Thursday, 29 de October de 2020

ESTADO


De R$ 1,50 para R$ 2

Aumento nas tarifas de ônibus em Palmas será de quase 40%

13 May 2009

Em entrevista coletiva na manhã da última segunda-feira, 11, o presidente da Agência de Trânsito, Transporte e Mobilidade do Tocantins – ATTM, Silvio Cunha, anunciou, dentre outras medidas, o aumento da tarifa do transporte coletivo em Palmas, que subirá de R$ 1,50 para R$ 2,10 a partir do dia 24 de maio.

Desde novembro do ano passado, o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Palmas (Seturb) vem tentando a liberação para o aumento nas tarifas. As justificativas para o reajuste seriam o aumento do preço do óleo diesel, a inflação e gastos com folha de pagamento e pneus pelas empresas.

No entanto, o reajuste teria sido negado devido a exigências da prefeitura para que as empresas apresentassem medidas de melhorias na qualidade dos serviços prestados à população. Dentre as principais exigências, estão a aquisição de novos veículos para reduzir a lotação dos ônibus, diminuição no tempo de espera nos pontos de ônibus, extensão de linhas e maior disponibilidade de horários.

Após o cumprimento de tais medidas pelo Seturb, a nova tarifa passa a vigorar a partir do dia 24 de maio, com o valor de R$ 2,10. O presidente da ATTM, Silvio Cunha, explicou que, mesmo com o reajuste, Palmas ainda tem a menor tarifa de transporte coletivo dentre as capitais brasileiras. Silvio também ressaltou que a tarifa não tinha reajuste há quatro anos, tendo inclusive sofrido uma redução de R$ 1,70 para os atuais R$ 1,50. Outro aspecto apontado pelo presidente é que o reajuste tarifário possibilitará às empresas arcarem com as despesas de renovação da frota. "O Seturb atendeu as nossas reivindicações, o que possibilitou chegar a esse reajuste", afirma.

Desde janeiro, o Seturb já implantou 40 medidas para melhorar o transporte coletivo, como o aumento de viagens e ampliação dos horários e das vendas de crédito eletrônico, atendendo assim, parte das exigências da ATTM.

 

Melhorias

Foram adquiridos 26 novos veículos. A frota, que era de 152 passa agora a ter 178 ônibus e, como os veículos adquiridos são novos, também foi reduzida a idade média da frota.

Os veículos adquiridos possuem vários equipamentos para dar maior conforto e segurança aos passageiros, como por exemplo as poltronas especiais para obesos, rampas de acesso a portadores de necessidades especiais e também identificador tático para os portadores de deficiência visual, o que possibilita a identificação dos acentos reservados a eles.

Outra medida anunciada pelo presidente foi o aumento de 65.912 km/mês no sistema, o que vai possibilitar a redução da lotação dos ônibus no horário de pico da manhã e o tempo de espera nas paradas de ônibus. Ao todo, 22 linhas foram beneficiadas com os novos horários, sendo que em algumas o tempo de espera nos abrigos foi reduzido em até 30 minutos.

COMPARTILHE:


Confira também:



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira