Monday, 10 de December de 2018

ESTADO


Turismo de Negócios

Uma fronteira em expansão chamada Luzimangues

18 Aug 2018    22:12    alterado em 18/08 às 22:12
Uma fronteira em expansão chamada Luzimangues

Por Rafael Rápres
Redes sociais: @rapres
Telefone: +55(63) 9 8117-1300


Com a execução de obras para criação da capital do estado do Tocantins, muitos entusiastas e profissionais de diversas partes do Brasil, observaram na localidade a chance para crescimento, e assim segmentos nos ramos de produtos e serviços começaram a estabelecer na cidade de Palmas. Estes colaboradores são comumente chamados de “Pioneiros”.

Classificados como “Pioneiros” justamente pela capacidade de inovar, criar oportunidades e enxergar possibilidades mesmo tendo que correr riscos financeiros, pois a cidade ainda era um grande campo de obras, e com poucas alternativas comerciais. Na atualidade, Palmas já é uma cidade moderna, com infraestrutura e boa qualidade de vida.

O mercado é diversificado, somado ao empreendedorismo local que busca sempre novas tendências para a região. E neste reflexo de oportunidade um lugar chama a atenção dos palmenses e investidores, não muito longe da capital, e fronteira geográfica - os oito quilômetros do lago que a rodeia. Luzimangues é um epicentro social que vem crescendo acima da média das cidades do estado.

O Distrito de Luzimangues faz parte do município de Porto Nacional distante sessenta quilômetros da sede, e vem atraindo infraestrutura aos seus arredores como o investimento federal do Pátio Multimodal da Ferrovia Norte-sul, além do crescente comércio varejista.

Luzimangues está crescendo em ritmo interessante junto com as obras residenciais, o que é visível em suas expansões, algo que se assemelha a cidades planejadas, pois todo empreendimento para residência e comércio é construído a partir de planejamento e entregue com infraestrutura energética, asfáltica e hídrica.

Alguns projetos chamam a atenção, igualmente o primeiro Resort do estado do Tocantins, às margens do lago da Hidroelétrica Luiz Eduardo Magalhães e o projeto ambicioso da “Smatcity”, um tipo de cidade projetada para ser equipada com tecnologia de ponta nas áreas de mobilidade, segurança e saúde. A localização do projeto fica distante doze quilômetros do porto seco da ferrovia. Ainda em fase de planejamento, o projeto é de origem chinesa.

Com tanto investimento os moradores buscam forças políticas para a independência de Porto Nacional, e caso o Distrito seja emancipado, será sobressalente na arrecadação de impostos, fruto das já estabelecidas pelas gigantes do ramo de combustíveis, que operam na distribuição para os estados da região norte e nordeste além das empresas do ramo do agronegócio e sementes.

O empreendedorismo não tem se barrado aos trâmites distritais, e sim mesclado aos pioneirismo dos comerciantes, alavancado assim interesses diversos, o que corrobora para desenvolvimento, gerando renda, além dos novos postos de trabalho.

Portanto Palmas tende a ganhar mais representatividade, uma zona industrial nas proximidades pode enfim colocar a regional no mapa brasileiro das zonas industriais, influenciando pessoas na migração e aporte financeiro com impacto de milhares de empregos diretos. Todo pioneirismo é mais uma soma à história do estado tocantinense.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

35

PARABÉNS!
PARABÉNS!

36

BOM
BOM

35

AMEI!
AMEI!

28

KKKK
KKKK

30

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

21

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

29

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Rapres Turismo Tocantins Palmas Jalapão Luzimangues

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Rio dos Bois

Vice-governador Wanderlei Barbosa participa de solenidade de entrega de obras no interior do Tocantins

Durante a cerimônia, foi inaugurado no Setor Ayrton Senna, uma Feira Coberta, urbanização e área de lazer, quadra de futebol e vôlei de areia, bueiro duplo na Fazenda Britânia, mata-burros e entrega de veículos.

Educação

MEC libera R$ 5,7 milhões para instituições federais vinculadas no estado do Tocantins

Com o repasse desta semana, o MEC mantém em 100% a liberação de recursos financeiros das despesas liquidadas de obras, equipamentos, serviços e outras despesas de funcionamento.


Reconhecimento

Projetos de promotores que ajudaram a transformar a realidade social são premiados pelo MPE

O Procurador-Geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, destacou que os projetos premiados não demandaram recursos adicionais da instituição


Tocantins

Atendimentos em saúde nas próprias unidades penais geram vantagens para os municípios e para o Sispen

O diretor de Políticas e Projetos de Educação para o Sistema Prisional, Oseias Costa Rego, considera que esse tipo de parceria com os municípios é de suma importância.


Imbróglio

Acionistas da Agência de Fomento ajuízam ação e impedimento do presidente e de diretor da Agência


Serviço

Semana Estadual de Direitos Humanos será realizada de Norte a Sul do Tocantins


Solidariedade

Campanha de Natal da Seduc promove solidariedade e integração dos servidores


AEM-TO

Metrologia Estadual verifica radares na região norte do Tocantins


Anulação de Exonerações

MPE ajuíza ação para anular exonerações de delegados regionais e de servidoras da delegacia de combate à corrupção


Tocantins

Repasse adicional de 1% do FPM entra nos cofres das prefeituras nesta sexta-feira, 07; ATM estima R$ 60 milhões distribuídos aos Municípios



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira