Palmas, 20/11/2017

Estado

Polícia Civil

Polícia Civil prende suspeito de praticar vários crimes no norte do Estado

  • Conforme o delegado Bruno Monteiro Baeza, após algumas semanas de investigação, os policiais civis descobriram que o investigado possui envolvimento em roubos de motocicletas e assalto, mediante uso de arma de fogo

Dennis Tavares

Polícia Civil prende suspeito de praticar vários crimes no norte do Estado



Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins
 
A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (Derfrva) de Araguaína, efetuou, na tarde desta terça-feira, 12, a prisão de Ilton da Silva Borges, Vulgo, "Boi na Brasa", 22 anos.
 
Ele é suspeito, em tese, pela prática de crimes de roubos de veículos e assaltos à mão armada. Ilton da Silva foi capturado mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva, quando se encontrava no bairro São Miguel, em Araguaína.
 
Conforme o delegado Bruno Monteiro Baeza, após algumas semanas de investigação, os policiais civis descobriram que o investigado possui envolvimento em roubos de motocicletas e assalto, mediante uso de arma de fogo. Em alguns casos, chegou a ser pego portando arma de fogo de fabricação caseira.
 
"Diante das evidências, representamos, junto ao Poder Judiciário, pela prisão preventiva de Ilton e, tão logo o mandado foi expedido pela 1ª Vara Criminal de Araguaína, diligenciamos e cumprimos a ordem judicial, o mais rapidamente possível", ressaltou o delegado Bruno Baeza.
 
De acordo com a Polícia Civil, vítimas o reconheceram, através de fotografias, e relataram que o indivíduo é extremamente agressivo e sempre usava muita violência no momento em que cometia os crimes.
 
Ação que resultou na prisão de Ilton Borges contou com o apoio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais de Araguaína (Deic/Norte) e 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC).
 
Após os procedimentos legais cabíveis, Ilton Borges da Silva foi recolhido à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.


Confira também


Comentários

comments powered by Disqus