Sunday, 22 de September de 2019

ESTADO


Tocantins

Justiça condena assaltante dos Correios a 16 anos de reclusão; Medida é consequência de denúncia oferecida pelo MPF

13 Jul 2009

A Justiça Federal no Tocantins condenou Cosme Damião Alves a 16 anos e cinco meses de reclusão e pagamento de 121,5 dias multa pelo roubo ao destacamento da Polícia Militar e à agência dos Correios da cidade de Taipas, com regime inicial fechado para cumprimento da pena. Como reparação de danos, ele deve ressarcir ao Estado do Tocantins o valor de R$ 1000, relativos a uma pistola PT 100 e cartuchos, roubados da corporação da PM e não recuperados, além de R$ 17.300,00 aos Correios. Cosme foi absolvido das acusações de formação de quadrilha e roubo de R$ 4.000,00 a um policial militar.

A denúncia do Ministério Público Federal no Tocantins oferecida ao Judiciário aponta que Cosme e outros indivíduos teriam se associadoe para a prática de roubos, e no dia 13 de maio de 2007, sob ameaça de arma de fogo, eles teriam invadido a corporação da Polícia Militar na cidade e renderam os policiais, para o que também utilizaram o sonífero clonazepam. "Dali subtraíram armas e vestimentas, que foram utilizados para constranger os funcionários da agência dos Correios, desativar o alarme e realizar o roubo de R$ 17.300,00", diz o MPF.

Cosme está preso no Distrito Federal cumprindo pena por outro roubo. A Vara de Execuções Penais da Justiça do Distrito Federal já negou vários pedidos de revogação de prisão preventiva a Cosme, que também já teve habeas corpus negado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. A Seção Judiciária no Tocantins também determinou que Cosme não poderá recorrer em liberdade da condenação pelo roubo em Taipas.

COMPARTILHE:


Confira também:


Política

Reforma da Previdência pode ser votada em 1º turno nesta terça-feira

Na primeira passagem da reforma pela CCJ, o relator da PEC, Tasso Jereissati (PSDB-CE), leu e submeteu seu parecer à comissão, que foi aprovado por 18 votos a 7 e levado ao plenário.

Assembleia

Deputados debatem novo projeto do marco regulatório do saneamento básico

A audiência contou também com a presença de Juliana Marques, presidente da Agência Tocantinense de Regulação (ATR), e Thadeu Pinto, presidente da BRK.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira