Thursday, 17 de October de 2019

ESTADO


Adetuc

Fomento ao etnoturismo no território Xerente ganha destaque no aniversário de Tocantínia

08 Oct 2019    17:22    alterado em 08/10 às 17:22
Fomento ao etnoturismo no território Xerente ganha destaque no aniversário de Tocantínia

O município de Tocantínia, a 80 km de Palmas, festejou nesta segunda, 7, os seus 66 anos de emancipação política. Para comemorar a data, a Prefeitura Municipal realiza uma série de atividades que tiveram início com Alvorada com a Banda da Polícia Militar e seguem até a noite, com show das bandas Forró Traçado e Som na Vitrola. O governador Mauro Carlesse esteve representado pelo presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, que acompanhou o início das atividades, incluindo Desfile Cívico e apresentação do Tiro de Guerra 11008, de Miracema.

A programação matutina também contou com a presença da secretária de Educação do Estado, Adriana Aguiar, deputados, o vice-prefeito Nilo Monteiro, vereadores e secretários de Tocantínia. O prefeito Manoel Silvino agradeceu a presença do Estado na festa, por meio dos dois gestores, e elogiou a atuação da Adetuc na nova política de desenvolvimento do turismo e da cultura. Em especial, defendeu a continuidade da parceria entre Governo e Município para o desenvolvimento do etnoturismo na região.

Tom Lyra confirmou o interesse do Governo do Estado em desenvolver um projeto de etnoturismo que atenda às necessidades do povo Xerente, que hoje já corresponde a 70% da população do município e traz consigo um grande potencial cultural para atração de turistas. “O governador Mauro Carlesse está atento a essas características que tornam Tocantínia uma cidade única no Estado, devido a sua população indígena e proximidade com a Capital, Palmas”, lembrou.

O município foi criado em 7 de outubro de 1953 e instalado em 1º de janeiro de 1954. Estima-se uma população de 7,5 mil habitantes. Entre os atrativos turísticos, o município destaca a Praia do Limoeiro, o Balneário Salete e recantos da Piabanha e das Oliveiras, além das aldeias Xerente.


Povo Xerente

Apesar da pouca idade do Estado e do próprio município de Tocantínia, os registros de contatos iniciais com o povo Xerente datam de 250 anos e envolvem muitos momentos de confrontos com os não-índios, em especial posseiros e fazendeiros. Somente em 1972, este povo conquistou sua primeira área demarcada, que foi ampliada para mais 180 mil hectares nos anos de 1990, recebendo o nome de Funil e localizada dentro do município de Tocantínia.

Em 2012, foi aprovado pela Câmara Municipal e Prefeitura de Tocantínia uma Lei tornando a língua indígena Akwé Xerente idioma oficial do município junto com o português.

COMPARTILHE:


Confira também:


Divisa de Estados

Governadores Mauro Carlesse e Mauro Mendes destacam aspectos positivos da rodovia Transbananal

Trecho em questão tem cerca de 90 km e corta a Ilha do Bananal, de Formoso do Araguaia (TO) a São Felix (MT).

Saúde

Opera Tocantins realiza quase 70 cirurgias em 10 dias e espera fechar outubro com mais de 150

As cirurgias acontecem em diversas Unidades Hospitalares do Tocantins sempre em horários diferenciado, fora da carga horária ordinária, como sábados, domingos, feriados, dias de ponto facultativo e ou em período noturno/madrugada.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira