Tuesday, 25 de September de 2018

Tuesday, 25 de September de 2018

ESTADO


Agricultura

Agosto Verde: Unidades demonstrativas ensinarão na prática o que são tecnologias solidárias do campo

24 Jul 2018    19:09
ASCOM/Divulgação Agosto Verde: Unidades demonstrativas ensinarão na prática o que são tecnologias solidárias do campo Uma das unidades que serão visitadas fica no assentamento São João. Lá foram construídos dois tanques para criação de peixes

Acontece na próxima quarta-feira, 1º de agosto, o lançamento do Agosto Verde, mês em que a Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (Seder), oferece programação variada voltada à discussão e à apresentação das técnicas e conceitos que, agregados ao agronegócio e à agricultura familiar, podem favorecer o homem do campo na Capital.

 

A abertura do Agosto Verde está programada para o dia 1º de agosto, às 8h30, na sede da Seder, localizada na Quadra ASR-SE 125, esquina entre a Avenida NS-10 e LO-27. Este ano o Agosto Verde abordará o conceito de Tecnologia Solidária através de Unidades Demonstrativas (UDs). Uma das unidades que serão visitadas fica no assentamento São João. Lá foram construídos dois tanques de alvenaria de adobe para criação de peixes.

 

A medida mínima sugerida é de 4 metros por 80 centímetros para 10 mil metros cúbicos de água, o que garante a criação de meia tonelada de peixe por ano. “Considerando um consumo médio de 7,5 kg de peixe per capita ao ano, isso vai garantir a segurança alimentar de proteína para uma família de quatro pessoas na propriedade, gerar excedente para comercialização com uma renda média de R$ 4 mil por mês”, mensura o secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Roberto Sahium.

 

Segundo o secretário, a tecnologia empregada neste projeto tem baixo custo.  “A água do tanque, quando trocada, pode substituir ainda o adubo mineral que seria empregado na horta porque se trata de uma água rica em nitrogênio fósforo e potássio. Esse tipo de tecnologia, além de dar um upgrade na propriedade, beneficia outras atividades produtivas e ainda pode ser empregada através de mutirão de produtores formando toda uma cadeia solidária”, detalhou Sahium.

 

Ver para Crer

 

Esse é apenas um dos exemplos que serão demonstrados a produtores rurais e lideranças do campo, em Palmas, sobre tecnologia solidária durante o Agosto Verde. Segundo o secretário Roberto Sahium, estes exemplos serão ensinados com base na premissa do conceito de “Ver para Crer” durante o Agosto Verde para garantir que a demonstração de exemplos práticos e o trabalho de multiplicadores das comunidades rurais garantam o acesso compartilhado de tecnologias baratas e de fácil aplicação para capacitação do homem do campo.

 

O Agosto Verde conta com parcerias da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes), Fundação do Meio Ambiente (FMA), do Instituto Rural do Tocantins (Ruraltins), Secretaria Estadual de Agricultura e Pecuária (Seagro), Federação das Associações e Entidades Rurais do Tocantins (Faerto), Zoofértil, Avifran, Atacadão da Ração, Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

16

PARABÉNS!
PARABÉNS!

14

BOM
BOM

18

AMEI!
AMEI!

16

KKKK
KKKK

14

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

13

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

14

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

agosto verde

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Setembro Amarelo

Fórum de Saúde Mental que aborda Prevenção de Vulnerabilidades e Suicídio acontece nesta sexta, 28

Dhieine ressalta ainda que embora o evento tenha como objetivo a articulação da rede, a mesa redonda sobre “Prevenção de Vulnerabilidades e Suicídio”, que acontece é aberta ao público em geral.


  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira