Thursday, 21 de November de 2019

ESTADO


Meio Ambiente

Proteção Animal Mundial aborda sofrimento de animais silvestres mantidos como pets

18 Oct 2019    16:09    alterado em 18/10 às 16:09
Proteção Animal Mundial aborda sofrimento de animais silvestres mantidos como pets

O sofrimento de milhares de animais silvestres que são traficados e comercializados como bichos de estimação é o tema da instalação sensorial promovida pela Proteção Animal Mundial, organização não-governamental com foco no bem-estar animal, durante a Virada Sustentável Rio de Janeiro 2019. Intitulada “Encaixotados: você consegue sobreviver?”, a experiência foca na crueldade enfrentada pelos animais desde a captura na natureza, até o cativeiro em residências. Parte da campanha “Animal silvestre não é pet” e realizada com o apoio do grupo Escoteiros do Brasil, a atividade tem visitação gratuita no sábado (19 de outubro) e no domingo (20), entre 10h e 18h, na Praça do Arpoador, Ipanema.

Inspirada em uma caixa de papelão – uma das principais maneiras de transportar animais silvestres traficados, a instalação mistura elementos sensoriais com dados e informações de pesquisas e reportagens, para sensibilizar os participantes sobre o impacto do tráfico e do comércio ilegal para a vida silvestre. “Nossa intenção é mostrar o quanto esses animais sofrem, seja por conta do tráfico, seja pelo cativeiro nos lares das pessoas. Há uma falsa crença que os animais silvestres são felizes quando são tratados como pets, porém, essas espécies não passaram pelo processo de domesticação como, por exemplo, cães e gatos”, explica Roberto Vieto, gerente de Vida Silvestre da Proteção Animal Mundial.

Ao entrar na caixa-instalação, os participantes irão descobrir, por exemplo, que as aves são os animais silvestres mais traficados no Brasil, principalmente passarinhos e aves canoras, seguido por psitacídeos, como araras, papagaios e periquitos. Segundo o relatório “Crueldade à Venda”, produzido pela Proteção Animal Mundial, mais de 37 milhões de aves são criadas em domicílios brasileiros. “Legalizado ou não, o comércio de animais silvestres como bichos de estimação é uma prática cruel. Mesmo com cuidado e carinho, é impossível satisfazer as necessidades de bem-estar desses animais e permitir a expressão de seus comportamentos naturais quando mantidos como pets”, afirma Vieto.

Com a atividade, a organização também espera desestimular o comércio de animais silvestres. “As pessoas possuem uma falsa expectativa ao comprar um animal silvestre como pet, o que compromete o seu bem-estar e gera sofrimento ao animal. Os esforços para proteger a fauna silvestre devem ser concentrados na preservação dos animais em seu habitat natural, os cuidados com a natureza e a promoção de uma cultura de respeito pelos animais silvestres”, afirma Vieto, citando que, segundo a pesquisa da Proteção Animal Mundial, 46% dos brasileiros compram animais silvestres de maneira impulsiva, influenciados por família e amigos (39%) e também pelas mídias sociais - conteúdos do Youtube, por exemplo, foram citados como fonte de influência por 23% dos compradores

 

Serviço:

Encaixotados: Você consegue sobreviver?

Local: Praça do Arpoador - Ipanema

Data: Sábado, 19, e Domingo, 20 de outubro

Horário: Das 10h às 18h

Entrada gratuita

 

Sobre a Proteção Animal Mundial (World Animal Protection)

A Proteção Animal Mundial move o mundo para proteger os animais por mais de 50 anos. A organização trabalha para melhorar o bem-estar dos animais e evitar seu sofrimento. As atividades da organização incluem trabalhar com empresas para garantir altos padrões de bem-estar para os animais sob seus cuidados; trabalhar com governos e outras partes interessadas para impedir que animais silvestres sejam cruelmente negociados, presos ou mortos; e salvar as vidas dos animais e os meios de subsistência das pessoas que dependem deles em situações de desastre. A organização influencia os tomadores de decisão a colocar os animais na agenda global e inspira as pessoas a mudarem a vida dos animais para melhor. Para mais informações acesse: www.protecaoanimalmundial.org.br.

COMPARTILHE:


Confira também:


Unale

Deputados discutem humanização das leis em encontro da Unale

Com o tema principal "Humanizando as Leis em um Novo Tempo", o evento está recebendo 13 dos 24 deputados estaduais do Tocantins.

Serviço

Cia de Teatro UMPONTODOIS realiza seleção para ator convidado

Ator selecionado irá compor o elenco do novo espetáculo, que estreará em março de 2020.


Paralimpíadas

Atleta do Tocantins é premiada durante cerimônia de abertura das Paralimpíadas Escolares 2019

Maria Eduarda Araújo ficou em segundo lugar pela região Norte, no Concurso Cultural promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro


Serviço

TIM busca parceiros para abertura de lojas em três cidades do Tocantins

A TIM oferece ao investidor apoio para sua gestão com orientação para o projeto arquitetônico que a marca possui para suas lojas, incluindo mobiliário e identidade visual.


Pierre de Freitas

Memorial Coluna Prestes recebe exposição de obras do artista Pierre de Freitas


Mobilização

Força tarefa se mobiliza em prol de indígenas venezuelanos refugiados em Palmas


Segurança

Carlesse busca mais recursos para Segurança Pública em audiência com ministro Moro


Vestibular Unitins

Estão abertas as inscrições para primeiro vestibular do novo Câmpus da Unitins em Paraíso


Museu

Palacinho é reaberto e ex-governador Siqueira Campos homenageado


Sarampo

Segunda etapa de vacinação contra o sarampo segue até dia 30 de novembro



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira