Monday, 09 de December de 2019

ESPECIAL


A prevenção que vale vidas

31 Jul 2008

Ainda não dói, não tem cheiro e nem cor. Não escolhe classe social, grupos étnicos, religiosos e nem opção sexual. Todos certamente já ouviram falar dele, mas o ignoram por completo. Afinal, "não vai acontecer comigo". Estamos falando do câncer, ou seja; um conjunto de mais de 200 doenças que têm em comum o crescimento desordenado de células que invadem tecidos e órgãos. Em último grau pode espalhar-se para outras regiões do corpo.

Sedentarismo, alimentação inadequada, falta de higiene, cigarro, álcool, vários parceiros sexuais, são co-fatores de pelo menos 70% de todos os casos de câncer.

No entanto, nunca se falou tanto em câncer como nas últimas quatro décadas. Afinal, a sobrevida da doença tem sido animadora, exceto, os casos de câncer no colo de útero que mata cerca de 10 mulheres por dia no Brasil e lidera a lista de óbitos. Seguida pelo câncer de mama que é a segunda causa de morte entre as mulheres brasileiras.

Neste caderno, você vai conhecer mais sobre os dois tipos de câncer que aterrorizam as mulheres: útero e mama. Além das particularidades de cada um, perceberá que um exame ou simples toque pode mudar, para sempre, a rotina de sua vida.

A idéia de extirpar a mama, saber que o útero pode ser retirado, interrompe o sonho da maioria das mulheres: Dar à luz !

Mas estas seqüelas podem ser evitadas. É só prevenir. Pois os números confirmam que nos casos de colo de útero, por exemplo, quando detectados precocemente, a chance de eliminação da doença é de 100%. Todos os exames preventivos são gratuitos e, no caso da mama, você nem precisa sair de casa.

 

Falta de informação contribui para o avanço do cãncer

O País continua a apresentar um quadro sanitário em que se combinam doenças ligadas à pobreza, típicas dos países em desenvolvimento, e doenças degenerativas. Essa situação reflete, inquestionavelmente, as contradições do processo de desenvolvimento do País.

No Brasil, o câncer é encontrado em diferentes posições, mas sempre incluído entre as primeiras causas de morte, ao lado das doenças do aparelho circulatório, causas externas, doenças do aparelho respiratório e doenças infecciosas e parasitárias, segundo informações do Instituto Nacional do Câncer.

Atualmente, o câncer se constitui na segunda causa de morte por doença, no Brasil, e, em 1994, os neoplasmas foram responsáveis por 10,86% dos 887.594 óbitos registrados, sendo que 53,81% dos óbitos por neoplasia ocorreram entre os homens e 46,05%, entre as mulheres.

Mas o que é, e o que significa esta doença que aterroriza e mata tanta gente? Do mal de pouca informação sobre a doença, padece a maioria dos brasileiros. Realidade cruel que contribui para o aumento do número de óbitos por câncer no País. Nem mesmo as pessoas com a doença têm esclarecimento do tamanho problema que ela traz. E quem imagina estar livre de desenvolver um tumor maligno, está muito mais longe da realidade. Os médicos são unânimes em afirmar: a prevenção é o principal caminho para o controle da doença! Portanto, conheça o mal que tem pego de surpresa muitas gerações, para que ela não precise apresentar-se ä você.  

COMPARTILHE:


Confira também:


Prestação de Contas

Leilão Pecuária Solidária destinará R$ 701 mil para Hospital de Amor do Tocantins

Organização anuncia arrecadação líquida de R$ 701 mil; receita bruta subiu para R$ 834 mil.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira