Friday, 21 de September de 2018

Friday, 21 de September de 2018

ESTADO


Interior

Justiça Federal determina o bloqueio de bens do Prefeito de Ipueiras

30 Apr 2018    22:17    alterado em 30/04 às 22:17
Divulgação Justiça Federal determina o bloqueio de bens do Prefeito de Ipueiras Atendendo a pedido do Ministério Público Federal (MPF), a Justiça Federal determinou a indisponibilidade de bens do prefeito de Ipueiras/TO, Caio Augusto Siqueira de Abreu Ribeiro, devido a indícios de desvio de recursos públicos federais repassados pelo F

Atendendo a pedido do Ministério Público Federal (MPF), a Justiça Federal determinou a indisponibilidade de bens do prefeito de Ipueiras/TO, Caio Augusto Siqueira de Abreu Ribeiro, devido a indícios de desvio de recursos públicos federais repassados pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) ao município para a construção de uma Escola de Educação Infantil, durante o mandato 2009-2012.

Além do prefeito, integravam o esquema de corrupção o então secretário de finanças, Antônio Alves Martins Alves Filho, os empresários Hugo da Rocha Silva e Weder Márcio da Silva Santos, controladores da HW Construtora LTDA, e os engenheiros Valdeci Elvis Correa e Antônio Belo da Silva.

A decisão foi proferida em ação de improbidade administrativa ajuizada pelo MPF contra os envolvidos, e tem como objetivo garantir eventual ressarcimento dos cofres públicos e pagamento de multas civis em razão de atos de improbidade administrativa praticados pelos envolvidos.

O MPF identificou que a empresa HW Construtora Ltda foi escolhida mediante licitação fraudada, e além de ser constituída em nome de “laranjas”, não possuía capacidade operacional para a execução de obras públicas.

Também foi constatado pagamento superior à obra executada. Apenas 22,14% foram executados, mas 48,89% do total foram pagos. Além disso, foram encontrados na construção erros de engenharia insanáveis, que demandariam, para sua correção, a demolição de tudo que já foi executado e o reinício das obras.

Em razão dos indícios apresentados, e com o objetivo de resguardar o resultado de eventual condenação, a Justiça Federal determinou o bloqueio de bens e valores dos requeridos até o limite de R$ 857.898,93 (oitocentos e cinquenta e sete mil, oitocentos e noventa e oito reais e noventa e três centavos).

Deste montante, R$571.932,62 atingem cada um dos requeridos, individualmente, e visam garantir o pagamento de eventual multa civil. Os outros R$ 285.966,31 correspondem ao valor do prejuízo aos cofres públicos, e devem ser arcados conjuntamente pelos envolvidos.

Na decisão, a Justiça Federal registrou o descaso dos envolvidos na condução da máquina pública em setor de especial importância para o desenvolvimento da sociedade, que é a educação básica e infantil.

O MPF pede na ação de improbidade que sejam aplicadas aos réus as sanções do art. 12, II e III, da Lei de Improbidade Administrativa (Lei nº 8.429/92). Nesse caso, as penas incluem perda da função pública (se houver) e dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio; ressarcimento ao erário; suspensão dos direitos políticos; pagamento de multa civil; proibição de contratar com o poder público e dele receber benefícios.

Cabe recurso em face da decisão que decretou a indisponibilidade.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

54

PARABÉNS!
PARABÉNS!

45

BOM
BOM

45

AMEI!
AMEI!

52

KKKK
KKKK

41

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

47

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

41

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Corrupção Tocantins Dinheiro Justiça

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


SEMANA NACIONAL

Tocantins reduz óbitos de pedestres e ciclistas no trânsito

Ações integradas de prevenção de acidentes no trânsito salvam vidas de pedestres e ciclistas no estado. Redução foi de 26% e 56%, respectivamente

Saúde

MPE obtém decisão judicial acerca de acúmulo de lixo no Hospital Regional de Araguaína

Segundo a Promotora de Justiça Araína Cesárea Ferreira Santos D’Alessandro, manter o ambiente hospitalar limpo e livre de contaminação de qualquer espécie é uma obrigação do Estado



Pecuária

Seagro oportuniza discussão sobre caprinocultura do leite em palestras na Expopalmas

A diretora reforçou que todo processo de pecuária é preciso que seja acompanhado por um técnico, seja médico veterinário, zootecnista ou engenheiro agrônomo.


Pesquisa Fieto

Pesquisa Fieto/Vetor indica vitória de Carlesse no primeiro turno

A segunda rodada da pesquisa Fieto/Vetor foi divulgada nesta sexta-feira, 21. O intervalo de confiança é de 95% e margem de erro máximo estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.


Polícia Fazendária

Estado terá Batalhão da Polícia Militar Fazendária

A criação do Batalhão da Polícia Militar Fazendária atende também a uma antiga reivindicação dos servidores do Fisco.


Saúde

Instalação da máquina de radioterapia de Araguaína deve ser concluída em 90 dias


Esporte

Meia Maratona do Tocantins será realizada dia 1º dezembro com premiação de mais de R$ 55 mil


Ocorrência

Polícia Civil prende suspeito por tráfico de drogas no Extremo Norte do Estado


Infância

Candidatos ao governo do Tocantins são convidados a assumir compromisso com a infância: César Simoni é o primeiro


Investimentos

Obras do Fórum de Araguaína e de entupimento da “cratera” da TO-222 em Araguaína são vistoriadas


Carlesse

Multidão recepciona Carlesse e reunião vira grande caminhada em Gurupi



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira