Palmas, 17/01/2018

Estado

Brejinho de Nazaré

Marcelo Miranda inaugura obras em Brejinho e autoriza estudos para restaurações de rodovias no Estado

  • Ao todo, foram realizadas 18 obras, sendo três pontes pré-moldadas de concreto, sete bueiros celulares e oito bueiros celulares de concreto

Frederick Borges

Marcelo Miranda inaugura obras em Brejinho e autoriza estudos para restaurações de rodovias no Estado



Jarbas Coutinho/Governo do Tocantins

Por meio do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (Pdris), modalidade vicinal, financiado pelo Banco Mundial (Bird), o governador Marcelo Miranda inaugurou, na manhã desta segunda-feira, 11, pontes, bueiros, galerias e outras melhorias em estradas vicinais de Brejinho de Nazaré. Também assinou Ordem de Serviço para execução de projetos da 2ª etapa do Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (Crema), que prevê a recuperação de mais 1.382 km de rodovias pavimentadas em todo o Estado.

O governador destacou a vocação do Tocantins para o agronegócio e a importância desses investimentos para construir uma malha rodoviária de qualidade em todo o Estado. "Estamos inaugurando obras rodoviárias não apenas em Brejinho, mas em todas as regiões do Estado e já autorizamos a elaboração dos projetos de engenharia para recuperarmos mais de 1.300 km de rodovias, dos quais 226 km envolvem trechos nesta região", pontuou, lembrando que, com rodovias e estradas vicinais de qualidade, desonera o custo de produção, atrai investimentos e aquece a economia.

Para a prefeita de Brejinho de Nazaré, Miyuki Hyashida, essas melhorias nas estradas vicinais representam condições para escoamento da produção. "Essas pontes são fundamentais para a cadeia produtiva do nosso município", apontou a gestora.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos, Sérgio Leão, afirma que a expectativa é de que, no máximo em 60 dias, esses projetos sejam concluídos.  "Tão logo sejam concluídos esses estudos, faremos a licitação para iniciarmos as obras", informou Sérgio Leão.

Pdris

As obras do Pdris vicinais em Brejinho de Nazaré permitiram melhorias em mais de 40 km de estradas, proporcionando condições de trafegabilidade e de escoamento da produção local e dos municípios circunvizinhos.

Ao todo, foram realizadas 18 obras, sendo três pontes pré-moldadas de concreto, sete bueiros celulares e oito bueiros celulares de concreto, com um investimento de R$ 1.349.927,36. Além de Brejinho, serão inauguradas melhorias em estradas vicinais dos municípios vizinhos, a exemplo de Crixás do Tocantins, Santa Rita, Fátima e Ipueiras.

Crema

As obras rodoviárias em andamento em todo o Estado fazem parte da política do Governo de dotar o Estado de rodovias e estradas vicinais em boas condições. A partir da efetivação da 2ª etapa do Crema, por meio do Pdris, que será licitado tão logo sejam concluídos os projetos, será possível alcançar algo em torno de 3.000 mil quilômetros de rodovias em excelentes condições de tráfego no Estado.

Para a otimização dos trabalhos, os lotes serão divididos de acordo com as Residências Rodoviárias da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto). A região em que está inserido o município de Brejinho será beneficiada com a restauração de 226 km de rodovias envolvendo os trechos das TO-070, entre o distrito de Pinheirópolis (Porto Nacional) a Aliança do Tocantins (96 Km); TO- 255, entre Ponte Alta do Tocantins e Monte do Carmo (90 Km); e TO-255, trecho que compreende as cidades de Monte do Carmo e Porto Nacional (40 Km).

O empresário Paulo Gontijo, da Strata Engenharia, empresa responsável pela execução do projeto de engenharia, explicou que o trabalho consiste em avaliar a necessidade de cada estrada. "São equipamentos muito avançados, que permitem avaliar o pavimento como um todo. É uma responsabilidade muito grande porque um projeto bem elaborado representa segurança para o empreiteiro fazer a obra", pontuou.

A solenidade foi prestigiada por deputados estaduais, federais, secretários e prefeitos de cidades circunvizinhas.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus