Wednesday, 17 de July de 2019

ESTADO


estado

Banhistas e comerciantes são orientados a manter as praias de Palmas limpas

19 Jul 2018    17:32
ASCOM/Divulgação Banhistas e comerciantes são orientados a manter as praias de Palmas limpas

As praias das Arnos, da Graciosa, do Prata e do Caju têm visível aumento de frequentadores no mês de julho. Essa demanda ampliada de visitantes é vista pela Fundação de Meio Ambiente (FMA) de Palmas como uma oportunidade de trabalhar in loco a educação ambiental. Por isso durante todo o mês de julho a Prefeitura de Palmas intensificou as ações educativas de divulgação de programas municipais de educação ambiental e de orientação ao cidadão. Desde a primeira semana de julho, estão sendo realizadas abordagens tanto a comerciantes das praias quanto aos visitantes sobre a importância da preservação destes espaços naturais e ao descarte adequado de lixo.

 

Segundo o diretor de Gestão Ambiental, Marcelo Grison, todas as praias serão visitadas até o fim de julho. “A meta é visitar todos os barraqueiros das praias da Capital alertando-os sobre a importância do descarte adequado de resíduos, especialmente óleo de cozinha. Esse resíduo não pode ser jogado na rede de esgoto e nem no meio ambiente porque gera graves prejuízos à natureza. Todos estão sendo orientados a guardá-lo para que possamos recolhê-lo para reaproveitamento”, adiantou Grison.

 

O óleo usado nas preparações das cozinhas dos estabelecimentos comerciais nas praias serão recolhidos pelo programa Renova Palmas, que destina este resíduo para parceiros que o transformam em sabão líquido ou sabão de barra. Uma dos projetos beneficiados é o Palmas que te Acolhe que abriga indivíduos em vulnerabilidade social e que, com o resíduo doado, produzem sabão que é comercializado para reversão da renda em prol dos beneficiários do programa.

 

Bate-papo

 

O Coleta Palmas, programa dedicado à destinação adequada de resíduos recicláveis, também é outro assunto das abordagens educativas dos barraqueiros, assim como os benefícios climáticos, paisagísticos e ambientais da formação vegetal.

 

Na abordagem aos banhistas, além da apresentação dos programas ambientais, como o Coleta Palmas que estimula a separação e destinação de materiais recicláveis a uma das estações de coleta voluntária do programa, os banhistas também estão sendo alertados para evitar entrada na água com comida e outros resíduos que podem atrair peixes para a área de banho. O que garante para todos também a manutenção da limpeza da praia para os visitantes que ainda estão por vir.

 

Para garantir esse cuidado, segundo a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), todas as praias possuem contêineres de resíduos comuns e lixeiras pequenas de fácil acesso aos frequentadores, além de placas de orientação.

 

“Tanto os comerciantes como os frequentadores das praias devem ter a consciência de usar o recurso natural sem poluir e, para isso, devem cuidar dos resíduos poluentes, como resíduos sólidos e líquidos. Nas praias, os banhistas devem evitar a geração de lixo e, caso ocorra, que descartem em local adequado para não sujar a praia. Já os comerciantes são grandes colaboradores na manutenção de uma praia limpa e agradável, cuidando dos resíduos de alimentos, bebidas, frituras, entre outros, porque assim, sempre que encontrarmos nossas praias limpas e agradáveis teremos mais vontade de voltar”, ressaltou a presidente da FMA, Luciana Cerqueira.

COMPARTILHE:


Confira também:


Alphaville

MPTO atua e empresas são obrigadas a adequar sistema de iluminação de condomínio de Palmas

A sentença que estipula a adequação no sistema de iluminação do condomínio foi proferida pelo juiz Pedro Nelson de Miranda Coutinho, da 3ª Vara Cível de Palmas.

IML

Em apenas 5h, peritos do IML do Tocantins identificam cadáver carbonizado pela arcada dentária

Procedimento realizado na capital identificou corpo de vítima de incêndio na região Sudeste do Tocantins a partir do confronto entre arcada dentária e prontuário odontológico.


TJTO

Juíza determina que o Estado e o município de Palmeirópolis forneçam, em 10 dias, remédio contra hanseníase a paciente

O descumprimento da sentença acarretará em multa diária de R$ 1mil (individualizada em R$ 500,00 para cada uma das partes requeridas - Estado e o Município) e limitada a R$ 30mil


Formação

Unitins traz Viviane Mosé para evento de qualificação de professores

Professora há mais de 30 anos, a palestrante é reconhecida nacionalmente pela atuação na área educacional


Luto

Morre a Auditora Fiscal Elizabeth Leda, aos 73 anos


Norte do TO

Polícia Civil prende mais um suspeito de participar de homicídio de adolescente em Araguaína


Cidades criativas

Quatro cidades do Brasil concorrem a títulos na Unesco


Grupo Record

Portal R7 ganha novas cores em ação dia e noite da Benegrip


Tocantins

Grupos de Ajuda Mútua dão apoio a dependentes químicos e familiares durante e após recuperação


Reforma

Damaso vota por regra de transição diferenciada para professores e policiais



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira