Tuesday, 18 de December de 2018

ESPORTE


Oi

Atletas da Oi concorrem ao Prêmio Brasil Olímpico

15 Mar 2018    13:47
Atletas da Oi concorrem ao Prêmio Brasil Olímpico

A judoca Mayra Aguiar, atleta da equipe Oi/Sogipa, foi indicada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) para a disputa do prêmio de Melhor Atleta feminina do ano de 2017. Ela disputa a premiação com mais duas atletas. A indicação coroa a temporada de 2017 de Mayra Aguiar, que tornou-se a primeira brasileira bicampeã mundial de judô. Além de dois títulos mundiais, ela também tem dois bronzes olímpicos. É a segunda vez que Mayra figura entre as melhores do ano do Prêmio Brasil Olímpico.

Também já está aberta a votação para escolher o “Atleta da Torcida” do Prêmio Brasil Olímpico 2017, onde o COB selecionou dez atletas ou duplas que se destacaram durante a temporada de 2017. Concorrem ao prêmio os atletas da Oi Gabriel Medina (surfe), Letícia Bufoni (skate) e Mayra Aguiar (judô).

O público terá até o próximo dia 28 de março para escolher seu preferido. A cerimônia será realizada na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. A votação pode ser feita através do site do Comitê Olímpico do Brasil – www.cob.org.br/pbo, ou através do Facebook, Twitter ou Instagram.

Atletas Oi:

Mayra Aguiar (judô) - #MayraAguiarPBO

Mayra Aguiar fez história em 2017. O título do Campeonato Mundial, em Budapeste (HUN), no mês de setembro, a consagrou como a brasileira com mais medalhas na competição em todos os tempos. A quinta medalha em Mundiais da carreira da gaúcha de 27 anos veio após vitória sobre a japonesa Mami Umeki na final da categoria meio-pesado (-78kg). O feito ainda a igualou a João Derly como bicampeã mundial. Ela já havia conquistado o ouro em 2014.  O currículo de Mayra traz ainda duas medalhas olímpicas de bronze (Rio 2016 e Londres 2012).

Leticia Bufoni (skate) - #LeticiaBufoniPBO

Por muito pouco Letícia Bufoni não ficou com o título da Liga Mundial de Skate, em 2017, na categoria street. Por apenas um ponto, a brasileira ficou com a medalha de prata na mais importante competição do ano. A final, realizada em Los Angeles (EUA), foi emocionante. Após liderar quase toda a prova, Letícia, que buscava repetir o título de 2015, na primeira edição do torneio, acabou ultrapassada pela americana Lacey Baker e terminou com o vice-campeonato.  Aos 24 anos, Letícia é uma das apostas do Brasil para a estreia da modalidade nos Jogos Olímpicos, em Tóquio 2020.

Gabriel Medina (surf) - #GabrielMedinaPBO

Maior expoente da Brazilian Storm, apelido dado à invasão dos surfistas brasileiros no Circuito Mundial nos últimos anos, Gabriel Medina manteve o alto nível em 2017. Em uma temporada de recuperação, o paulista de Maresias chegou à etapa final no Havaí brigando diretamente pelo segundo título mundial da carreira. Acabou com o vice-campeonato, atrás do havaiano John Jonh Florence. Medina não começou bem ano, mas foi voltando à velha forma no decorrer da competição.  Das últimas seis pernas do torneio, em quatro Medina terminou entre os três primeiros, conquistando as etapas da França e de Portugal.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

72

PARABÉNS!
PARABÉNS!

56

BOM
BOM

85

AMEI!
AMEI!

70

KKKK
KKKK

55

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

63

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

62

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Atletas Oi Premiação

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Fraudes

MPE faz operação por suspeita de fraudes em licitação na prefeitura de Peixe

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, na prefeitura e na casa do presidente da comissão de licitação.


  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira