Monday, 01 de June de 2020

ESTADO


Realinhamento de ter

Unitins fecha acordo com empresa Eadcon

16 Sep 2009

O reitor da Unitins - Fundação Universidade do Tocantins, Osmar Nina Garcia, assinou nesta terça-feira, 15, um acordo com a empresa Eadcon para o realinhamento de termos contratuais e competências administrativas da universidade. O acordo é uma determinação do Governo do Estado e tem o objetivo de solidificar ações saneadoras para, assim, garantir o recredenciamento da Unitins junto ao MEC - Ministério da Educação e, automaticamente, a oferta de cursos na modalidade educação a distância.

O acordo prevê, entre outros aspectos, que todas as atribuições acadêmicas devem ser da universidade, como aulas, material didático, tutores, professores, matrículas, secretaria acadêmica entre outras. Outro ponto fechado é a relação contratual, que determina como contratante a Unitins e a Eadcon como contratada. Os valores percentuais dos repasses financeiros também serão revistos com base nas responsabilidades da empresa parceira.

Para o reitor Osmar Nina Garcia, o acordo representa um novo horizonte para a resolução da situação do descredenciamento da universidade. "O governador Carlos Henrique Gaguim encaminhou determinações à Unitins para que possamos resolver, de imediato, estas pendências administrativas. Acreditamos que damos mais um passo rumo à solução do descredenciamento da universidade junto ao MEC. A Unitins é forte e vai muito além dos cursos na modalidade de EaD", diz o reitor. 

COMPARTILHE:


Confira também:


COVID-19

Tocantins contabiliza 4.176 casos, com 2.769 pacientes em isolamento

No total, já são 73 pacientes que foram a óbito

Pioneira

Luto na Comunicação Tocantinense: jornalista Kibb Barreto morre aos 53 anos

A jornalista foi pioneira de Palmas, e chegou ao Tocantins, vinda de Goiânia, sua terra natal, ainda quando a capital estava provisoriamente em Miracema.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira