Palmas, 24/01/2018

Estado

eSocial

Desburocratização das informações trabalhistas, a proposta do eSocial

  • Em vigor a partir de janeiro, a nova plataforma digital quer simplificar o envio de informações, mas será rigorosa com os prazos já existentes

Desburocratização das informações trabalhistas, a proposta do eSocial



Criado com o objetivo de desburocratizar a emissão de informações trabalhistas para o Governo Federal, o eSocial finalmente entrou em vigor. Lançado há pouco mais de dois anos, a plataforma online ainda não era obrigatória e as empresas tinham a opção de ingresso para testes, porém, em primeiro de janeiro de 2018, o eSocial passou a ser obrigatório.

A plataforma serve como facilitador para a comunicação de dados entre empresas e o Governo. O espaço vai reunir dados trabalhistas, fiscais e previdenciários. Graças ao eSocial, perde-se a necessidade do preenchimento duplicado de informações, o que sempre demandava tempo e dinheiro do empregador.

Segundo o contador e diretor da Brasil Price, Ronaldo Dias, de Araguaína, o setor da construção civil deve ser um dos mais afetados. "A rotatividade de colaboradores é bastante alta e tem também o perfil diferenciado do trabalhador", explicou Ronaldo.

Ainda de acordo com Ronaldo, o setor das pequenas empresas também será impactado diretamente. "Os pequenos empreendimentos, onde o dono faz tudo, de vendas ao caixa, compras, RH, financeiro e administrativo, poderão ter sérios problemas para cumprir os prazos e ter tempo para acompanhar e repassar todas as informações", completou.

Mudou, mas não mudou

 "Os prazos para o cumprimento das obrigações trabalhistas sempre existiram, mas sempre foram meio que negligenciados por muitos empregadores, porque todo o processo era em papel, daí tinha como trabalhar com datas retroativas", pontua Ronaldo.

Agora, as informações serão em tempo real, não há mais espaço para ações retroativas. O eSocial acabará obrigando as empresas a cumprirem os prazos. Caso contrário, as multas estabelecidas na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) serão efetivamente cumpridas.

"O e-Social facilitou minha vida"

Empresário do segmento de materiais elétricos, Élcio Frazão elogiou o eSocial, pois facilitou a rotina trabalhista da sua empresa. "Como é tudo feito online, acabou a papeleira, o negócio fica mais claro e tranquilo de se trabalhar. Para quem faz tudo de maneira correta e cumpre com todas as obrigações, a plataforma veio para melhorar", explicou.

Os empresários tiveram pouco mais de dois anos para se adequar ao novo sistema, uma oportunidade que Élcio tirou de letra. "Não precisei modificar nada na rotina da minha empresa, o próprio sistema que a gente trabalha já funciona há algum tempo para funcionar com o eSocial", destacou o empresário. 


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus