Monday, 18 de February de 2019

GERAL


Incinerados

Agência Estadual de Metrologia incinera mais de 14.700 produtos irregulares apreendidos

31 Aug 2018    17:35

Mais de 14.700 produtos apreendidos pela Agência de Metrologia, Avaliação da Conformidade, Inovação e Tecnologia do Estado do Tocantins (AEM-TO), com processos jurídicos e administrativos já tramitados e finalizados, serão incinerados até o próximo dia 11 de setembro, no Aterro Sanitário Municipal.

Brinquedos, artigos escolares, equipamentos de proteção individual, copos plásticos descartáveis, isqueiros, materiais elétricos, eletrodomésticos e eletroportáteis fazem parte dos produtos irregulares que foram apreendidos e que não têm condições de serem comercializados por não contarem com a certificação do Inmetro. Uma vez identificados como não aptos ao consumo, os produtos são destinados à destruição.

Para a presidente da AEM, Débora Batista Almeida Vasconcelos Miola, a agência tem a atribuição educativa de orientar sobre a necessidade da certificação dos produtos, que são testados e avaliados antes de serem inseridos no mercado. “É importante a conscientização por parte do fabricante e do comerciante da necessidade do selo de identificação de conformidade. Se o produto fere os princípios da segurança, saúde e meio ambiente, ele está impróprio para comercialização e também para a doação. Além disso, muitos dos produtos apreendidos apresentam grande risco à saúde do consumidor”, informa a gestora.

 

Processo de destruição

Durante as ações de fiscalização, os produtos que são identificados com ilícitos metrológicos são apreendidos para posterior destruição. Se o produto não tem o selo de identificação de conformidade, ele não está apto a ser comercializado e é necessário o descarte, que é realizado após a tramitação legal do processo e a divulgação de Ata de Destruição de Produtos no Diário Oficial do Estado. Vale destacar que toda a execução e licitude do processo de coleta dos produtos apreendidos é acompanhada por uma comissão de servidores da AEM.

 

Agência de Metrologia

A Agência de Metrologia, Avaliação da Conformidade, Inovação e Tecnologia do Estado do Tocantins (AEM-TO) tem a missão de atuar na defesa dos interesses do consumidor e na qualidade dos bens ofertados à sociedade, por meio do apoio ao desenvolvimento industrial e comercial respeitando as normas vigentes.

Delegada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), a AEM é membro integrante da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade Industrial (RBMLQI), atuando em todo o território do Tocantins baseada na legislação metrológica e, principalmente, na busca pela conscientização das instituições, por meio de trabalhos educativos, da necessidade da certificação dos produtos.

Compete à AEM a fiscalização e, quando necessário, a apreensão produtos e instrumentos irregulares no comércio, sem o selo de identificação da conformidade.

COMPARTILHE:


Confira também:


Crimes no Tocantins

Maioria dos crimes no Tocantins estão relacionados ao tráfico de drogas e feminicídios, revela Sindiperito

O aumento da criminalidade no Tocantins preocupa e o trabalho dos profissionais da perícia é fundamental no combate ao crime, pois, somente com uma análise pormenorizada das evidências é possível chegar aos culpados, puni-los e coibir que novos casos ocorr

Imbróglio

MPE requer suspensão de contrato do serviço de estacionamento rotativo de Palmas

“Transcorridos quase dois anos após o abandono e o descaso por parte da empresa concessionária, o que se pretende, agora, é a retomada do serviço público com nova roupagem”, avalia o texto do pedido de liminar.



Ocorrência

Polícia Civil apreende 30 kg de maconha e prende traficante no Sul do Estado

As investigações da Polícia Civil constataram que Hailton trazia, do Estado de Goiás, grandes quantidades de entorpecentes para Gurupi e região, e que, nessa madrugada, outra remessa chegaria ao Tocantins.


Meio Ambiente

Municípios têm apenas 30 dias para protocolar processo do ICMS Ecológico no Naturatins

De acordo com a legislação, anualmente, os municípios tem prazo até o dia 15 de março, para manifestar o interesse e comprovar o cumprimento das exigências, conforme disposto no Decreto nº 5.264/2015.


Diálogo

Secretários apresentam plano de reestruturação à instituições dos diferentes poderes do Estado

“O que queremos é que todas as instituições compreendam que a situação em que nos encontramos requer ações imediatas, de modo que possamos ter um estado sustentável a médio e longo prazo”, frisou Edson Cabral.


Itelvino Pisoni

Sistema Fecomércio Tocantins realiza visita a Prefeita Cinthia Ribeiro


Tocantins

Dispara número de casos prováveis de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti


HGP

Defensoria emite recomendação para Sesau por desassistência na oferta de cirurgias cardiológicas em Palmas


Adapec

Produtor rural pode emitir Guia de Trânsito Animal de qualquer localidade


Segurança

Identificação facial e papiloscópica da Polícia Civil é destaque em operações de combate à criminalidade no Tocantins


Brasília

Damaso fala da responsabilidade do cargo assumido e pede ao Governo apoio para os municípios



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira