Tuesday, 18 de September de 2018

Tuesday, 18 de September de 2018

ESTADO


Luzimangues

Moradores de Luzimangues cobram infraestrutura básica à Prefeitura de Porto

29 Mar 2018    01:28

Indignados com o abandono por parte da Prefeitura de Porto Nacional, moradores protocolaram ofício ao Secretário Municipal da Fazenda, Iomar Teixeira de Souza, solicitando o valor da arrecadação gerada por Luzimangues e a destinação da receita, ainda no dia 1° de março. Eles reclamam da falta de pavimentação e excesso de buracos nas ruas, acúmulo de lixo, mato alto, falta de iluminação, água tratada e segurança.

O sargento militar Wadson Santos, mentor do ofício, cobra explicações da prefeitura, já que, segundo ele, o IPTU cobrado tem sido “exorbitante”. “A prefeitura não tem condições de manter o distrito. Não temos banco, segurança, infraestrutura. O posto de saúde não dá conta da demanda”, protestou.

Atualmente, existem somente duas viaturas que são responsáveis pela patrulha do distrito e, devido a ampla extensão territorial, limita a atuação eficaz e plena da Polícia Militar e Civil, fator que aumenta ainda mais o número de assaltos na região. Além disso, com o crescimento populacional de Luzimangues, o posto de saúde não consegue suprir à quantidade de demandas oriundas dos moradores e, recentemente, foi constatado por eles a falta de vacinas básicas.

Problemas como a aglomeração de lixo nas ruas são recorrentes, pois a região não possui um aterro sanitário para descarte dos resíduos, contribuindo desta forma para o aparecimento de insetos indesejáveis, como baratas. “Com o decorrer do tempo Luzimangues tem crescido muito, porém o governo municipal não consegue acompanhar esse crescimento e oferecer o mesmo gerenciamento dado a Porto Nacional. Existem escolas e somente um posto de saúde, mas a administração do poder público não possibilita um desenvolvimento satisfatório e eficaz para o distrito”, ressalta a Presidente da Associação Amor do Lago, Nassa Elida.   

“Meu filho está na lista de espera desde de janeiro e já está na idade de começar sua educação escolar, além de querer muito frequentar a escola. A situação é bastante complicada, não só para mim como para todos os moradores que precisam encaminhar seus filhos ao colégio”, aponta a secretária do lar, Sandra Freitas Nasser.

“Os pais, principalmente de crianças entre 4 e 5 anos, encontram uma dificuldade muito grande em conseguir vaga para seus filhos nas instituições de ensino do distrito. As filas de espera são longas, ficando várias crianças fora da escola. O fato de Luzimangues não possuir nenhuma creche também prejudica muito os moradores que precisam desempenhar suas atividades de trabalho e não têm lugar para deixar seus filhos”, complementa a presidente.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

26

PARABÉNS!
PARABÉNS!

29

BOM
BOM

30

AMEI!
AMEI!

32

KKKK
KKKK

31

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

27

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

29

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Porto Nacional Luzimangues

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Radioterapia

Estado começa instalação da máquina de radioterapia de Araguaína

Após a instalação, o Estado solicitará vistoria da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) para liberação do serviço.

Declaração Polêmica

Kátia Abreu comenta declaração polêmica de vice de Bolsonaro

“De onde saiu esse homem meu Deus do céu. Criei 3 filhos sozinha como milhares de mulheres de mulheres no Brasil”, indaga Kátia.



Trânsito

Número de vítimas fatais reduz em 20% comparado a 2015

Em Palmas, a proporção de veículo é de 0,62 para cada habitante.


Propagando Irregular

A Justiça Eleitoral suspendeu nesta terça-feira, 18, mais uma propaganda irregular do candidato Carlos Amastha (PSB). De novo, o ex-prefeito de Palmas “invadiu” o horário eleitoral

Esta é a quinta vez, nestas eleições, que a Justiça Eleitoral suspende propaganda irregular de Amastha, a segunda por “invasão” do tempo de TV destinado aos candidatos a deputado estadual de sua coligação.


Carlesse

Amastha tenta confundir população mostrando caso da gestão de Marcelo Miranda em seu programa

No programa eleitoral, Amastha utiliza o depoimento da mãe da criança, Fabiana Evangelista Ferreira, para jogar a culpa do ocorrido no recém-eleito Governador do Tocantins, Mauro Carlesse (PHS), que na época do ocorrido era deputado estadual.


Campanha

No desespero, Amastha usa hospitais municipais para criticar Carlesse e tem propaganda suspensa pela Justiça


Irrigação

Carlesse fortalece projetos de irrigação São João e Manuel Alves com investimentos de mais de R$ 12 milhões


Educação

Bernadete é a segunda candidata ao governo do Tocantins a firmar compromisso com a educação


Jalapão

Carlesse garante que vai melhorar qualidade de vida no Jalapão com infraestrutura e fortalecimento da cultura e do turismo


Ponto de vista

O necessário tempo para as relações


Consumidor

Núcleo do Procon de Paraíso do Tocantins é aberto com estrutura moderna



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira