Palmas, 17/01/2018

Especial

Ciência e Tecnologia

Palestra de Mourão na 3ª Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi

  • Paulo Mourão dividiu sua palestra em dois temas relevantes e intimamente ligados: a revolução tecnológica e robotizada na produção mundial e a preservação das bacias hidrográficas do estado

Antonio Gonçalves

Palestra de Mourão na 3ª Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi



Esta foi a segunda participação consecutiva do deputado Paulo Mourão (PT) como palestrante na Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi e mais uma vez o parlamentar surpreendeu o público com conhecimento e ideias inovadoras, sempre defendendo a educação, a ciência, a tecnologia  e inovação como única solução para o desenvolvimento do Estado. A palestra que teve como tema "O Papel do Governo Local nas Políticas Públicas nas Áreas de Ciência, Tecnologia, Informação e Empreendimento", foi proferida na manhã desta quinta-feira, dia 26, no campus I do Centro Universitário UnirG, como parte da programação da 3ª Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi.

Na plateia, estudantes do ensino fundamental e médio, universitários, professores, diversos secretários municipais de Gurupi, entre eles o secretário de Produção, Cooperativismo e Meio Ambiente, Tom Lyra e a secretária de Administração, Keila Iuasi; a reitora da UnirG, Ladir Sakai; o diretor do campus da UFT, Gil Rodrigues; vereadores Zezinho Lafiche e André Caixeta; o prefeito Laurez Moreira (PSB) e a senadora Kátia Abreu (PMDB), que também fez palestra no evento a respeito do Matopiba.

Paulo Mourão dividiu sua palestra em dois temas relevantes e intimamente ligados: a revolução tecnológica e robotizada na produção mundial e a preservação das bacias hidrográficas do estado, chamando a atenção para a seca dos rios no Tocantins e a necessidade de medidas urgentes para entender o que está acontecendo e buscar a recuperação dessas bacias.

Além de defender que os governos invistam em políticas públicas que incentivem o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação, citando como exemplo a gestão do prefeito Laurez em Gurupi, que tem se tornado referência nessa área, a partir do projeto Inova Gurupi, em parceria com as instituições de ensino, Paulo Mourão considerou a necessidade urgente dos governos e instituições se unirem em busca de medidas para resolver a crise hídrica no país. Ele destacou que está encabeçando esse movimento na Assembleia Legislativa e convidou a senadora Kátia Abreu a abrir essa discussão em nível nacional no Senado. "`Precisamos cuidar das nossas bacias hidrográficas para planejar um desenvolvimento sustentável", defendeu.

Paulo Mourão ressaltou em sua palestra as fases da revolução industrial, desde a primeira na Inglaterra, quando descobriram o carvão e a máquina a vapor, passando pela segunda revolução industrial com a descoberta da eletricidade, a terceira com o surgimento do computador e da internet e a quarta revolução industrial, que estamos vivendo hoje, dando ênfase a produção robotizada. Ele apresentou um vídeo que mostra como é a produção agrícola e pecuária no Brasil, ainda mecanizada, e outro vídeo de uma fazenda de criação de gado na Alemanha, onde os animais ficam em currais totalmente monitorados por um computador. "Enquanto aqui no Tocantins temos lugares que ainda não viveram a segunda revolução industrial, porque a energia elétrica ainda não chegou, na Europa a produção é robotizada", comparou.

"Nós somos um Estado eminentemente agropastoril, se continuarmos usando nossas riquezas naturais sem nos aprofundarmos na aplicabilidade de um processo de ciência, tecnologia e inovação nas práticas agricultáveis e de pecuária, iremos consumir nossas naturais e teremos um impedimento no processo progressivo de produção", alertou. "Precisamos então aplicar a ciência e tecnologia urgentemente para recuperar as bacias hidrográficas e dar continuidade ao processo de produção e geração de emprego no nosso Estado, essa é uma grande preocupação nossa", considerou. "O mundo lá fora está vivendo a revolução industrial 4.0", reforçou. Paulo Mourão comparou Israel, onde o índice pluviométrico é três vezes menor que no Tocantins, sendo um país menor que a Ilha do Bananal, mas que mesmo assim é uma referência na produção agrícola mundial, por utilizar tecnologia avançada na produção. "Como a maior parte do solo israelense é de um deserto árido, Israel utiliza irrigação por gotejamento e tem se tornado um país exportador de alimentos ao mercado externo, graças aos investimentos em pesquisa e tecnologia", ressaltou.

Para Mourão, o Tocantins precisa desenvolver uma política de estado através de uma ação conjugada entre todos os poderes e a sociedade para se desenvolver.  "Não existe mágica para desenvolver o estado se não colocar a educação como viga mestra do desenvolvimento", sustentou, defendendo a implantação de centros de estudos e sistemas avançados pelo Estado. "A quarta revolução industrial está preocupando o mundo e quem não se adequar irá padecer, nós não teremos mais empregos, teremos trabalho para solucionar problemas", previu.

O parlamentar frisou que o Tocantins merece que seja feita uma política de estado, não uma política de poder. "Isso não traz desenvolvimento sustentável", criticou. Paulo Mourão encerrou a palestra chamando a atenção para a seca de vários rios. Ele mostrou vídeos da seca nos rios Tocantins, Araguaia, rio Matança e o Javaés, onde vários jacarés aparecem mortos ou se debatendo na lama, por falta d´água.

Os comentários in off após a explanação do deputado é de que a palestra foi um verdadeiro "show" de conhecimento. A coordenadora do projeto Inova Gurupi, professora da UnirG Adriana Terra declarou de público que a palestra "foi além do esperado". Ela agradeceu todo o apoio do deputado Paulo Mourão para realização do evento, desde que conheceu o trabalho realizado, e já convidou o parlamentar para proferir palestra na 4ª Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi do ano que vem. "Eu sempre digo que o deputado Paulo Mourão é o embaixador do Inova Gurupi, graças a articulação dele na busca de recursos para o projeto, que o senhor possa vir nos ensinar mais vezes", destacou. Em seguida, Adriana entregou ao parlamentar um certificado de participação como palestrante na da 3ª Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi.

O estudante de Direito da UnirgG, Eldinei Carneiro, saiu da palestra entusiasmado e fez questão de cumprimentar Paulo Mourão. "Queria destacar o conhecimento técnico e de causa do deputado, adequação entre a teoria e a prática", disse o estudante ao ser indagado sobre a palestra. "Para mim o ponto culminante foi o deputado Paulo Mourão defender que o caminho para resolver os problemas do Estado é a educação e concordo com ele", resumiu o estudante.

Já a estudante de Direito, Arlene Macedo considerou a palestra muito proveitosa. "Achei oportuno quando ele falou que tem que inserir a cidadania e a discussão da política na sociedade e a implantação dos centros de estudo e ensino avançados", declarou. Após a palestra, Paulo Mourão recebeu convite de duas professoras do IFTO para proferir duas palestras, uma em Palmas e outra em Araguatins.

A 3ª Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi é articulada pelo governo local e pelo Programa Inova Gurupi, organizada pelo Conselho de Gestores de Instituições de Ensino Superior de Gurupi e da região sul do Estado. É realizada pelo Centro Universitário UnirG, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO) e Universidade Federal do Tocantins (UFT), Sebrae, Sindicato Rural de Gurupi e Secretária do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura do Estado (Seden).


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus