Tuesday, 18 de June de 2019

ESTADO


Educação

Com aprovação do Conselho, Carlesse vai transformar Unirg em universidade

21 Aug 2018    00:24

Um dos principais anseios da comunidade de Gurupi, a transformação do Centro Universitário Unirg em universidade caminha para ser atendido na gestão do governador Mauro Carlesse (PHS). Nesta segunda-feira, 20, durante reunião colegiada, o Conselho Estadual de Educação aprovou, além do recredenciamento da instituição junto ao Sistema Estadual de Ensino, a sua transformação em Universidade Regional de Gurupi – Unirg.

A decisão será encaminhada ao Executivo para que o governador faça a expedição do ato. “Gurupi é o principal polo de ensino superior na região sul e a Unirg tem contribuído muito para formar profissionais em diversas áreas, e também inúmeros pesquisadores. O fortalecimento desta instituição de ensino representa crescimento 
 para toda a região. Estou muito feliz em poder concretizar este sonho de efetivar a transformação”, destacou Mauro Carlesse.

Todos os procedimentos necessários para que a instituição fosse transformada em universidade foram adotados. Ainda no início do mês de julho, uma 
 equipe técnica do Conselho Estadual visitou o Centro Universitário para avaliar a viabilidade, tendo em vista o cumprimento de  critérios baseados em gestão, planejamento, formação, estrutura física e laboratórios.

Com a transformação em universidade, a Unirg passará a gozar do mesmo status de outras instituições, como a 
 Universidade Federal do Tocantins (UFT) e a Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), conquistando mais autonomia em termos de pesquisa e na extensão, dentre outros benefícios.

COMPARTILHE:


Confira também:


Vacinação Antiaftosa

Tocantins discute retirada da vacinação antiaftosa com estados que fazem parte do seu bloco

A previsão é de que a retirada da vacinação contra a enfermidade ocorra em 2021 para todo bloco IV

Drogas

Maconha é a droga mais apreendida no Tocantins, revela estatística

O ranking aponta ainda um crescimento das ocorrências registradas no órgão em relação às apreensões de crack. Enquanto em 2017 foram 319 registros, em 2018, este número subiu para 432.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira