Palmas, 23/01/2018

Estado

Tocantins

Governo dá início a projeto de popularização da ciência e tecnologia no Tocantins

  • O município de Brejinho de Nazaré (a 111 km de Palmas) foi o primeiro a receber a caravana que, nesta primeira ação, contou com a parceria do Centro Universitário Unirg, de Gurupi; e da prefeitura municipal de Brejinho de Nazaré

Jose Neto

Governo dá início a projeto de popularização da ciência e tecnologia no Tocantins



Patrícia Saturno / Governo do Tocantins

Com o propósito de divulgar e popularizar a ciência no Tocantins, o Governo do Estado deu início nesta sexta-feira, 15, ao projeto Caravana  Estadual da Ciência e Tecnologia, promovido pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden). O município de Brejinho de Nazaré (a 111 km de Palmas) foi o primeiro a receber a caravana que, nesta primeira ação, contou com a parceria do Centro Universitário Unirg, de Gurupi; e da prefeitura municipal de Brejinho de Nazaré.

"Nosso propósito é promover acesso à ciência e tecnologia à população. Tenho certeza de que será o primeiro contato que muitas pessoas terão com pesquisas científicas. Já existem vários projetos semelhantes sendo realizados no Brasil e estamos buscando implementar aqui no Tocantins, por meio de parcerias, por considerar que é importante que as pessoas vejam e compreendam o impacto da ciência no seu cotidiano", destacou Virgílio Alencar, diretor de Amparo à Pesquisa e Financiamento Estudantil da Seden.

A proposta é que o projeto chegue a cerca de 40 municípios tocantinenses nos próximos meses. O evento tem como público alvo principal estudantes dos níveis fundamental e médio, porém, como o conhecimento proporcionado pelo projeto abrange toda a sociedade, as atividades da caravana são abertas à comunidade como um todo.

Para demonstrar a aplicação da pesquisa científica no cotidiano, o Centro Universitário Unirg levou para Brejinho de Nazaré o projeto  Ciência e Tecnologia: Mudança Social nas Sociedades Contemporâneas, que envolve estudantes de cinco cursos de graduação com a proposta de levar para a comunidade o conhecimento adquirido ao longo da vida acadêmica. "Aqui em Brejinho de Nazaré trouxemos à sociedade informações no sentido de conscientizá-los da importância da ciência  e da tecnologia na evolução dos produtos industrializados", destacou a pró-reitora de Graduação e Extensão da Unirg, Marcilene Araujo. 

Quem passou pelo Ginásio de Esportes da Escola Municipal Wanda Ferreira da Cunha nesta sexta-feira, teve a oportunidade de compreender a evolução tecnológica que proporcionou o surgimento de diversos produtos consumidos nos dias atuais, como os alimentos diet e light, a melancia sem sementes, o leite sem lactose, assim como o melhoramento genético da cana-de-açúcar, dentre outros.

"Estamos vivenciando evoluções  em diversas áreas, das coisas mais simples as mais tecnológicas. O projeto em si é maior, não precisa ficar só nos alimentos ou na área da saúde. Pode ir, por exemplo, para a tecnologia, como a internet. São coisas que a gente vai vivendo mas nem sempre a população enxerga. E esse projeto veio para mostrar a importância desse desenvolvimento", reforçou  a coordenadora do projeto, professora Marise Suzuki.

Para o secretário municipal de Educação, Cultura,  Juventude e Desporto de Brejinho de Nazaré, Raimundo Paixão  Lopes dos Santos, a parceria firmada com o Governo para realização da Caravana da Ciência e Tecnologia no município vem ao encontro de uma demanda da comunidade local e deve fortalecer projetos neste setor. "O que foi trazido são elementos fundamentais para o crescimento educacional, tecnológico e científico. Nós precisamos muito  dessas parcerias", destacou. 

Ainda conforme o secretário municipal, hoje Brejinho de Nazaré  conta com um Centro de Vocação e Tecnologia, que oferta cursos; e a escola Wanda Ferreira da Cunha realiza anualmente uma Feira de Ciências. "Como agora está sendo dado esse primeiro passo, juntamente com a Seden e universidade, eu acredito que para o próximo ano possamos somar forças para realizar esta feira com mais atrativos e inovação tecnológica", considerou.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus