Wednesday, 24 de April de 2019

ESPORTE


JEJ

Atletas da Palmas Judô Clube buscam medalhas inéditas nos Jogos Escolares em Brasília

17 Nov 2017

Dois atletas da equipe Palmas Judô Clube (PJC) se encontram em Brasília representando o Tocantins e com a missão de conquistar uma medalha inédita, para ambos, nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), isto na categoria 15 a 17 anos. Porém, se o objetivo é o mesmo para eles, a atmosfera que os comporta nesta possibilidade de conquista é bastante distinta: para Héron de Oliveira, ela é a da estreia vitoriosa nesta categoria dos JEJ; já para Matheus Benício, é a da despedida em grande estilo.
 
Aos 16 anos, Héron, que vai disputar os Jogos no peso meio-médio (-73kg), se lesionou no ano passado, atrasando esta estreia, o que ele não acha tão ruim assim. "Este é o meu terceiro ano de Jogos Escolares, sendo o primeiro nesta categoria, e justamente em um ano especial, principalmente pelo preparo que eu alcancei e que nunca tive antes, com uma dedicação maior, uma maturidade maior, realizando um intercâmbio intenso em São Paulo, tudo para aumentar a minha eficiência neste e em outros campeonatos. Eu acredito no meu preparo e no meu esforço não só ao decorrer deste ano, mas desde o início da minha carreira como atleta; afinal, não é o que fiz no último mês ou neste ano que vai fazer a diferença, é o trabalho de toda uma vida neste esporte. Mesmo que surjam dificuldades, eu acredito que terei capacidade para superar isto; esta é parte da ideia do judô: superar dificuldades", ressalta o competidor.
 
Já Matheus, que completou 17 anos, só tem em mente encerrar um ciclo escolar com um pódio, algo pelo qual ele tem treinado muito para alcançar e acredita bastante que pode vir a conquistar. "Este ano é o que mais estou treinando, com três turnos de atividades. De manhã, começo com a musculação; à tarde, faço treinos técnicos e à noite mais treinos técnicos e de luta. Me sinto muito preparado e o que posso prometer é que vou dar o meu máximo a cada combate. Por isto, e sabendo o nível técnico que tenho, principalmente por bons confrontos que já fiz em outras competições fortes, como o Brasileiro Regional, por exemplo, eu sinto que posso subir no pódio dos Jogos Escolares e me despedir com uma medalha, que é o que mais sonho", vislumbra o judoca peso médio (-81kg).
 
Equipe Tocantins

Liderada pelo técnico Heynner Ribeiro, faixa preta de 2º Dan, a equipe completa do Tocantins, que inicia a competição nos JEJ na manhã desta sexta-feira, 17, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, é composta pelos atletas Maria Eduarda Hardman, superligeiro (-40kg) da Cemil/Bombeiros; Karla Vitória Basílio, meio-leve (-48kg) da Guerra/Sesi; Bruna Vitória Silva, leve (-52kg) da Cemil/Bombeiros; Iane Aparecida de Almeida, médio (-63kg) da Guerra/Sesi; Pedro Vitor dos Santos, superligeiro (-50kg) da Cemil/Bombeiros; Héron de Oliveira, meio-médio (-73kg) da PJC; e Matheus Benício, médio (-81kg) da PJC. [Ascom Total / Fotos: Philipe Bastos, Governo do Tocantins]

COMPARTILHE:


Confira também:


Consórcio da Amazônia Legal

Em Consórcio da Amazônia Legal, governador Carlesse propõe atuação conjunta das bancadas em prol dos Estados

Após fala de Carlesse, foi aprovada reunião conjunta com as bancadas e Palmas como sede da próxima reunião do Consórcio


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira