Tuesday, 22 de October de 2019

ESTADO


Araguaína

Pastoral da Saúde é destaque no trabalho de humanização com portadores de câncer

06 Aug 2008

A importância da humanização e do voluntariado na ajuda aos pacientes com câncer pode ainda não ter sido reconhecida por grande parte dos brasileiros. Muitos ainda não são totalmente solidários nem adotam uma postura mais humanizada quando o assunto é ajudar os pacientes na recuperação de sua patologia.

Em Araguaína, a Pastoral da Saúde, que mantém núcleo no Hospital de Referência (HRA) vem ampliando cada vez mais sua atuação no sentido de confortar o tratamento dos tantos pacientes que são diagnosticados com a doença, oferecendo para estes um trabalho solidário e mais humanizado.

A coordenadora da Pastoral da Saúde, Ângela Dantas, informa que a entidade existe há sete anos sendo mantida pela Igreja Católica. No início, diz ela, “eram previstos apenas trabalhos espirituais e após a constatação da necessidade de muitos, o trabalho foi ampliado e focado nas famílias mais carentes”.

Para a coordenadora, o trabalho foi estendido devido às famílias que chegam de outras localidades e que não possuem recursos. “Presenciamos a carência das famílias que vem de longe e daqueles que sequer possuem família”, relatou.

Foi a partir de tais constatações que a Pastoral resolveu buscar no voluntariado o trabalho necessário para conseguir o benefício aos doentes com câncer. Segundo a coordenadora, este trabalho inclui a entrega de Kits e acompanhamento de psicólogo, o que favoreceu o crescimento do benefício mantido por doações de empresários e pessoas voluntárias que fazem contribuições e preferem ficar anônimas.

Beneficiados, os pacientes comemoram o recebimento dos donativos com alegria. Dona Maria de Fátima Alves, uma das pacientes cadastradas, recebeu no mês passado uma cesta básica através de ação da Pastoral da Saúde. Para a paciente o benefício veio em boa hora, pois aliviou a situação difícil em que se encontrava a família. “Fico feliz em saber que posso contar com essa ajuda que veio melhorar a situação”, agradeceu.

Segundo a coordenação da Pastoral da Saúde, a entrega de cestas básicas é realizada mensalmente após avaliação da situação sócio-econômica de cada paciente. “O objetivo é amenizar o sofrimento das famílias dos pacientes que passam por dificuldades financeiras”, ressaltou.

De acordo com o HRA atualmente 85 pacientes realizam tratamento no Centro de Radioterapia. Destes, 30 moram em Araguaína e os demais pacientes são de outros estados e municípios. O tratamento dura em média três meses com a realização de 40 sessões de radioterapia.

Na semana passada a Câmara Municipal aprovou projeto de Lei que considera de utilidade pública municipal o trabalho desenvolvido pela Associação de Voluntários e Amigos dos Portadores de Câncer em Araguaína. A entidade funciona na sede do Hospital de Referência e realiza atividades junto a Pastoral da Saúde para os pacientes com Câncer.

COMPARTILHE:


Confira também:


Refis Palmas

Prefeitura estende mutirão de renegociação fiscal até 30 de novembro

Atendimentos serão realizados nas Unidades do Resolve Palmas

Economia

Governador destaca mineração como fator de desenvolvimento econômico e geração de empregos

Declaração do Chefe do Executivo ocorreu durante leilão da jazida de minério de Palmeirópolis, nesta segunda-feira, 21, no Rio de Janeiro. Expectativa é que dois mil empregos sejam gerados com a instalação no empreendimento




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira