Sunday, 29 de March de 2020

ESTADO


Dicas

“Sombra e água fresca”, esta é a dica para enfrentar o tempo seco

29 Jul 2008

Os especialistas são unânimes em orientar certos cuidados ao curtir esta época, especialmente devido ao tempo de exposição ao sol nas praias e clubes do Estado. A hidratação corporal e a reestruturação alimentar são prioridades que os nutricionistas nunca deixam de alertar. Nesta época do ano, não só o ambiente passa por modificações. Não é de espantar-se que nós, seres humanos, também passemos por mudanças fisiológicas que nos permitem uma adaptação a essa nova situação climática. É o que afirma a nutricionista Neyde Macedo, especialista em Saúde Coletiva e Metabolismo. “No verão, sofremos uma perda considerável de água e de nutrientes do corpo. Imaginemos, então, o nosso organismo comparado à foz de um rio que sofre com a evaporação da água nesta época”, pontua.

De acordo com a especialista, o ser humano gasta, em média, cerca de 2 litros de água por dia, podendo aumentar a perda, caso pratique exercícios físicos constantes ou se há exposição a baixas temperaturas sem a umidade necessária no ar.

Ao contrário do que se pensa, não são apenas os sucos, cremes e outras bebidas que hidratam o organismo. Existe água em todos os alimentos, sendo que, em alguns, as concentrações são bastante altas. “É muito importante, tanto para o adulto quanto para a criança, estabelecer uma dieta balanceada rica em vitaminas, carboidratos e bastante água”. Neyde orienta que, para uma boa hidratação, é necessário adicionar um copo de água para cada ingestão normal diária, ou seja, se uma pessoa toma normalmente oito copos de água por dia, nesta época o número de ingestões passa para 16.

Algumas frutas e verduras consumidas nesta época podem contribuir para a circulação de água no organismo, devido à existência de minerais e nutrientes saudáveis. Por exemplo, folhas como alface e o espinafre têm mais de 90% do seu peso dado pela água presente nos seus compartimentos celulares. Outras frutas, como a manga e a melancia, também chegam a ter mais de 90% do seu peso em água. Ao contrário dos alimentos industrializados, como as bolachas, que possuem, em sua maioria, apenas 4% de água. “Portanto nada de biscoitos nesta época”, aconselha a nutricionista ao relacionar os casos de pais que teimam em colocar na lancheira das crianças, alimentos secos, como “o famoso Skiny”, querido pela garotada. Ela alerta ainda para os cuidados que evitam a desidratação em crianças e adultos durante a noite. “Na hora de dormir, basta encher um recipiente de água ou humidificar uma toalha e coloca-los próximos à cama”.

 

10 dicas para curtir a temporada com saúde

O jornal O GIRASSOL, com a ajuda da especialista, preparou 10 dicas pra você curtir a temporada com saúde e sem preocupação. Confira:


01. Substituir alimentos secos e industrializados por frutas e alimentos que contenham água. “Principalmente para as crianças que são as que mais sofrem com a desidratação”

02. Manter locais fechados livres de poeira. Manter a casa limpa diminui a incidência de doenças ligadas ao sistema respiratório.

03. Alimentar-se em pequenas quantidades várias vezes ao dia. “Comer bem não significa comer muito. E, sim, se alimentar, periodicamente, a quantidade de que necessita o corpo durante o dia”.

04. No almoço e no jantar, devem constar refeições leves, que atuem mais rápido na digestão do organismo. “Nesse caso, evita-se o consumo de alimentos gordurosos e massas”.

05. Expor-se ao sol apenas no início da manhã (até as 10h) e/ou no fim da tarde (após as 16h).

06. Diminuir o fluxo de exercícios físicos. “Nesta época, é bom ficar em casa durante a semana e evitar caminhadas longas”.

07. Ingestão periódica de frutas e sucos naturais; principalmente pela manhã e tarde.

08. Conservar os alimentos, principalmente os vegetais e as carnes. Quanto à conservação, é importante que sejam mantidos refrigerados e bem acondicionados em recipientes próprios, já que as altas temperaturas podem acelerar sua degradação, além de favorecer a proliferação de bactérias e fungos.

09. Dê preferência aos alimentos pobres em gordura e prepare as refeições com pouco óleo e sem exceder nos temperos.

10. Uso diário de hidratante corporal e bronzeador com fator de proteção solar - este último se for tomar sol -, tanto em adultos quanto em crianças.

COMPARTILHE:


Confira também:


Quarentena

Com famílias em isolamento, saiba como evitar acidentes domésticos

Ambiente físico é determinante em fatores relacionados a acidentes

Pandemia

Isolamento social estabelecido em Palmas é recomendado para evitar colapso do Sistema de Saúde

Os números deixam claro que o Sistema de Saúde não possui condição de atender a demanda, caso não seja cumprido o isolamento social, uma vez que o crescimento de números de contaminados é exponencial.



Pandemia

Restaurantes comunitários adotam venda de marmitas durante a pandemia da Covid-19

Neste período, não haverá venda de comida para consumo no interior dos dois restaurantes comunitários


Cestas Básicas

Governo envia 5 mil cestas básicas para municípios do Tocantins

Neste final de semana, são atendidos os municípios da região de Araguaína e Arraias; na manhã deste sábado, 28, receberam as cestas básicas os municípios de Arraias, Conceição do Tocantins, Monte Alegre e Combinado


Pandemia

MPTO, MPF e MPT recomendam que prefeito de Araguaína restabeleça norma mais rígida de prevenção da Covid-19

A recomendação é assinada pela 27ª Promotoria de Justiça da Capital, pela 5ª Promotoria de Justiça de Araguaína e por integrantes do MPT e MPF.


Tocantins

Associações e sindicatos lançam campanha com objetivo de comprar EPIs para profissionais da saúde


Cultura

Profissionais das artes cênicas do Tocantins solicitam apoio de órgãos públicos estaduais e municipais


Prevenção

Confira as medidas adotadas pelo Governo do Tocantins que beneficiam a população e empresas durante a pandemia


Tocantins

Povo Karajá preserva a Festa do Hetohoky apesar da pandemia do Covid-19


TRE

Teletrabalho segue até 30 de abril na Justiça Eleitoral do Tocantins


Efeitos da Covid-19

Prefeitura adia prazo de impostos e taxas para minimizar efeitos da Covid-19 na economia local



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira