Monday, 30 de November de 2020

GERAL


Perspectivas

Alan Barbiero comemora o orçamento recorde da UFT para 2009

26 Mar 2009

Em seu segundo mandato, o reitor da Universidade Federal do Tocantins – UFT, Alan Barbiero, só tem motivos para comemorar. Com a expansão dos campus e a implantação de 14 novos cursos em 2009, a UFT parece andar na contramão da crise financeira. O orçamento foi recorde este ano e, se comparado a 2004, cresceu cinco vezes - de 20 para 105 milhões de reais -, sendo que o orçamento para investimentos também foi inédito, atingindo 39 milhões de reais em 2009.

Mas nem tudo é um mar de rosas. No final de 2008 o Congresso Nacional efetuou um corte de 3 milhões de reais no orçamento para assistência estudantil, uma bolsa permanente para estudantes que se envolvem em atividades culturais e de extensão. Segundo Alan, foram realizados cortes em todos os ministérios e a retomada deste recurso para o primeiro semestre deste ano já este em negociação.

A Universidade oferece hoje 43 cursos, 7 mestrados e 1 doutorado. Mas Alan ainda não se dá por satisfeito. O reitor tem a meta de, até o final do mandato, em 2012, implantar 12 cursos de mestrado e 4 doutorados e já deixa no ar a promessa de que muitas novidades ainda estão para ser confirmadas até o final deste ano, principalmente com relação à implantação de novos cursos.

O quadro docente é de 600 professores efetivos. Para Alan, a última seleção, que abriu 60 vagas para o corpo docente, é suficiente para suprir a demanda. O reitor comenta que, a cada ano, à medida que novas disciplinas vão sendo implantadas nos novos cursos, a quantidade de professores também vai se expandindo. “Mas isso é um processo progressivo, não adianta colocar professores agora sendo que terão que esperar quatro a cinco semestres para trabalhar com a disciplina”, explica. Segundo Alan, o ingresso dos 60 professores é o suficiente para suprir as necessidades para 2009, já que professores podem ser remanejados para assumirem disciplinas relacionadas em mais de um curso.

Para este ano, as bibliotecas de Palmas e Araguaína devem ser concluídas. Em Araguaína, onde a situação está um pouco mais delicada devido ao fato de a universidade já está funcionando no novo campus e a biblioteca ainda permanecer no campus antigo, o reitor pede um pouco mais de paciência aos estudantes para aguardarem a conclusão das obras.

 

Imbróglio

Outra polêmica envolvendo a Universidade recentemente foi o caso da procuradora Tereza Cristina Ibiapina da Rocha. A procuradora da Advocacia Geral da União (AGU) foi transferida no final do ano passado para o Rio de Janeiro, onde seu filho cursava medicina em uma universidade particular. Com apenas três dias de exercício no RJ, a procuradora voltou a Palmas e conseguiu, por força de lei, trazer o filho, que solicitou matrícula no curso de medicina da UFT. A universidade negou a transferência recomendando a matrícula na universidade de Porto Nacional, mas, após recurso na justiça, o juiz deu ganho de causa à procuradora. A UFT, por determinação judicial, foi obrigada a efetivar a matrícula do estudante. Alan explica que a universidade entrou com recurso e aguarda o parecer legal. Alan declarou apoiar as manifestações dos estudantes afirmando que os mesmos têm legitimidade para qualquer manifestação devido à universidade ser uma instituição democrática.

COMPARTILHE:


Confira também:


HIV/AIDS

Secretaria da Saúde alerta para a prevenção e combate a AIDS

Uso do preservativo e a realização dos exames previnem e proporcionam diagnóstico precoce da doença



Interior

Prefeitura de Miracema do Tocantins divulga resultado dos Editais da Lei Aldir Blanc

A primeira fase contemplou artistas e fazedores da cultura, sendo músicos, artesãos, culinária artesanal, grupos de capoeira, empresa de eventos, associações culturais, grupo junino, entre outros segmentos culturais que romperam suas atividades


Meio Ambiente

Governo do Estado inicia o plantio de mudas no Parque Estadual do Lajeado em parceria com a ONG 8 Billion Trees

O objetivo é recuperar uma área de aproximadamente 30 hectares com o plantio de 30 mil mudas de espécies nativas do Cerrado


Campo

Com articulação do Ruraltins, produtores quitam passivo financeiro com Banco da Amazônia e garantem acesso à nova linha de crédito

Expectativa do mutirão para toda a região sudeste é viabilizar mais de R$ 12 milhões em projetos de crédito rural


Região central

Polícia Civil desarticula ponto de venda de drogas e prende dois suspeitos por tráfico em Miracema


Reunião

Escolas do Legislativo Estadual e da Câmara Municipal de Paraíso se reúnem em Palmas


Palmas

Decoração natalina na Capital ajuda a impulsionar a economia durante festividades do fim de ano


Aleto

Ayres se reúne com o Governo e representantes sindicais para debater reforma previdenciária


Serviço

Governo do Tocantins qualifica Parque Agrotecnológico e mais quatro projetos para o Programa de Parcerias de Investimentos


Ocorrência

Operação Borduna da Polícia Civil resgata 83 cartões do Bolsa Família e 51 de contas particulares e outros benefícios



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira