABC Corte sobre viabilidade econômica da produção intensiva a pasto. “Eu me surpreendi positivamente com a qualidade do evento, foi muito gratificante participar do mesmo, pois não é comum, em eventos técnicos sobre pecuária de corte, observar o nível de conhecimento apresentado pelos participantes, muito acima da média do que se vê pelo país afora. Como também não é comum encontrar tanta precisão nas análises de custo, além dos dados de produtividade elevada que foram apresentados pelos técnicos responsáveis pelas URTs”, elogia.

Rodrigo continua, dizendo que “com relação à temática da transferência de tecnologia, no meu entendimento e também dos demais consultores da Boviplan, não há como ter sucesso com eventos pontuais, tais como palestras ou visitas de campo únicas ou anuais; por isso apostamos no processo de transferência continuada de tecnologia. O evento em questão deixou óbvio que este programa de capacitação continuada da Embrapa está ajudando a revolucionar o setor de transferência de tecnologia, gargalo que temos em nosso país”. O consultor entende que “as empresas fornecedoras de insumos e serviços aos pecuaristas deveriam olhar com carinho o Programa ABC Corte, porque é uma ótima oportunidade para uma relação ganha-ganha; ele pode destravar o maior uso de tecnologias por parte do pecuarista, permitindo ao mesmo maior sustentabilidade ao seu negócio”.

Bons resultados que, aos poucos, vão mostrando a viabilidade, inclusive financeira, da pecuária de corte no Tocantins, atividade bastante tradicional, mas que vem nos últimos anos perdendo espaço para a agricultura, notadamente o plantio de soja. O importante é perceber que o estado tem condições de desenvolver seu meio rural, incluindo tanto agricultura como pecuária e passando por diferentes cadeias produtivas.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

9

PARABÉNS!
PARABÉNS!

6

BOM
BOM

12

AMEI!
AMEI!

9

KKKK
KKKK

10

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

8

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

9

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

embrapa tocantins rural

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


SEMANA NACIONAL

Tocantins reduz óbitos de pedestres e ciclistas no trânsito

Ações integradas de prevenção de acidentes no trânsito salvam vidas de pedestres e ciclistas no estado. Redução foi de 26% e 56%, respectivamente

Saúde

MPE obtém decisão judicial acerca de acúmulo de lixo no Hospital Regional de Araguaína

Segundo a Promotora de Justiça Araína Cesárea Ferreira Santos D’Alessandro, manter o ambiente hospitalar limpo e livre de contaminação de qualquer espécie é uma obrigação do Estado



Pecuária

Seagro oportuniza discussão sobre caprinocultura do leite em palestras na Expopalmas

A diretora reforçou que todo processo de pecuária é preciso que seja acompanhado por um técnico, seja médico veterinário, zootecnista ou engenheiro agrônomo.


Pesquisa Fieto

Pesquisa Fieto/Vetor indica vitória de Carlesse no primeiro turno

A segunda rodada da pesquisa Fieto/Vetor foi divulgada nesta sexta-feira, 21. O intervalo de confiança é de 95% e margem de erro máximo estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.


Polícia Fazendária

Estado terá Batalhão da Polícia Militar Fazendária

A criação do Batalhão da Polícia Militar Fazendária atende também a uma antiga reivindicação dos servidores do Fisco.


Saúde

Instalação da máquina de radioterapia de Araguaína deve ser concluída em 90 dias


Esporte

Meia Maratona do Tocantins será realizada dia 1º dezembro com premiação de mais de R$ 55 mil


Ocorrência

Polícia Civil prende suspeito por tráfico de drogas no Extremo Norte do Estado


Infância

Candidatos ao governo do Tocantins são convidados a assumir compromisso com a infância: César Simoni é o primeiro


Investimentos

Obras do Fórum de Araguaína e de entupimento da “cratera” da TO-222 em Araguaína são vistoriadas


Carlesse

Multidão recepciona Carlesse e reunião vira grande caminhada em Gurupi



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira