Thursday, 17 de October de 2019

ESPORTE


Transparência

TCU condena ex-prefeito de Barra do Ouro

12 Jun 2008

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito de Barra do Ouro (TO) Nermísio Machado Miranda e a Construtora e Incorporadora Atol ao pagamento de R$ 402.835,52, valor atualizado. Segundo auditoria, as obras de reabertura de 20 Km de estradas vicinais e de reconstrução de 20 metros de ponte de madeira, financiadas com recursos repassados pela extinta Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM), não foram realizadas no município.

Nas alegações de defesa, o ex-prefeito apenas afirmou que as obras foram realizadas, mas em lugares diferentes dos previstos no plano de trabalho. De acordo com o relator do processo, ministro André Luís de Carvalho, os próprios vereadores da cidade já haviam denunciado as irregularidades.

O ex-prefeito e a empresa também deverão pagar multas individuais de R$ 5 mil ao Tesouro Nacional no prazo de 15 dias. Cabe recurso da decisão. Cópia da documentação foi enviada à Procuradoria da República no Tocantins.   

COMPARTILHE:


Confira também:


Divisa de Estados

Governadores Mauro Carlesse e Mauro Mendes destacam aspectos positivos da rodovia Transbananal

Trecho em questão tem cerca de 90 km e corta a Ilha do Bananal, de Formoso do Araguaia (TO) a São Felix (MT).

Saúde

Opera Tocantins realiza quase 70 cirurgias em 10 dias e espera fechar outubro com mais de 150

As cirurgias acontecem em diversas Unidades Hospitalares do Tocantins sempre em horários diferenciado, fora da carga horária ordinária, como sábados, domingos, feriados, dias de ponto facultativo e ou em período noturno/madrugada.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira