Tuesday, 23 de July de 2019

ESPECIAL


Associação de assistência e valorização da vida

31 Jul 2008

A Assav (Associação de Assistência e Valorização da Vida) é o mais novo centro de recuperação do Tocantins. Localizado numa área de 158mil m², a entidade fica na antiga estrada de Miracema, a 15 km do Plano Diretor da Capital. A Associação é uma iniciativa da igreja Batista Koinonia. A inauguração está prevista para o final de abril. Mesmo assim, o local está praticamente pronto, faltando apenas detalhes técnicos. No local podem ser abrigados até 20 recuperandos. Os coordenadores da Assav já conseguiram computadores, camas, geladeiras e voluntários, como enfermeiros, médicos, nutricionistas e psicólogos. A Prefeitura Municipal de Palmas também firmou uma parceria com a Associação e durante um ano vai repassar recursos na ordem de R$ 5.700,00 mensais.

Por enquanto, as vagas estão destinadas apenas ao sexo masculino. O interessado passa por uma triagem. Em seguida é feito um chekup geral da saúde. A Koinonia tem algumas exigências, uma delas é não aceitar dependentes que usem remédios controlados ou psiquiátricos. Segundo a coordenadora da Assav, Maria Auxiliadora Neto Freitas Damasceno, a disciplina é um fator primordial que os recuperandos devem ter. "Os horários serão rigorosamente controlados", diz, referindo-se aos horários de acordar, almoçar, desenvolver as atividades de trabalho, recreação, estudos bíblicos e outros afazeres. Auxiliadora acrescenta que o recuperando pode ficar na sede até sua completa recuperação "mas não é impedido de ir embora".

Ir até pode, mas o retorno só depois de 1 ano. Ela acredita que a recuperação do interno se dará no período de um ano, sendo que os 6 primeiros meses serão destinados à recuperação e os outros 6 a readaptação junto à sociedade. Aqui passam por cursos de informática, vendas, cabeleireiros, entre outros. Os recuperandos que têm condições financeiras deverão pagar uma mensalidade que varia de R$ 100,00 a R$250,00. "Nós temos recursos para cobrir as despesas de 10 pessoas, portanto, os demais devem colaborar com a manutenção da casa, inclusive com o aluguel que é de R$1.200,00", diz.

COMPARTILHE:


Confira também:


Editorial

Isolada, prefeita Cinthia perde o equilíbrio mirando no Palácio Araguaia

Na postagem desta segunda, a prefeita ataca o Palácio Araguaia. Sem meias palavras falou que o governo estava pegando carona na programação de férias nos eventos de Taquaruçu


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira